Famosos prestam homenagens ao ator José Wilker

O ator sofreu um infarto fulminante na madrugada de ontem (06)

06/04/2014 08:36h

Compartilhar no

Morreu neste sábado (5), aos 66 anos, o ator, diretor e crítico de cinema José Wilker. De acordo com a Globo News, o artista dormia na casa da companheira, a jornalista Claudia Montenegro, na zona sul do Rio de Janeiro, quando foi vítima de um infarto fulminante.

Os famosos, pegos de surpresa com a notícia, se manifestaram nas redes sociais e na TV. Leia os depoimentos:

Malu Mader: “Ele era um apaixonado pela profissão. O Wilker foi uma inspiração para mim. Antes mesmo de eu começar a atuar, sempre vi os grandes papéis dele, em novelas como 'Gabriela'. Personagens que ficaram na memória. A presença dele em cena fazia toda a diferença. Estou muito triste, muito chateada”, disse em entrevista à Globo News. 

Fátima Bernardes: 'Estava dirigindo quando ouvi a notícia da morte do #josewilker. Difícil de acreditar. #tristeza'.

Antonia Fontenelle: 'Minha homenagem e desejo de muita luz para o querido Zé Wilker! Obrigada, Zé, por toda sua importância em nosso cenário cultural. Obrigada pelas suas palavras quando me dizia 'segure firme, seja forte e valente e lembre-se: nunca atravesse o túnel, para voltar é mais difícil'.'.

Cacá Rosset: 'Chocado e triste com a morte prematura do grande ator José Wilker. #RIP'.

Renata Sorrah: 'É difícil acreditar. Estou chocada! Ligar morte ao Wilker é impossível. Ele que era tão solar, tão da vida. Ele foi a pessoa com quem eu mais trabalhei e deixa um legado de coisas lindas de vida. Não estou acreditando ainda que isso aconteceu', disse em entrevista à Globo News.

Wolf Maya: 'Estou surpreso e entristecido. Ele é um pedaço enorme da minha admiração e é uma grande tristeza perdê-lo tão precipitadamente'.

Antonio Calloni: 'O Wilker é um ganho eterno, nunca será uma perda. A vida sempre vence e ele não fará falta porque vai estar sempre com a gente. Zé, você está com a gente  e continuamos a batalha com muita fé'.

Bárbara Paz: 'Zé foi um grande autor, além de ator. Um grande parceiro de cena, que não deixava ninguém triste. Eu fiquei chocada porque ele foi muito fundamental para mim. Era um grande intelectual e eu pude justamente fazer meu último papel em um romance com ele em 'Amor à Vida'. É triste saber que ele se foi tão rapidamente', disse em entrevista à Globo News.

Jô Soares: 'Wilker era uma pessoa muito ligada a mim. Eu o conhecia desde sempre, há mais de 40 anos, desde que ele chegou ao Rio. Era um homem extremamente culto, generoso e dedicado ao trabalho. A morte sempre nos pega de surpresa, mas essa me pegou mais profundamente', disse em entrevista à Globo News.

Arlete Salles: 'Eu sempre lembrarei do Zé com um sorriso no rosto. Nunca o vi mau humorado ou de cara amarrada. Jamais esperaria essa notícia, mas ele foi um belo homem em vida e merece ser admirado', lamentou em entrevista à Globo News. 

Tony Ramos: 'É difícil explicar, dizer quem era e nunca deixaremos de ser 'lugar comum' ao falarmos da cultura e erudição de José Wilker. Quero ficar com a imagem da voz potente, da ironia, de um ser político, da biblioteca ambulante. Estamos ainda tentando entender esse amigo que se vai', afirmou em entrevista à Globo News. 

Dilma Rousseff: 'Ator, crítico de cinema e exemplo de dedicação à arte, José Wilker nos presentou com interpretações q se tornaram ícones do cinema e da TV'.

Paulo Betti: 'Ele era um colecionador de cultura e essa é uma perda enorme para todos nós. Ele era surpreendente, irônico, bem-humorado, tinha uma voz excepcional, temperada com muitos cigarros que devem ter ajudado nesse infarto. Ele sempre foi muito profundo. Quando fumava, fumava muito. Quando bebia, bebia muito e enquanto trabalhava, também era muito intenso, dedicado e rígido. Fará falta', disse em entrevista à Globo News.

Lima Duarte: 'Fomos grandes amigos. Fizemos 6, 7 novelas juntos e em 5 ele foi meu filho. Um grande companheiro de atuação e eu fiquei muito passado com a notícia. Eu iria gravar uma entrevista com ele na próxima semana, mas não será mais possível. Isso abre um buraco no meu coração', lamentou em entrevista à Globo News. 

Maria Padilha: 'Estou chocada! Quando eu era garota, fui vê-lo no teatro e, enquanto o via atuando, pensava que eu queria estar ali, com aquelas pessoas que faziam aquilo, com ele. Fiquei apaixonada por José Wilker como plateia. Ele foi fundamental para a minha carreira', lamentou em entrevista à Globo News.

Ary Fontoura: 'Fica uma profunda saudade. Foi um choque para mim. Cinquenta e tantos anos de amizade da mais sincera, tantos trabalhos... Estive com ele ontem, hoje eu iria encontrá-lo novamente, mas estou aqui, chocado. A vida é assim, mas a gente não consegue se habituar com o final. Éramos grandíssimos amigos e nós casávamos profissionalmente. Nesse momento, estou órfão', lamentou em entrevista à Globo News.

Betty Farias: 'Começamos jovens no teatro e daqui a dois anos faríamos meio século de parceria. Como bom leonino com ascendente em Leão, essa saideira é uma maravilha para ele. Não tem doença, não tem hospital. Ele sai de coroa e anel, nos deixando com essa saudade no peito. Por todos os meus personagens que atuaram com ele, eu estou viúva. Vai deixar um buraco', disse em entrevista à Globo News.

Ana Lúcia Torres: 'Meu Deus! Perdemos uma das pessoas mais inteligentes que eu já conheci na vida. Ele é uma das pessoas mais intelectualmente capazes que eu conheci. O que mais me dói é nunca ter pisado num palco ao lado de José Wilker', afirmou em entrevista à Globo News.

Bruno de Luca: 'Tive o prazer de fazer uma novela com o Wilker (Fera Ferida) e um comercial em que eu o 'esnobava'. Que ator, que susto, que tristeza!! Descanse em paz e força para todas as filhas'.

Britto Jr.: 'Wilker sempre pareceu calmo, magro, jovem, além dos atributos intelectuais. Jamais imaginaria que pudesse morrer assim, de repente. Pasmo!'

Felipe Andreoli: 'Poxa, Zé Wilker, tão cedo?! Um cara incrível. O eterno Vadinho agora vai fazer festa no céu. RIP'.

Carol Castro: 'Muito triste e chocada com a 'passagem' de Wilker. Grande perda. Um gênio, um mestre. Que descanse em paz... Fará muita falta. Muita!'.

Marta Suplicy: 'Chora o Brasil pela dor da perda de um de seus grandes. A morte prematura de José Wilker nos deixa a todos consternados e com grande vazio. José Wilker, com seu imenso talento e sensibilidade, propiciou aos brasileiros momentos ímpares. Solidariedade e apoio a sua família e amigos'.

Celso Amorim: 'É uma enorme perda para todo o cinema. Tenho ótimas lembranças dele e de importantes obras que participou. No meu tempo, na Embrafilme, posso citar o filme 'Bye Bye, Brasil', em que interpretou o lorde cigano, personagem marcante. Sem dúvida, deixa grandes obras e fará muita falta. Uma grande perda'.

Stepan Nercessian: 'Wilker, querido amigo, irmão, parceiro da minha juventude. É inacreditável o que a vida tem feito. Cedo demais, amigo. Fará falta!'.

Samara Felippo: 'Mais um talento absoluto se foi. Meu eterno JK!! Que Deus te receba com todo amor!! Meus sentimentos...'.

Guilhermina Guinle: 'Um beijo eterno nesse mestre absoluto. Nesse homem tão especial, tão inteligente, culto, divertido e de um humor sensacional. Amigo, pai maravilhoso, ser humano mais gentil que conheci, sensível, talentoso e de uma profunda generosidade. Único! Com uma trajetória de vida emocionante e um profissional brilhante. Que honra ter feito parte da sua vida durante 10 anos! Obrigada José, obrigada Zé pelo seu precioso tempo. Tempo que você sabia aproveitar como ninguém. Sua história de vida é um exemplo vivo da imortalidade da alma. O dia está triste. É um pedaço da nossa vida que vai embora hoje', escreveu a atriz, que é ex-esposa do veterano.




Compartilhar no
Fonte: MSN

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário