OAB Notícias

Advogado toma posse como Presidente da Comissão de Relacionamento com o Poder Judiciário

Advogado Victor Abraão Cerqueira Guerra toma posse como Presidente da Comissão de Relacionamento com o Poder Judiciário

14/10/2021 15:25h - Atualizado em 14/10/2021 15:38h

Compartilhar no

O Presidente da OAB Piauí, Celso Barros Coelho Neto, empossou o Advogado Victor Abraão Cerqueira Guerra como Presidente da Comissão de Relacionamento com o Poder Judiciário da OAB Piauí. Seguindo os protocolos de segurança e saúde, a solenidade ocorreu nesta quinta-feira (14), de forma presencial, na Sala do Conselho.

Destacando a relevância da Comissão para Advocacia e para a sociedade, o Presidente da OAB Piauí, Celso Barros Coelho Neto, parabenizou o Advogado e desejou sucesso à frente da Comissão.

“Os órgãos mais importantes da OAB são as Comissões. Através delas, conseguimos levar as ações da Advocacia para a sociedade. Temos, hoje, 76 Comissões e cada uma com a sua importância. A Comissão de Relacionamento com o Poder Judiciário, por exemplo, está relacionada com o dia a dia da nossa Advocacia, os embates com a Justiça, os diálogos, as críticas e também as convergências. Sabemos da importância dos trabalhos que são desenvolvidos nesta área e, com isso, desejamos uma gestão de muito êxito”, declarou Celso Barros Coelho.

O Presidente empossado, Victor Abraão Cerqueira Guerra, agradeceu a confiança e destacou que priorizará as demandas mais urgentes da Advocacia. “Nesta nova caminhada eu vou me dedicar bastante para que a gente continue com a OAB atuante e para que o Advogado(a) tenha o respeito que ele merece. Quando um Advogado ou Advogada chegar num local, que não chegue apenas um Advogado(a), mas sim um representante da OAB. Vamos buscar sempre o melhor, que sejamos bem recebidos e melhor atendidos, seja em um Fórum ou Tribunal”, frisou.

A solenidade de posse contou ainda com a presença do Presidente da Subseção de Barras, Carlos Júnior, e familiares do empossado.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no
Fonte: OAB Piauí

Deixe seu comentário