João Magalhães

Veja como deputados federais piauienses votaram sobre privatização dos correios

Trabalhadores não poderão ser demitidos nos primeiros 18 meses após a privatização.

05/08/2021 17:45h - Atualizado em 05/08/2021 18:12h

Compartilhar no

A Câmara dos Deputados aprovou por ampla maioria o texto base do projeto que autoriza a privatização dos Correios. Todos os 10 deputados federais piauienses participaram da votação, sendo que Flávio Nogueira, Iracema Portella, Júlio Cesar, Atila Lira, Margarete Coelho e Marcos Aurélio Sampaio votaram a favor da privatização dos correios. Merlong Solano, Rejane Dias e Fábio Abreu votaram contra. 

Leia também: Câmara aprova texto-base do projeto de privatização dos Correios 

A proposta original foi encaminhada pelo governo e todos os serviços postais poderão ser explorados pela iniciativa privada. No total, foram 286 votos a favor e 173 contrários. 


Foto: Gustavo Sales/Câmara dos Deputados

De acordo com o projeto aprovado, as tarifas serão reajustadas anualmente e poderão ter preços diferenciados por região. 

Um dos temas polêmicos tem a ver com a situação dos servidores da estatal. Pelo parecer aprovado, eles não poderão ser demitidos nos primeiros 18 meses após a privatização. No entanto, poderão pedir demissão de forma voluntária nos primeiros seis meses, onde terão direito a uma indenização referente a um ano de salários e usufruir do plano de saúde também por 12 meses.

O projeto agora segue para o Senado. 

Compartilhar no

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário