• Curta Doar
  • Teresina 167 anos
  • Casa dos salgados
  • Novo app Jornal O Dia
No Mirante

Primeiro Americano a visitar o Brasil - #SQN

Como a falta de conhecimento prejudica o atendimento!

03/12/2013 08:00h - Atualizado em 02/01/2017 15:48h

Vocês sabiam que o primeiro Americano a visitar o Brasil o fez em São Raimundo Nonato? Como assim? Pois bem foi isso que ouvi no Centro de Artesanato Mestre Dezinho aí em Teresina! Fervi, contei até 10, não podia corrigir a atendente na frente de outros visitantes. Sabemos que São Raimundo Nonato é parque histórico de pinturas rupestres, que remontam aos primeiros homens Americanos... Não dos Estados Unidos, mas sim do CONTINENTE AMERICANO! E mais primeiros habitantes e não visitantes. Aonde quero chegar? CONHECIMENTO!

Você trabalha com público? Você trabalha em ambientes onde turistas passam? Conheça! Saiba o que fala! Eu sou piauiense e estava disfarçado de turista, logo não aprendi errado, mas e quem não conhece a história do estado? Iria ficar com esta lenda urbana na cabeça! Mas o que faltou neste caso?

Primeiro: iniciativa do profissional em conhecer sua terra, seu estado! Outra coisa se você vende produtos relacionado a um estado, então tem que saber explicar direitinho o que é Cajuína, como é feita, a história, o porquê dos desenhos rupestres e por aí vai.

Segundo: O empregador orienta seus funcionários? Preocupa-se com a qualidade do serviço prestado aos seus clientes? Que tal bolar uma cartilha de orientação? Vai melhorar a qualidade do atendimento e vai motivar o seu funcionário, que se sentirá valorizado dentro do negócio!

Atendimento a cliente é tudo! E não esqueça, você é FULANO DE TAL LTDA! Certa feita estive em Aracajú, fui tão bem atendido por uma mocinha no ponto de informações turísticas, que me vendeu tão bem o estado, que minha reação foi: Quero seu currículo! Ela incrédula anotou meu e-mail e enviou no mesmo dia... uma semana depois trabalhava na mesma empresa que eu, pois não pensei duas vezes em agregar valor a companhia que trabalhava, assinei e indiquei o currículo dela (vi a pessoa uma vez na vida) e não me arrependo, pois trabalha até hoje nesta empresa, mesmo depois de uma fusão pela qual a companhia passou! Qual lição que fica? Alguém está sempre vendo o seu trabalho... inclusive estou preparando um pacotão de absurdos que já vi em atendimento a cliente, onde inclusive quem atendeu se deu muito mal por fazer julgamento de aparência, aguardem!


Deixe seu comentário


Notícias Relacionadas