• Curta Doar
  • Teresina 167 anos
  • Casa dos salgados
  • Novo app Jornal O Dia
Theresina Hall

José Augusto encanta o público no Theresina Hall

O show aconteceu no Theresina Hall neste sábado (10) e arrancar suspiro dos fãs piauienses que acompanham sua trajetória.

10/08/2019 16:40h - Atualizado em 11/08/2019 09:20h

Um dos maiores compositores da música brasileira e romântica se apresentou na noite deste sábado (10) em Teresina. José Augusto trouxe para a Capital a turnê “Um Brinde ao Amor”, que leva o mesmo nome da canção que é interpretada junto com o cantor Fábio Júnior. O show aconteceu no Theresina Hall e arrancou suspiro dos fãs piauienses que acompanham sua trajetória.

Com 40 anos de carreira, José Augusto coleciona canções que marcaram a história e vida de muitas pessoas. Muitas dessas canções também foram temas de novelas, com “Estória de Nós Dois”, que embalou as cenas de Monalisa, em Avenida Brasil.

O show trouxe novidades, principalmente no cenário e na iluminação. Quanto ao reportório, José Augusto apostou no setlist composto por canções que marcaram sua carreira de cantor e compositor.

Muitas dessas canções foram temas de novelas, com “Estória de Nós Dois”, que embalou as cenas de Monalisa, em Avenida Brasil (Fotos: Jailson Soares/ODIA)

“A novidade do show foi o cenário e o jogo de luzes que foi colocado, com LED e também a disposição dos músicos. Teve canções que não canto há muito tempo, composições próprias que foram gravadas por outros artistas e muitas outras surpresas”, conta José Augusto.  

No repertório, músicas de sucessos consagrados, como ‘Separação’; ‘Página Virada’, composição de Paulo Sergio Valle, que estourou nas vozes de Chitãozinho e Xororó nos anos 1990; além de ‘Aguenta Coração’, ‘Sonho por Sonho’, ‘Chuva de Verão’, ‘A noite mais Linda’, entre outras. “São músicas muito importantes e marcantes na minha carreira, todas elas temas de novelas e foram fundamentais na solidificação da minha carreira”, comenta o cantor.

Mesmo com muitos anos de carreira, turnês internacionais e milhões de álbuns vendidos, José Augusto confessa que ainda sente um nervosismo antes de subir ao palco. Segundo o cantor, não saber como o público reagirá e o que acontecerá durante a apresentação causa essa sensação.

“Ainda sinto frio na barriga, que na verdade é medo do que vai acontecer. A partir do momento que piso no palco esse medo vai se dissipando aos poucos e, na segunda ou terceira música, já estou mais calmo porque já deu para conhecer o público e se está tudo certo com o som ou o microfone, por exemplo. Esse medo gira há muitos anos em mim e quando eu não sentir mais esse tipo de emoção, quando eu subir no palco, acho que finalizei a carreira”, enfatiza José Augusto.

Em sua passagem por Teresina, José Augusto fez questão de elogiar as instalações do Theresina Hall. No palco, o cantor disse ao público que Teresina é uma cidade privilégiada por contar com uma casa de espetáculos maravilhosa. "Teresina está de parabéns! Essa casa de espetáculos está seguramente entre as três melhores casas de show do pais." E, ainda, parabenizou o trabalho da D1 Produções, empresa que promoveu o espetáculo, "vocês não sabem a quantidade de profissionais competentes que estão nos bastidores para que esse evento aconteça", disse o cantor. 

Fãs aguardavam com ansiedade show

Flávia Facundes (40) é fã de José Augusto desde sua infância e pela primeira vez teve o prazer de assistir ao show do artista. Ela ganhou o ingresso do show da Rádio FM  O DIA, e acompanhou a apresentação do cantor bem de perto.

“Eu sou muito fã. Quinta-feira (08) foi meu aniversário e o ingresso foi o melhor presente que eu poderia ter ganhado na vida. Estou muito ansiosa e com muita expectativa pelo show. Meu coração está a mil. Quando o produtor me ligou eu nem acreditei”, disse.

Quem também é muito fã do cantor José Augusto é Maria do Socorro Magalhães Lima (70) e sua mãe, Maria Otacilia de Sousa Magalhães (94). Dona Socorrinha, como é conhecida, conta que as duas acompanham a trajetória do cantor desde os tempos de radiola, quando as músicas eram gravadas em LP.

“Ouvimos José Augusto desde quando ele era novinho, tínhamos muitos LPs, eram relíquias, infelizmente com as mudanças ao longo da vida acabamos perdendo. Hoje, assistimos os DVDs e os vídeos no YouTube, especialmente no horário do almoço, todos os dias”, relata Socorrinha. Sobre a expectativa para o show, ela comenta estar muito ansiosa, principalmente por conta de sua mãe, que nunca assistiu a uma apresentação do artista antes.

Confira algumas fotos do show


Por: Isabela Lopes

Deixe seu comentário


Notícias Relacionadas