• Piauí Férias de Norte a Sul
  • SOS Unimed
  • Ecotur 2019
  • Novo app Jornal O Dia
No Mirante

Marketing as Avessas

Fenômeno Dollynho

10/02/2016 13:47h

Existe um fabricante de refrigerantes em São Paulo chamado DOLLY. Há alguns anos a Dolly teve a ideia de criar um personagem infantil, baseado numa garrafa PET com a finalidade de interagir com o público infantil (batizado de Cidade Dollynho), além de animações (que se repetem desde então a cada sessão do ano: Natal, Fim de Ano, Dia das Crianças, etc...). Mas... contudo entretanto, risos, a internet se tornou o paraíso da zoeira e a simpática garrafa de refrigerante "animada" se tornou uma página cuja dimensão de curtidas no facebook é apenas 41 vezes maior que a marca original. A imagem da garrafinha simpática deu origem a centenas alias milhares de memes.

No momento que escrevo o artigo, o facebook do fabricante tem praticamente 13.000 curtidas, contra 533.000 do "Dicas Dollynho", tem noção do que é isso? 4100% de vantagem a página da Zoeira... a página traz dicas completamente NON SENSE, zoeiras sem limites e sem qualquer respeito, e claro com o portugues falado no que eles chamam de Dollynes (Seje, Fasse, Digue e outras barbaridades ao idioma local) no entanto, trouxe um marketing as avessas, os seguidores começaram a comprar Dolly para "zoar", para postar na internet que bebe o refrigerante e isso obviamente reflete em vendas do famigerado Dolly (o seu amiguinho). Diariamente algum seguidor da página envia uma foto "A hora do almoço chegou" com qualquer comida que seja (ou seria seje?) acompanhada de um produto Dolly, estamos dizendo DIARIAMENTE ou seja 365 fotos por ano... nem a página oficial da fábrica consegue 365 postagens anuais!

Não menos importante, pessoas de outros estados reclamam da ausência do Dolly para compra (No Piauí por exemplo não tem, nem em Minas Gerais e por aí vai...). Agora vamos a algumas das postagens NON-SENSE da página:

Algumas das zoeiras até tem sentido, como essa da Kombi Pick-Up Azul que fala sobre o comportamento de alguns motoristas no trânsito. O fato é, quem "esqueceu" o site infantil da marca Dolly no ar jamais imaginou que uma página no facebook fosse ser criada com tamanha dimensão e repercussão, gerando um marketing as avessas que faz a marca ser mais divulgada e conhecida do que os métodos convencionais de propaganda. Parece ser um caso único no Brasil.




Deixe seu comentário


Notícias Relacionadas