OAB Notícias

OAB Piauí registra Boletim de Ocorrência na Delegacia de Crimes Virtuais

Em defesa da Advogada Nara Letícia Aragão Couto, OAB Piauí registra Boletim de Ocorrência na Delegacia de Crimes Virtuais

18/08/2021 16:39h

Compartilhar no

Na manhã desta segunda-feira(16), a OAB Piauí esteve na Delegacia de Crimes Virtuais, acompanhando a Secretária-Geral Adjunta e Corregedora-Geral da OAB Piauí, Nara Letícia Aragão Couto, vítima de violência política de gênero em uma rede social. A denúncia foi feita por meio do Presidente e da Vice-Presidente da Comissão de Defesa das Prerrogativas dos Advogados, Marcus Vinícius e Michele Amorim, respectivamente.

No último fim de semana, a Advogada Nara Letícia foi alvo de difamação e injúria, por meio de postagens realizadas em um perfil do instagram. As postagens utilizam a imagem da diretora da OAB Piauí, com teor discriminatório, vexatório, injurioso e difamatório.

“Recebi com muita indignação a marcação em post numa manhã de domingo, em que fui atacada como mulher e enquanto Advogada. Recebi o apoio da Comissão de Prerrogativas da OAB Piauí e da Comissão da Mulher Advogada para me auxiliar nas medidas cabíveis. Fomos até a Delegacia de Crimes Virtuais e solicitamos uma apuração rápida e célere. Os Advogados e Advogadas piauienses não merecem vivenciar situações desta natureza. Enquanto mulher Advogada, exijo respeito”, frisou Nara Letícia Couto.

O Presidente da OAB Piauí, Celso Barros Coelho Neto, explica que a OAB Piauí ficará atenta e vigilante para que acontecimentos como este não voltem a se repetir. “Não podemos e nem iremos permitir esse tipo de postura que ataca uma mulher Advogada. Ficaremos atentos para coibir ações como essas e perfis que usam desse tipo de postagem para ferir a conduta da Advocacia”, finalizou.

A Vice-Presidente da CDPA, Michele Amorim, ressaltou a importância da apuração dos fatos. “Estivemos acompanhando a diretora Nara Letícia na Delegacia de Crimes Virtuais para solicitar que todas as providências fossem devidamente tomadas. Claramente a postagem possuí violência política de gênero e, por isso, registramos um Boletim de Ocorrências. Seguiremos com as medidas cabíveis, como por exemplo, oficiar a rede social para apresentar o responsável pelo perfil”, finalizou.

Compartilhar no
Fonte: OAB Piauí

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário