• Enem
  • Jovens escritores 2019
  • Banner paraíba
  • AZ no rádio
  • cachoeir piaui
  • Novo app Jornal O Dia
  • TV O DIA att
  • TV O Dia - fullbanner
No Mirante

Quando o interior do Piauí tinha voos regulares

Vamos lembrar a Nordeste no Piauí em 1981

30/01/2016 14:30h - Atualizado em 02/01/2017 15:44h

Em 1976 nasceu na Bahia a NORDESTE LINHAS AÉREAS REGIONAIS, uma empresa fundada pelo Governo da Bahia, Transbrasil e VOTEC. Cabia a esta empresa atuar na região Nordeste (exceto parte do Maranhão) e Minas Gerais e parte do Espírito Santo, isso no projeto SITAR desenvolvido pelo Ministério da Aeronáutica para evitar o isolamento de pequenas cidades depois que as grandes empresas eliminaram várias escalas do interior (Floriano por exemplo deixou de ser servida pela VARIG).

Por suas dimensões territoriais, econômicas e populacionais, Bahia e Minas Gerais eram os focos da Nordeste, com clara prioridade em sua rede de rotas. Mas em 1981, a empresa baiana decidiu adentrar o Piauí, em uma "aventura" que durou pouco tempo, implantando uma linha que nascia em Petrolina e subia para Picos, Floriano, Teresina, Parnaíba, São Luís, Parnaíba (isso mesmo 2x), Fortaleza, usando o seu equipamento padrão o Embraer 110 Bandeirante (ver imagem acima), com um fracasso comercial na rota via Picos/Floriano, trocou por Guadalupe e São Raimundo Nonato, mantendo o resto das escalas, mais um fracasso e a companhia abandonou o mercado local.

Vamos lembrar os horários desta rota e suas variantes. A operação no Piauí começou em Janeiro de 1981, com o voo 062/063 que efetuava o seguinte "trilho:

Nordeste 062 - Segunda à Sexta - FOR 0700 0815 PHB 0830 0925 THE 0940 1020 FLB 1030 1110 PCS 1120 1220 PNZ
Nordeste 063 - Segunda à Sexta - PNZ 1350 1450 PCS 1500 1540 FLB 1550 1630 THE 1645 1740 PHB 2020 2135 FOR

Havia um aproveitamento do avião ao chegar em Parnaíba pela noite em um bate-volta até São Luís (PHB 1755 1855 SLZ 1910 2020 PHB). Vale lembrar que perante sistemas de reserva na aviação, as cidades possuem siglas, sendo que FLB é Floriano e PCS é Picos, assim como GDP é Guadalupe e SRN é como conhecemos São Raimundo Nonato (sigla não oficial). Em Abril de 1981, com baixa demanda na operação via Floriano/Picos, a rota Fortaleza - Petrolina foi alterada, passando a servir Guadalupe e São Raimundo Nonato, no lugar do par anteriormente citado, era uma tentativa da Nordeste de continuar servindo o Piauí, apostando dessa vez em Guadalupe (certamente para atender a CHESF). Os horários eram:

Nordeste 062 - TER/QUA/QUI/SEX - FOR 0700 0815 PHB 0825 0920 THE 0930 1015 GDP 1035 1120 SRN 1130 1220 PNZ
Nordeste 063 - SEG/TER/QUA/QUI - PNZ 1340 1430 SRN 1440 1535 GDP 1545 1630 THE 1645 1740 PHB 2020 2135 FOR

Independente do arranjo via Picos ou Guadalupe, em Petrolina esse voo permitia conexão imediata para Paulo Afonso em Recife no sentido sul (062) e no sentido norte (063) recebia conexões de Salvador.

Logo a rota foi descontinuada e o Piauí saiu totalmente do mapa da Nordeste, junto com o Maranhão e Ceará, apenas em 1989 a empresa voltaria a colocar Parnaíba, Teresina e Guadalupe em suas rotas, o que durou pouco tempo, em 1990 já não existiam voos no Piauí. A empresa voltaria ao Piauí anos depois, mas é assunto para outra história...


Deixe seu comentário


Notícias Relacionadas