• Piauí Férias de Norte a Sul
  • SOS Unimed
  • Ecotur 2019
  • Novo app Jornal O Dia

Claudia Raia diz que interveio no namoro de filho com Nicole Bahls

Enzo Celulari e a ex-panicat Nicole Bahls namoraram em 2013.

12/07/2019 16:41h - Atualizado em 12/07/2019 17:02h

A atriz Claudia Raia, 52, revelou em uma entrevista recente ao jornalista Leo Dias que já interferiu na relação de seu filho Enzo Celulari , 22, com a ex-panicat Nicole Bahls.  Os dois namoraram em 2013 .

"Criei meus filhos para serem o que quiserem. Eles não são perfeitos, mas são bem legais, bem fora da curva. E têm uma mãe e um pai ali, presentes. Acho que tudo vem da educação e do limite. Mas eu já errei como mãe. Só não deixo enraizar o erro", disse Raia.

"Eu não me meto muito na vida do Enzo, só entro quando tem uma coisa muito errada. Aí eu chego nele e falo o que eu acho. Não é mentira que eu intervi com ele na história com a panicat [Bahls]. Ele tinha 16 anos de idade. Era bem esquisito aquilo", revelou.

Sobre sua outra cria, Sofia, 16, ela diz que é "muito tranquila, muito respeitosa e na dela". "Tenho um filho príncipe e uma filha princesa. Mas óbvio que, para isso, tive que ser uma educadora. Eles não foram sempre assim. Precisaram levar muitos puxões de orelha, muitos 'nãos', muitos castigos". 

A atriz ainda disse que ensinou aos filhos a não terem pensamentos preconceituosos durante seus relacionamentos. "Não existem preconceitos na minha vida. Nunca. E eu mato os meus filhos se eles tiverem um pensamento preconceituoso".

Na ficção, Raia está na novela "Verão 90", onde vive a mãe de Manu (Isabelle Drummond, 25). "Sabe o ditado que coração de mãe sempre cabe mais um. É isso. Eu me apaixonei por ela. Trabalhar com Isabelle é uma delícia. Estamos criando uma relação muito bonita", afirma.

Em março, a atriz perdeu a sua mãe, Odette Motta Raia aos 95 anos. Para ela, um dos grandes ensinamentos da maternidade que puxou dela é deixar que os filhos sigam seus próprios caminhos e tenham espaço para crescer.

"Minha mãe sempre me incentivou a buscar os meus sonhos, a realizá-los, a ser independente e ir atrás do que eu quisesse. Isso é muito importante porque, às vezes, os pais querem decidir a vida dos filhos a partir das vivências e experiências deles, do que eles acham melhor. Mas é importante ouvir os filhos, aconselhá-los e dar espaço e apoio para que eles sejam o melhor que podem ser. Ela me ensinou isso e é algo que busco exercitar com meus filhos", conclui.

Fonte: Folhapress

Deixe seu comentário