• Premium Outlet
  • Salve Maria
  • Jovens escritores 2019
  • Banner paraíba
  • AZ no rádio
  • cachoeir piaui
  • Novo app Jornal O Dia
  • TV O DIA att
  • TV O Dia - fullbanner
Roda Viva

Inadimplência desacelera, mas ainda assusta

Leia a coluna Roda Viva deste fim de semana.

30/03/2019 10:00h

Inadimplência desacelera, mas ainda assusta

O número de empresas com contas em atraso e registradas no cadastro de inadimplentes cresceu 5,02% em fevereiro, na comparação com o mesmo mês de 2018. embora o ritmo de alta tenha perdido força em todas as regiões do país. Os dados são da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil). O levantamento também aponta que o número de dívidas contraídas em nome de pessoas jurídicas avançou 1,84% na comparação anual. Além disso, cada empresa devedora continua acumulando, em média, duas pendências financeiras. De acordo com o Indicador de Inadimplência das Empresas, o maior crescimento quanto ao número de empresas negativadas foi observado no Sudeste, com alta de 8,65%. No Sul chegou a 2,99%, no Centro-Oeste, a 1,54%, e no Nordeste, a 1,31%. Já o Norte houve uma pequena queda nesse índice: -0,03%. Para o presidente do SPC Brasil, Roque Pellizzaro Junior, a desaceleração observada no crescimento da inadimplência é reflexo de uma melhora gradativa no faturamento de alguns setores da economia, bem como das taxas de juros mais baixas que têm sido praticadas no país. 

Foto: Gabriel Paulino 

Ao tomar posse como secretário de Segurança Pública do Piauí, em solenidade realizada nesta sexta-feira (29), no Palácio de Karnak, o capitão Fábio Abreu disse que, em sua nova gestão à frente da pasta, os investimentos em tecnologia e em inteligência serão priorizados. "O uso da tecnologia e da inteligência será o principal mote dessa gestão. Nós vamos criar aplicativos e outras alternativas na tecnologia, além de potencializar a inteligência, que vai receber boa parte dos recursos de que vamos dispor, sejam recursos da própria secretaria [de Segurança], provenientes do Ministério da Justiça ou de parcerias com a Secretaria de Justiça", afirmou o deputado federal licenciado.

Residências médicas 

A Comissão Nacional de Residência Médica, do Ministério da Saúde, aprovou a continuidade do programa de residências médicas do Hospital Getúlio Vargas (HGV). A decisão foi tomada durante reunião realizada na última quinta-feira (28), em Brasília, com a presença do secretário estadual da Saúde, Florentino Neto, do reitor da Universidade Estadual do Piauí, Nouga Cardoso, da diretora-geral do HGV, Fátima Garcez, e da coordenadora do Comissão Estadual das Residências Médicas, Jozêlda Duarte. Para conseguir a manutenção das residências médicas do HGV, o governo incluiu o pagamento dos bolsistas na folha de pagamento do serviço público estadual. Em fevereiro, a Comissão Nacional decidiu pelo descredenciamento do programa de residências médicas, dando um prazo para que o governo apresentasse uma solução para regularizar o pagamento dos residentes.

Mobilidade urbana

O Rotary Club de Teresina Piçarra convidou o prefeito Firmino Filho para participar da reunião semanal do clube e falar sobre a mobilidade urbana na capital. O gestor discorreu sobre a expansão da cidade, fez uma explanação sobre o Plano de Ordenamento Territorial de Teresina, sobre o Plano Diretor Transporte e Mobilidade Urbana, e citou os novos projetos e investimentos que serão realizados pela PMT nesta área.


Aliviado, o deputado federal Merlong Solano (PT) fez a entrega simbólica da chave da Secretaria de Governo ao seu sucessor, o ex-deputado Osmar Júnior (PCdoB), que ressurge com força na política piauiense, quatro anos após deixar a Câmara Federal. 


Deixe seu comentário