• Campanha da Santa Missa
  • Vencer 03
  • Vencer 02
  • Vencer 01
  • Prerrogativas da advogacia
  • Peregrinos da fé
  • Novo app Jornal O Dia

Fã do BBB, Preta Gil diz que reality faz sociedade repensar valores

Para a artista, que se considera uma "BBBólatra", a discussão de machismo e feminismo tem uma função social.

15/02/2020 09:57h

A cantora Preta Gil, 45, se diz uma fã "praticamente viciada" de BBB (Globo). E a 20ª edição tem mexido com ela assim como com muitos telespectadores. Muito por conta dos papos-cabeça que por lá rolam.

Para a artista, que se considera uma "BBBólatra", a discussão de machismo e feminismo tem uma função social. 

"Não pude deixar de acompanhar essa recente discussão em torno das questões de assédio e machismo versus feminismo, que ultrapassou as fronteiras da TV e se alastrou por toda parte. Ver todas as mulheres se unindo e colocando seus argumentos diante dos homens, ao mesmo tempo em que conseguimos observar na casa o comportamento deles, reflete o que acontece aqui fora, foi impactante", opina.

De acordo com ela, o reality tem cumprido uma função muito importante. "Que é a de fazer a sociedade pensar e repensar. O BBB 20 já prestou um grande serviço e nem começou ainda a esquentar", afirma.

Na atual edição, as mulheres da casa já opinaram e tentaram ensinar os homens o que são o feminismo e a sororidade. Porém, as discussões sempre vem à tona. O programa também tocou na questão da gordofobia.

O reality também presenciou casos de supostos assédios, como os dois de Petrix que o levaram a depor na polícia. E também as acusações em cima de Pyong Lee que o deixaram na rota da Polícia Civil.

Fonte: Folhapress

Deixe seu comentário