O Dia na Noite

Nota de esclarecimento do cantor Léo Cachorrão

A assessoria do cantor divulgou nota após matérias publicadas em portais e redes sociais

08/11/2011 10:56h

Compartilhar no

Ontem foi divulgado em portais que o cantor Léo Cachorrão, banda Forró do Mexido, teria dado um "furo" em evento universitário realizado na zona leste no domingo. De acordo com a organização do evento ele teria recebido 50% do cachê e mais o valor de R$200,00 como garantia pra tocar após a organização ter pedido que esperasse um pouco devido ao público ainda estar chegando no local da festa. A turma afirma que o cantor foi embora do local, levando o dinheiro pago e recusando a se apresentar mesmo depois de receber uma ligação telefônica.

Abaixo segue a nota enviada e divulgada pela organização do evento universitário:
"Não é com alegria que vamos, a partir das redes sociais, reivindicar por uma INJUSTIÇA, IRRESPONSABILIDADE e COVARDIA de um "grupo" musical que se dizem e se nomeiam de LÉO CACHORRÃO & FORRÓ DO MEXIDO. Ontem, 06 de novembro, no Teresina Club estava programado o 1º FISIOFARRA: uma festa de UNIVERSITÁRIOS que estariam ali pra arrecadar fundos pra uma tão esperada e batalhada FESTA DE FORMATURA. As atrações seriam: FORRÓ DE BRINQUEDO, a qual seremos eternamente gratas pela compreensão e colaboração de todos os integrantes para com a gente; e a tal LÉO CACHORRÃO & FORRÓ DO MEXIDO, o qual nos cobrou uma quantia de R$800 pra tocar. Acontece que minutos antes de LÉO CACHORRÃO entrar com sua banda, pagamos ao mesmo 50% do valor combinado, já que este é a regra pra qualquer banda tocar em qualquer lugar; porém, pelo fato do público ter começado a se dispersar, pedimos a ele que esperasse um pouco. Afinal, banda não toca pro vento, banda toca pra pessoas! E o que LÉO CACHORRÃO fez depois disso? PEDIU-NOS MAIS R$200 DE GARANTIA. E DEPOIS? FOI EMBORA LEVANDO R$600 DE GRAAAAAAAAAAAÇA, SEM TOCAR, NEM NADA! E pior: depois de muita conversa pelo CELULAR, já que este não apareceu no local nem por reza, pediu que a gente entrasse em acordo com o mesmo POR MAL porquê ELE não iria abrir mão do $$, ou seja: NA JUSTIÇA!
E AÍ ESTÁ LÉO CACHORRÃO & FORRÓ DO MEXIDO: COM O NOME SUJO NA SOCIEDADE INTEEEEEEEEEIRA E NA JUSTIÇA POR CONTA DE R$200."


O cantor Léo Cachorrão em apresentação no último sábado (05)

A assessoria da Contate Produções, produtora responsável pelo Forró do Mexido, divulgou nota de esclarecimento como resposta ao que foi divulgado. O cantor afirmou que está tomando as providências cabíveis na justiça contra a organização.

NOTA DE ESCLARECIMENTO (CONTATE PRODUÇÕES)
Em virtude da matéria publicada em sites, vimos através da Assessoria de Imprensa do cantor Leo Cachorrão, vocalista da Banda Forró do Mexido, manifestar nossos repúdios as calúnias e acusações dirigidas ao mesmo. Ao longo dos 8 (oito) anos como profissional aqui no Piauí, Léo Cachorrão sempre cumpriu com seus compromissos profissionais, honrando sua agenda, e sempre que solicitado, agindo com o intuito de apoiar as causas nobres ou altruísticas, sempre colaborou para que eventos de várias naturezas, dentro de sua colaboração, sempre atingissem seus objetivos sociais.

Acreditamos que as lastimáveis acusações, são decorridas de um mau planejamento do evento. Qualquer pessoa sabe que para organizar um evento com fins lucrativos, existem custos operacionais, por mais simples que seja, e, sobretudo o deslocamento dos componentes da banda, dos equipamentos musicais, além de outros requisitos normais para a realização de um show. Conforme acordado com a aluna citada na matéria, o valor cobrado foi abaixo do cachê normalmente solicitado pelo profissional. No quesito mais simples e básico para a realização de um show, o mais elementar é a presença do artista, no horário e local combinado, compromisso pontualmente honrado por Léo. O fato de ter poucas pessoas, não pode e nem deve ser imputado sob a responsabilidade do artista, visto que atualmente, suas apresentações ou shows, são marcados pela presença de ótimo público, com ampla participação e reconhecimento do talento de Léo Cachorrão e sua banda Forró do Mexido.

Lamentamos, a conduta dos responsáveis pela organização do evento, e lamentamos mais ainda, pelo que se fizeram presentes, pois Léo estava conforme combinado entre o artista e os organizadores. Respeitar o seu público e honrar os compromissos profissionais são marca registradas de Léo Cachorrão e a sua banda Forró do Mexido. Sempre que solicitados, estaremos à disposição para, dentro das normalidades e condições possíveis, colaborarmos e principalmente realizar nossos shows com profissionalismo e dedicação.

Estamos à disposição para qualquer esclarecimento que for necessário à bem da verdade e do profissionalismo com ética e a verdade dos fatos. Já estão sendo tomadas as devidas providencias a fim de não denegrir a imagem do cantor Léo Cachorrão.

Compartilhar no
Fonte: Assessoria / Portais
Edição: Mgnum Rgeres

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário


Notícias Relacionadas