• Clínica Shirley Holanda
  • Semana do servidor
  • Netlux
  • SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia
Roda Viva

Para francês ver...

Leia a coluna Roda Viva desta quinta-feira.

04/04/2019 08:25h - Atualizado em 03/04/2019 15:36h

Para francês ver...

O prefeito Firmino Filho e representantes da Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD) assinaram na manhã desta quarta-feira (3), no Palácio da Cidade, um termo de cooperação visando uma parceria de longo prazo entre a agência de fomento e a prefeitura da capital piauiense, com o objetivo de enfrentar questões relacionadas ao desenvolvimento sustentável. Entre os projetos está o "Observatório da Mobilidade", que, segundo a prefeitura, será utilizado para armazenar de forma segura os dados relativos ao transporte público, que serão disponibilizados para a população. A iniciativa foi selecionada pela AFD para receber um financiamento de 500 mil euros. A primeira vista, parece ser um acordo que trará grandes benefícios para a mobilidade urbana de Teresina. Porém, a ajuda da agência francesa de nada adiantará se Firmino não solucionar de uma vez por todas um problema que se arrasta há décadas na cidade: a ausência de um sistema de drenagem de águas pluviais que seja capaz de evitar os inúmeros pontos de alagamento que se formam em todas as regiões da capital, mesmo quando as chuvas são breves e fracas. Os teresinenses já não aguentam mais sofrer sucessivos prejuízos provocados por inundações, que danificam imóveis, veículos e, pior, ameaçam as vidas de dezenas de milhares de pessoas. Desde a década de 1990 os gestores tucanos vêm ignorando solenemente esse gravíssimo problema. Em seu quarto mandato, Firmino Filho é, sem dúvida alguma, o que mais desdenhou dessa questão. Já passou da hora de o prefeito trabalhar de verdade para resolvê-la.

Foto: Pedro Ribas / ANPr / Divulgação

O vice-presidente da República, general Hamilton Mourão, foi convidado para proferir a palestra magna de abertura da 24ª edição da Convenção Lojista em Teresina, que acontecerá nos dias 26 e 27 de abril. O evento é uma oportunidade de reunião de boas ideias e gera bastante expectativa no setor. Em sua programação, o evento sempre traz importantes nomes da gestão e áreas correlatas, cujas palestras estimulam o intercâmbio de conhecimentos. Em sua fala, Mourão abordará as perspectivas econômicas para o desenvolvimento do país.

Chesf fica!

A estrutura operacional da Chesf em Teresina será mantida. Foi o que confirmou o senador Elmano Férrer (PODEMOS), após receber o presidente Companhia Hidrelétrica do São Francisco, Fábio Lopes Alves, em seu gabinete, nesta quarta-feira (3). Elmano defende a permanência do órgão na capital: “Desde o ano passado tenho tratado das questões relacionadas às mudanças gerenciais da Chesf no estado do Piauí. Semana passada estive com o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, e hoje [quarta] recebi em meu gabinete o presidente da Chesf, Fábio Lopes Alves, que me trouxe a boa notícia e repasso em primeira mão à sociedade piauiense. A estrutura organizacional da Chesf no Piauí permanecerá intacta com todos os seus funcionários”, afirma o senador.

Errata

A matéria "Convocação de titulares impacta orçamento da CMT, afirma presidente", publicada na edição do jornal O DIA desta quarta-feira, informou equivocadamente que cinco vereadores eleitos em 2016 já foram convocados pelo prefeito Firmino Filho (PSDB) para integrar seu secretariado. Na realidade, seis parlamentares deixaram suas cadeiras na Câmara de Teresina para assumir o comando de órgãos municipais. A reportagem esqueceu de citar o vereador Zé Filho, que é titular da Secretaria da Juventude (Semjuv). Além dele, os outros vereadores que estão licenciados para atuar no Poder Executivo são: o delegado Samuel Silveira (Secretaria de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas); José Venâncio (Secretaria de Desenvolvimento Econômico); Ricardo Bandeira (Secretaria de Economia Solidária); Evandro Hidd (Superintendência de Desenvolvimento Urbano da zona Sudeste); e Caio Bucar (Empresa Teresinense de Serviços Urbanos).

Foto: Divulgação

O advogado Juarez Chaves de Azevedo Júnior foi nomeado membro da Comissão Especial de Precatórios da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), em Brasília. A nomeação foi efetivada por meio da Portaria nº 387/2019, do dia 1º de abril, assinada pelo presidente do Conselho Federal da OAB, Felipe Santa Cruz. Na mesma portaria é nomeada a advogada Ana Torreão Braz Lucas de Morais, também como membro da comissão. Advogado com larga experiência em processos nos Tribunais de Justiça, Eleitoral e de Contas do Estado do Piauí, Juarez Chaves Jr. vai acompanhar as discussões em torno do pagamento de precatórios no âmbito nacional. 


Deixe seu comentário