Roda Viva

Quatro maiores bancos lucram R$ 13,4 bi no primeiro trimestre no Brasil

As empresas deste setor continuam com lucros exorbitantes incomparáveis com o restante do setor nos outros países.

12/05/2020 09:04h - Atualizado em 12/05/2020 09:15h

Compartilhar no

Os bancos Itaú, Bradesco, Banco do Brasil e Santander tiveram um lucro de R$ 13,4 bilhões no primeiro trimestre deste ano. É o mais baixo desde 2017. Os números podem ser olhados por duas óticas: uma delas é que a pandemia do novo coronavírus impactou nos dados, tendo em vista que grande parte das atividades econômicas começaram a ficar paralisadas na segunda quinzena de março. Por outro lado, é necessário observar que mesmo com a pandemia, as empresas acima continuam com lucros exorbitantes incomparáveis com o restante do setor nos outros países. Diante disso, é preciso que o Banco Central, o Congresso e o próprio governo falem a mesma língua no sentido de atuar para garantir que o povo brasileiro não seja penalizado com as mais altas taxas e políticas econômicas direcionadas para beneficiar o setor financeiro, em detrimento da população, cada vez mais endividada e longe de ter um serviço bancário de qualidade proporcional aos lucros dos bancos. 


O vereador Dudu (PT) e demais parlamentares da Câmara Municipal de Teresina (CMT) estiveram reunidos por videoconferência com o secretário municipal de Planejamento e Coordenação (Semplan), José João Braga, para tratar sobre o pedido de autorização de empréstimo de 36 milhões de euros encaminhado pela Prefeitura Municipal de Teresina (PMT). Dudu se mostrou favorável a qualquer tipo de iniciativa para a obtenção dos recursos e questionou o secretário sobre os benefícios que o município pode ter com a lei de suspensão de gastos, recém aprovada pelo Congresso Nacional.


Transparência

A OAB Piauí enviou ofício ao Ministério Público Estadual e ao Tribunal de Contas do Estado do Piauí, solicitando informações sobre as providências adotadas para o acompanhamento e controle dos gastos incorridos pelo Estado e pelos municípios piauienses para o combate da pandemia do novo coronavírus (Covid-19). 

Novo nome no jogo

O empresário João Vicente Claudino voltou a ter o nome ventilado para concorrer à Prefeitura de Teresina. Ele tem o apoio de muitos pré-candidatos a vereador, tem a sinalização de alguns partidos e uma capacidade de dialogar com a situação e a oposição. 

Reforço

O prefeito Firmino Filho anunciou que vai intensificar as barreiras sanitárias com o Estado do Maranhão, com objetivo de evitar a importação de casos da Covid-19 para capital. De acordo com o chefe do executivo municipal, o monitoramento das pessoas que chegam à Teresina será mais intenso nos próximos dias. 



Pegou mal... Enquanto Firmino anuncia reforço nas medidas de combate ao coronavírus, o Secretário Samuel Silveira, um dos nomes da linha de frente do combate à pandemia em Teresina, foi flagrado sem máscara, ao fazer compras numa padaria da zona leste da capital. Vai entender... 


Empréstimos

A oposição ao governador Wellington Dias na Assembleia Legislativa ainda questionada a viabilidade das novas operações de crédito que serão contratadas pelo executivo, após autorização da Casa. Os três membros da bancada oposicionista, Gustavo Neiva(PSB), Marden Menezes(PSDB) e Teresa Britto(PV) prometem fiscalizar a aplicação dos recursos.

Compartilhar no
Por: João Magalhães - Editor de Política

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário


Notícias Relacionadas