• Curta Doar
  • Teresina 167 anos
  • Casa dos salgados
  • Novo app Jornal O Dia

Atentado: homem foi preso antes do casamento de Meghan e Príncipe Harry

Indivíduo de 37 anos foi rastreado pelas autoridades por causa de declarações feitas por ele nas redes sociais.

15/04/2019 11:54h

Um homem de 37 anos foi preso pelas autoridades britânicas dois dias antes do casamento da atriz Meghan Markle com o Príncipe Harry após compartilhar na internet seus planos de cometer um atentado terrorista durante a cerimônia. Apesar da prisão ter ocorrido em maio do ano passado, ela só foi revelada ao público agora, pelo jornal britânico The Daily Telegraph.

De acordo com a publicação, Mohammed Jibra-Eel Saleh está em prisão domiciliar. A imprensa inglesa conta que o indivíduo de 37 anos começou a ser rastreado pelas autoridades locais após declarações nas redes sociais nas quais dizia que o casamento do neto da rainha seria “um estouro”.


Príncipe Harry e Meghan Markle (Foto: Getty Images)

Depois, à medida que o casamento e aproximava, o homem enviou emails para Ministério da Defesa do Reino Unido e para outras autoridades com uma mensagem endereçada à Rainha afirmando: “Nós estamos em guerra e o casamento do seu neto será explosivo”. No mesmo texto, ele se identificava como o “príncipe muçulmano da Espanha, casado com a filha ilegítima do ex-rei espanhol Juan Carlos”.

“Todos vocês da família real vão morrer por ter me torturado na prisão na Holanda”, declara o sujeito na mensagem. Encontrado dois dias antes do casamento, Saleh se declarou inocente quando julgado, mas foi condenado à prisão domiciliar após exames constatarem possíveis problemas mentais no suposto terrorista.

O casamento de Markle com o Príncipe foi realizado no dia 29 de maio de 2018. No momento, os dois estão esperando pelo nascimento de seu primeiro filho. A expectativa é que o bebê nasça entre o final de abril e o início de maio. Recentemente, os dois se mudaram para uma propriedade instalada nos terrenos do Palácio de Windsor, residência oficial da Rainha Elizabeth 2ª.

Fonte: Revista Monet

Deixe seu comentário