• Campanha Mobieduca
  • Teresina shopping
  • HEMOPI - Junho vermelho
  • ITNET
  • Novo app Jornal O Dia
  • TV O DIA att
Roda Viva

Quanto o brasileiro deve?

Leia a coluna Roda Viva desta sexta-feira.

14/06/2019 08:50h - Atualizado em 13/06/2019 19:41h

Quanto o brasileiro deve?

Dados apurados pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) revelam que, em média, as dívidas em atraso dos inadimplentes brasileiros superam em mais de três vezes o salário mínimo atual do país. De acordo com o indicador, o inadimplente encerrou o último mês de maio com uma dívida média de R$ 3.239,48, somando todas as pendências em seu nome. O valor é 41% maior que a renda média mensal do trabalhador brasileiro (R$ 2.291, segundo o IBGE). Cada consumidor negativado têm, no geral, duas dívidas em aberto. Embora a somatória da dívida do brasileiro seja elevada, o levantamento mostra que um percentual relevante de pessoas deve quantias que não chegam a quatro dígitos. Em cada dez consumidores que estão com o CPF inscrito na lista de inadimplentes, quatro (37%) devem até R$ 500 e a maioria dos inadimplentes (53%) possui dívidas que não ultrapassam R$ 1.000. Já 20% devem algum valor entre R$ 1.000 e R$ 2.500, ao passo que 16% devem entre R$ 2.500 e R$ 7.500. As dívidas acima de R$ 7.500 são objeto de preocupação para 10% das pessoas que estão negativadas no Brasil. No último mês de maio, o volume de consumidores com contas em atraso e com restrições no CPF avançou 2,3% na comparação com o mesmo mês do ano passado. 

Foto: Elias Fontinele

Duas semanas após a Câmara Municipal de Teresina aprovar o "importantíssimo" Dia Municipal do Perdão, proposto por meio de um projeto de lei do vereador Neto do Angelim (DC), agora o Legislativo da capital aprecia um projeto que propõe a instituição do Dia Municipal do Oceano. Conforme o PLC n° 168/2019, apresentado pela vereadora Teresinha Medeiros (PSL), a data seria celebrada no dia 8 de junho. Diferente do projeto do Dia do Perdão, imperdoável (risos), esta nova matéria pode até ser vista com olhos mais benevolentes. Afinal, a intenção da vereadora pode ter sido louvável: conscientizar a população sobre a importância de se preservar os oceanos, combatendo a poluição provocada pelo homem. Mas, recorrendo à sensatez, logo se vê que este é apenas mais um dos vários projetos de lei inócuos que têm sido apresentados pelos vereadores de Teresina nos últimos anos. Os nobres parlamentares têm se preocupado mais com a quantidade e menos com a qualidade.

Ainda sobre a inadimplência...

Na avaliação do presidente do SPC Brasil, Roque Pellizzaro Junior, os números refletem o atual quadro de dificuldades econômicas, com as famílias ainda enfrentando um alto nível de desemprego e a renda comprimida. “A conjuntura ainda é desfavorável, pois a economia tem enfrentado dificuldades para esboçar uma reação mais forte para sair da crise. As expectativas que eram positivas até uns meses atrás estão sendo revisadas seguidamente para baixo, o que afeta a confiança de consumidores e empresários. Além do cenário macroeconômico adverso, o descuido dos consumidores com as finanças leva à situação de descontrole e ao consequente atraso das contas”, explica Pellizzaro Junior.

Audiência adiada

A Superintendência de Parcerias e Concessões (Suparc) do Estado informou que a audiência pública do Piauí Shopping Center Modas foi adiada para o dia 27 de junho, às 9 horas. "A medida tem como justificativa a proximidade da data divulgada anteriormente com o feriado de Corpus Christi, que acontece no dia 20 de junho. Dessa forma, a fim de oportunizar a participação de um maior número de pessoas e instituições, a Suparc decidiu pelo adiamento da audiência", explicou, por meio de nota. A audiência acontece no auditório da Agência da Tecnologia da Informação (ATI), no Centro Administrativo.

Interpi em Bom Jesus

A cidade de Bom Jesus ganha nesta sexta, 14, o escritório do Instituto de Terras do Piauí (Interpi), que receberá o nome do procurador autárquico Ronaldo Pereira de Oliveira, falecido em junho de 2017. O escritório será instalado no prédio do Fórum de Bom Jesus.

Política habitacional

Wellington Dias recebeu esta semana a diretora da ADH, Gilvana Gayoso, e tratou sobre os avanços nos investimentos na área habitacional. De 2008 a 2018, foram construídas 12.997 unidades habitacionais no estado, por meio de programas do Governo Federal e do Governo do Estado.


Deixe seu comentário