• Natal
  • Policlinica
  • Motociclista
  • SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia
ODIA Municípios

Empresa Sete quer fazer voos regulares entre Teresina e São Raimundo Nonato

Empresa Sete quer fazer voos regulares entre Teresina e São Raimundo Nonato

13/04/2015 08:51h

A empresa Sete Linhas Aéreas está interessada em explorar uma linha de voo passando na rota Teresina, Floriano e São Raimundo Nonato, saindo da cidade de Imperatriz, no Maranhão. A informação é do deputado estadual Fábio Novo (PT), que esteve em São Raimundo Nonato na última quinta-feira (09) e conheceu a estrutura do aeroporto que agora passa por uma adequação exigida pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC).

Novo conversou com o secretário de Transportes do Estado, Guilhermano Pires, e destaca que reparos na pista estão sendo feitos, de acordo com as normas da ANAC, de modo que o aeroporto passe a receber voos de empresas que queiram explorar a linha.

"O objetivo é fazer as adequações do aeroporto através de algumas intervenções nas cabeceiras da pista. Também será instalada uma cerca de concreto em toda a área e um sistema de água para atender à casa de passageiros", pontua o deputado.

Segundo o secretário de Transportes Guilhermano Pires, a Sete Linhas Aéreas deseja fazer voos  regulares alternados, ou seja, dia sim, dia não. O avião escolhido é o modelo Cessna Caravan, com capacidade para transportar nove pessoas, além da tripulação.

"Essa é uma boa notícia para o Piauí, especialmente para São Raimundo Nonato, pelo grande potencial turístico que essa região possui. Vamos, agora, aguardar que sejam feitos esses ajustes para que o aeroporto comece a operar normalmente, gerando empregos, renda e trazendo divisas para o nosso Estado", conclui Fábio Novo.  

O aeroporto

Com uma pista de pouso tem 1.650 metros, o aeroporto de São Raimundo Nonato, localizado na zona rural do município, já estão recebendo voos privados e pode operar, inclusive, no período noturno. Toda a estrutura, incluindo a parte hidráulica, elétrica, iluminação, elevador interno, piso, cobertura, forro, vidros, bancadas, área de quiosques e lojas está pronta.

Edição: Geysa Silva

Deixe seu comentário


Notícias Relacionadas