• Curta Doar
  • Teresina 167 anos
  • Casa dos salgados
  • Novo app Jornal O Dia
Roda Viva

R$ 60 milhões para inovação

Leia a coluna Roda Viva desta sexta-feira.

04/04/2019 18:50h - Atualizado em 04/04/2019 19:29h

R$ 60 milhões para inovação

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), aprovou aplicação de até R$ 60 milhões em cotas do FIP Anjo, fundo de investimento em participações focado em empresas de perfil inovador e alto potencial de crescimento. Os recursos totais do fundo poderão a chegar a R$ 120 milhões, dependendo da capacidade de captação da gestora. O foco preferencial do investimento são companhias que atuem nos setores de agronegócios, biotecnologia, cidades inteligentes, economia criativa, saúde, cidades inteligentes e tecnologia da informação e comunicação (TIC). O FIP Anjo é o primeiro fundo com recursos do BNDES que possibilita investimento em empresas com faturamento anual inferior a R$ 1 milhão e constituídas como sociedades limitadas, o que foi possível com a publicação da Instrução CVM nº 578/16 — até então, esse tipo de investimento estava restrito a sociedades anônimas. Segundo o banco, a iniciativa tem como objetivos fomentar o chamado "investimento-anjo" no país: apoiar startups inovadoras com tecnologias disruptivas, reduzir a escassez de recursos para essas empresas nascentes com alto potencial de crescimento, atrair investidores para o mercado de capitais voltado para essas empresas e estimular o ecossistema de inovação nacional. "O fundo procura suprir uma lacuna de mercado, ao prover recursos na fase de investimento-anjo e no momento seguinte, quando a startup precisa de uma nova rodada de capitalização, antes de ter atingido um porte para atrair o interesse de outros fundos de Venture Capital", destaca o banco. 


Para quem não lembra, a reaproximação entre João Vicente Claudino (PTB) e o prefeito de Teresina, Firmino Filho (PSDB), ocorre desde o pleito de 2016. Na época, JVC subiu pela primeira vez no mesmo palanque do tucano, após o rompimento dos dois, na reunião política do ex-presidente do PTB Jovem, Júnior Macêdo. O jovem tentou a vereança com as bençãos do empresário na coligação do prefeito reeleito.

Fonteles presidente do Comsefaz

O secretário estadual da Fazenda do Piauí, Rafael Tajra Fonteles, foi eleito por unanimidade presidente do Comitê Nacional de Secretários de Fazenda, Finanças, Receita ou Tributação dos Estados e do Distrito Federal (Comsefaz). A eleição ocorreu durante a 23ª Reunião Ordinária do órgão, nesta quinta-feira, 4 de abril, no salão principal da Secretaria Executiva do Conselho Nacional de Políticas Fazendárias (Confaz), em Brasília (DF). “É uma honra ser eleito presidente de um órgão tão importante para integração entre as secretarias de Fazenda do país, que visa articular e defender os interesses dos Estados nas áreas fiscal, tributária e econômica”, afirmou Fonteles, que exercerá o mandato por dois anos.

Ajuda em boa hora

Após ser procurado pelo prefeito do município de Luís Correia, Kim do Caranguejo, o deputado federal Marcos Aurélio Sampaio (MDB) conseguiu com o Ministro da Cidadania, Osmar Terra, a doação de três toneladas de alimentos para as vítimas dos alagamentos no município. O parlamentar sensibilizou o ministro mostrando fotos e vídeos das áreas alagadas e da situação em que as famílias atingidas se encontram. Osmar Terra se comprometeu a enviar os mantimentos a partir da próxima semana.

Na manhã desta quinta-feira (4), as centrais sindicais e sindicatos organizados em torno do Fórum de Lutas pelos Direitos e Liberdades Democráticas do Piauí se reuniram na Praça Rio Branco, centro de Teresina, para o lançamento do abaixo-assinado contra a Reforma da Previdência. Segundo as entidades, a iniciativa tem o "objetivo de mobilizar toda a população e defender o direito à aposentadoria e Previdência Social". Em vários estados as entidades estão distribuindo cartilhas sobre a PEC 6, além de divulgar uma calculadora elaborada pelo Dieese por meio da qual o trabalhador pode ver como ficaria sua aposentadoria pelas regras atuais e com as mudanças propostas pelo Governo Federal.


Deixe seu comentário