• Dia do PI 2018
  • Banner boticário Malbec Magnetic
  • TV O DIA - fullbanner w3b
  • TV O Dia - fullbanner

Freira envolvida em processo com Katy Perry morre no tribunal

A tentativa de compra de um antigo convento de Los Angeles pela cantora Katy Perry passou a ser o alvo de uma disputa legal.

10/03/2018 14:21h

Uma das freiras envolvidas em uma disputa legal com a cantora Katy Perry morreu durante uma audiência que estaria relacionada ao processo. As informações são do site TMZ, especializado em celebridades.
A irmã Catherine Rose Holzman foi ao tribunal na sexta-feira (9) para uma audiência posterior ao julgamento quando morreu no local. A causa da morte não foi informada.

Ela a outra irmã viviam no convento Imaculado Coração e alegaram na Justiça que tinham o direito de venda do imóvel.
Havia, segundo o TMZ, dois compradores interessados na propriedade: Katy Perry e uma empresária, dona de um restaurante, chamada Dana Hollister.
Rose Holzman, de 89 anos, segundo o TMZ, teria mencionado o nome de Katy Perry antes de morrer: "Nós pedimos a Hollister para nos salvar, que ela comprasse a propriedade. E para a Katy Perry eu digo: por favor, pare. Você não está fazendo nada além de ferir muitas pessoas".
Entenda o caso
A tentativa de compra de um antigo convento de Los Angeles pela cantora Katy Perry passou a ser o alvo de uma disputa legal.
A empresária Dana Hollister chegou a dizer que havia comprado o convento de duas freiras, mas a arquidiocese alegou que as irmãs não tinham o direito de venda da propriedade.
A batalha correu por dois anos e, no ano passado, a Justiça determinou que o acordo entre Katy e a arquidiocese era válido e entendeu que a cantora foi prejudicada. Na ocasião, Katy ganhou US$ 5 milhões da dona do restaurante.

Fonte: Folhapress

Deixe seu comentário


Notícias Relacionadas





Enquete

Um jovem morreu ao sofrer descarga elétrica colocando celular para carregar. Quais cuidados você toma em relação a isso?

ver resultado