• COMBATE AO MOSQUITO AEDES AEGYPTI 2019 - 2020
  • SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia
Roda Viva

Sindicato acusa prefeitura de excluir servidores de projeto de reajuste salarial

o Sindserm informou que vai protocolar a exigência de inclusão dos segmentos no reajuste.

09/01/2020 10:30h

A Secretaria de Estado da Administração e Previdência (SeadPrev) conseguiu reduzir o custo com combustível em R$ 7,5 milhões, o que apresenta uma economia de quase 20%, comparando os anos de 2018 e 2019. Os dados constam no relatório da Diretoria de Relacionamento e Avaliação da Execução do Gasto Público, apresentado nesta quarta-feira (08) aos diretores de transportes dos diversos órgãos do estado. De acordo com o secretário Merlong Solano, a economia com combustível foi possível graças à adoção de algumas medidas. 

Lei seca 

Técnicos e gestores do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-PI), da Polícia Rodoviária Federal (PRF), da Companhia Independente de Policiamento de Trânsito (Ciptran), do Batalhão de Polícia Rodoviária Estadual (BPRE) e da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) participaram de reunião para definir os parâmetros de Blitz da Lei Seca neste ano de 2020. A operação tem o objetivo de impedir e coibir os infratores de trânsito que conciliam o uso de bebida alcoólica com a prática de dirigir.

Ameaça de greve

O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Teresina acusa a Prefeitura de excluir milhares de servidores do projeto de reajuste salarial. Após reunião com representantes do grupo, o Sindserm informou que vai protocolar a exigência de inclusão dos segmentos no reajuste. Os trabalhadores não descartam greve de determinadas categorias.

Alerta

O Sindicato de Trabalhadores em Educação também reclamam do comportamento dos prefeitos municipais. A grande maioria dos gestores atua para tentar desvincular o reajuste do piso salarial dos professores ao custo por aluno e vinculá-lo a inflação. Neste ano, por exemplo, se a mudança já estivesse em prática, o reajuste do piso não seria 12%, e sim 4%.

O governador Wellington Dias reuniu-se, nesta quarta-feira (8), no escritório da residência oficial, com a superintendente de Parcerias e Concessões do Estado, Viviane Moura. Na oportunidade, a gestora apresentou o balanço das ações da Suparc em 2019 e o planejamento da superintendência para o ano de 2020. De acordo com a gestora, a perspectiva é de que os resultados avancem em 2020. “Já temos dois projetos que serão licitados em fevereiro, o Centro de Convenções e o Piauí Center Modas. Fora isso, mais 10 projetos serão lançados até o mês de julho com previsão de contratação para o primeiro semestre do ano".

Por: João Magalhães

Deixe seu comentário