Jornalista Juarez Soares, o China, morre aos 78 anos em São Paulo

China trabalhou na TV nos canais SBT, Bandeirantes e Record. Por último, participou do programa Bola na Rede e de transmissões esportivas da RedeTV!.

24/07/2019 08:22h

Compartilhar no

O jornalista Juarez Soares, também conhecido como China, morreu aos 78 anos, no começo da tarde desta terça-feira (23) na Santa Casa de Misericórdia, em São Paulo. Ele sofreu uma parada cardiorrespiratória.

Soares nasceu em São José dos Campos, no dia 16 de julho de 1941. Começou a carreira em 1958 na Rádio Cultura de Lorena, no interior paulista, até que em 1961 mudou para a capital paulista. O jornalista ganhou fama como repórter e comentarista na TV Globo entre 1974 e 1982.

China também trabalhou na TV nos canais SBT, Bandeirantes e Record. Por último, participou do programa Bola na Rede e de transmissões esportivas da RedeTV!.


Foto:Reprodução

"O China sempre estava sorridente e gostava de provocar", diz Fernando Fontana, colega do jornalista na RedeTV!.

Soares trabalhou em Copa do Mundo e Olimpíada. A primeira cobertura foi no Mundial da Alemanha, em 1974, pela Rádio Globo. Depois do Mundial, ele foi para a TV Globo onde comentou ao lado do narrador Luciano do Valle.

Na emissora carioca, participou da cobertura dos Jogos de Montréal, em 1976, e das Copas de 1978, na Argentina, e 1982, na Espanha.

Depois da Globo, Soares teve uma curta passagem pela rádio Record e foi para a TV Bandeirantes. Lá, onde atuou por 11 anos e em boa parte novamente com Do Valle, também foi diretor de Esportes, esteve nas Copas de 1986 (México), 1990 (Itália) e 1994 (Estados Unidos). Nessa última, Soares teve companhia de Rivellino e Tostão.

China também trilhou caminho na política. Filiado ao PT, ele foi o sexto vereador mais votado em São Paulo em 1988 e secretário de Esportes de Luiza Erundina, prefeita entre 1989 e 1992. Em 2004, após sair do PT, Soares foi candidato a vice-prefeito na chapa de Paulinho da Força, do PDT.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no
Fonte: Folhapress

Deixe seu comentário