OAB Notícias

OAB garante Medidas Protetivas ao Advogado Aroldo Júnior

OAB garante Medidas Protetivas ao Advogado Aroldo Júnior, vítima de tentativa de homicídio

18/08/2021 16:32h

Compartilhar no

Após denúncia feita pela OAB Piauí, foram estabelecidas, nessa quarta-feira (11), Medidas Protetivas a favor do Advogado Aroldo Sebastião de Souza Júnior. O Advogado foi vítima de tentativa de homicídio, na cidade de Cristino Castro, no início de agosto.

Assim que teve conhecimento sobre a violação das prerrogativas do Advogado, a OAB Piauí, por meio da Comissão de Defesa das Prerrogativas dos Advogados (CPDA), fez a denúncia na Delegacia Geral de Polícia Civil, solicitando providências urgentes em relação à sua segurança e integridade física. De imediato, o Delegado Geral, Luccy Keiko, destacou o Delegado Matheus Zanatta para acompanhar o caso e fazer todo o inquérito do caso.

Confira: OAB Piauí pede à Delegacia-Geral medidas urgentes para garantir segurança de Advogado vítima de tentativa de homicídio

“O Delegado Zanatta pediu as medidas protetivas e, caso sejam descumpridas, o juiz decretará prisão preventiva. O acusado não poderá se aproximar do Advogado numa distância de duzentos metros ou sequer frequentar o mesmo ambiente que ele”, garantiu Marcus Nogueira, Presidente da CDPA.

Celso Barros Coelho Neto, Presidente da OAB Piauí, que esteve pessoalmente na Delegacia Geral solicitando urgência nas providências, destacou que a Seccional continuará atuando de forma de forma firme na defesa das prerrogativas da Advocacia.

“Estamos acompanhando este caso, porque não pode, de forma alguma, um cidadão ser ameaçado, tampouco um Advogado no exercício da sua profissão. Qualquer ataque sofrido por Advogados(as) no estado do Piauí, seja fisicamente ou em qualquer outro meio, que venha contra às prerrogativas da Advocacia, terá ação firme e rápida por parte da OAB”, destacou o Presidente da OAB Piauí.

Compartilhar no
Fonte: OAB Piauí

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário