• Banner Cultura Governo do PI
  • Obras no Litoral Cultura
  • SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia

Ex- BBB Gleici Damasceno estreia como atriz no cinema

Damasceno estará em dois dramas no cinema, "Noites Alienígenas", de Sérgio de Carvalho, que traz Chico Diaz como protagonista, e "Resistir para Recomeçar", de Junior Provesi.

02/11/2019 17:22h

Quase dois anos depois de sair vencedora do Big Brother Brasil 18, a acriana Gleici Damasceno , 24, se prepara para um 2020 de estreias, resultado de sua dedicação ao estudo das artes cênicas, profissão com a qual sempre sonhou. 

Damasceno estará em dois dramas no cinema, "Noites Alienígenas", de Sérgio de Carvalho, que traz Chico Diaz como protagonista, e "Resistir para Recomeçar", de Junior Provesi, que levantam questões de preconceito e das diferentes realidades brasileiras.

Inspirado no livro homônimo de Carvalho, o filme "Noites Alienígenas" tem um toque de realismo mágico ao abordar o universo da cultura periférica de Rio Branco (AC) e do slam (poesia falada). Damasceno conta que foi em um dos encontros com o diretor, que ele achou ela tinha cara de Sandra, uma das três jovens retratadas na obra.

"É distante de mim o fato dela ser mãe solo, de ter o lance de cuidar muito do filho e das pessoas que estão próximos a ela, mas a Sandra se parece comigo na questão dela ser militante e jovem, ela curte andar com o pessoal do slam e do hip-hop", diz Damasceno, que já participou do documentário, "Nokun Txai", uma série de Carvalho sobre a cultura indígena amazônica.

A atriz afirma que o longa, que deve estrear ao longo de 2020, vai revelar a verdadeira Rio Branco, que o resto do país não conhece. "É um drama que vai mostrar problemas que estão ocorrendo na Amazônia e que ninguém dá muita atenção. Quando falamos de lá, só se pensa em meio ambiente, mas há muitas outras questões, como a violência e a atuação de organizações criminosas. E os jovens têm se unido para lutar contra isso." 

Damasceno saiu da periferia de Rio Branco e se viu milionária após vencer a edição 18 do BBB. Ela soube poupar o dinheiro, investir e se dedicar ao seu sonho de atuar. E se vê confortável em falar de suas origens em um de seus primeiros trabalhos. 

A atriz iniciante diz acreditar ser a primeira vez que uma produção de ficção se dedica a gravar em Rio Branco. "Tem pouca verba, mas muita força de vontade, por isso chamo de uma grande produção", afirma Damasceno. "Quero viajar pelo Brasil, mostrar outras culturas, mas foi legal começar por lá."

Hoje, morando em São Paulo, Damasceno diz que não viu outra alternativa a não ser cursar psicologia, no tempo em que morava no Acre. "Fiz vestibular para artes cênicas, mas era um curso que não dava para conciliar com trabalho. Assim que passei a ter tempo livre e estabilidade financeira, pude estudar. Agora estou fazendo o que sempre gostei", afirma a atriz. 

Após o BBB18, ela fez algumas participações em programas da Globo, como é de costume, uma delas foi uma ponta na novela "O Outro Lado do Paraíso" (2018). "Participei da gravação, mas as primeiras experiências como atriz mesmo foram no cinema. Isso é completamente maravilhoso. Hoje em dia, só de fazer cinema, você já está resistindo, devido ao cenário em que vivemos hoje no Brasil no qual há preconceito contra tudo e contra todos."
Falando em resistência, Damasceno ainda está no elenco de "Resitir para Recomeçar," de Junior Provesi, que deve estrear em maio de 2020. O protagonista é Pedro (Junior Provesi), um jovem gay que sofre com comentários e atitudes homofóbicas vindas de seu pai desde que era criança. Após ser expulso de casa, ele se submete a prostituição e contrai HIV. "A minha personagem é a Laura, melhor amiga de Pedro e uma menina muito dedicada à essa amizade", conta a atriz, sem revelar ainda muito detalhes do filme. 

Fonte: Folhapress

Deixe seu comentário