• Curta Doar
  • Teresina 167 anos
  • Equatorial fullbanner
  • Casa dos salgados
  • Novo app Jornal O Dia
Logosofia

Para saldar uma dívida

Autor: Marcos Meyer Salomão – Rio de Janeiro (RJ) – Pesquisador da Ciência Logosófica.

12/05/2019 05:22h

“A transformação do mundo a partir de si mesmo” (ISBN: 978-85-60232-02-4) foi o tema que os jovens pesquisadores de Logosofia se propuseram investigar à luz desta nova concepção humanística. Esse estudo os fez voltar sobre a realidade do mundo mental, cuja influência mais evidente se expressa na cultura e costumes de um povo. Também os fez refletir sobre seu mundo interno, que se manifesta em seu temperamento, caráter, tendências e predileções. A investigação os levou a revisar os conceitos e valores que devem ser incorporados à vida, para que cada um seja ator consciente dessa transformação.

Se o estudo levou os jovens a perceberem o quanto podiam realizar em si mesmos, despertou também o sentimento altruísta de querer fazer com que outros pudessem viver e experimentar a mesma felicidade. Perceberam, ao final, que a transformação do mundo está vinculada à própria superação da espécie humana no que diz respeito às suas possibilidades intelectuais, morais e espirituais.

Os ensaios publicados nas páginas deste livro apresentam reflexões e experiências dos jovens em torno deste tema. Os resultados alcançados até o momento indicam que ainda há muito por fazer. Que isso se constitua num grande estímulo para que todos se unam em um grande ideal: a superação.

--

Para saldar uma dívida

Certo dia, lendo um site de notícias, me espantei com a quantidade de problemas pelos quais estamos passando - políticos, esportivos, ambientais etc. Parece que a cada clique, a cada notícia, vivemos em um mundo diferente: quem dizia apoiar o partido A agora apoia o B; o futebol bonito e moleque agora prefere a seriedade alemã; o país de maiores reservas de água do mundo agora reza para chover.

Diante desse quadro, me veio uma imensa saudade da minha infância! Quando fui visitá-la, me lembrei de uma dívida que possuo até hoje. Uma dívida que fiz com um menino, dizendo a ele que, quando eu crescesse, faria alguma coisa para mudar o mundo. Como os juros estão cada vez mais altos... resolvi pagar minha dívida o quanto antes. Mas logo depois, como um banho de água fria, um pensamento me disse: “Para com essa besteira de criança e vai trabalhar”. Com o calor que faz aqui no Rio... não liguei para aquela água fria e resolvi descobrir como pagar essa dívida.

Pesquisei como se iniciam as mudanças. Como uma semente se transforma numa árvore que vive por séculos? Como uma lagarta vira uma borboleta? Como de uma célula nasce um novo ser? Logo me dei conta de que o início de tudo é sempre pela menor partícula daquilo que se deseja formar ou transformar.

E no caso de mudar o mundo? Por onde começar? Quem é a menor partícula da humanidade? Opa, só pode ser o homem. É lógico! O homem é a menor partícula da humanidade. Beleza, esse foi um bom primeiro passo, mas ainda faltam outros. 

Por qual homem devo começar? Quem será a cobaia dessa transformação? Nesse aspecto tive dificuldade, pois até tentei convencer outros a mudarem, mas eles me mandavam parar de questionar e ficar quieto, exatamente como eu quase fiz com aquele menino lá da infância... Então, pensei: "Vou ter que começar por mim mesmo; afinal, ninguém gosta de pagar a dívida dos outros. Terei que ser minha própria cobaia, meu próprio experimento."

Agora surgia outra questão: se a humanidade tem tantos problemas, por qual deles começar? Será que não existe algum ponto em comum entre eles para que, quando um se resolva, os outros também sejam solucionados?

Percebi que o homem, além de sofrer as consequências de todos os problemas, é seu principal causador e, ao mesmo tempo, o único que pode resolvê-los. E é ele também a menor partícula formadora da mudança. Maravilha, o ciclo está fechado! A menor partícula é aquela que cria todos os problemas e a única que pode solucioná-los!

Resolvi iniciar a mudança que havia prometido. Sei que se trata de um desafio e tanto, mas, além de valer a pena, terei mantido a palavra com aquele menino que ainda vive em mim.

--

Para saber mais...

Para saber mais sobre a ciência logosófica, visite e assine nossos principais canais: YouTube (www.youtube.com/logosofia), Facebook (www.facebook.com/logosofia) e Instagram (@logosofiabr), além do site oficial da Logosofia – www.logosofia.org.br.

Em Teresina (PI), a Fundação Logosófica – em prol da superação humana – está presente no seguinte endereço: Rua José Paulino, 845 - 1º andar / Sala 110 – Fátima. Mais informações pelo telefone: (86) 994529269.


Deixe seu comentário