João Magalhães

Anúncio de obras não deveria empolgar piauienses

A comemoração deve ocorrer apenas quando a obra for inaugurada e entregue para a população.

05/08/2020 09:52h - Atualizado em 05/08/2020 10:38h

Compartilhar no

Piauienses continuam comemorando aos quatro cantos cada anúncio de recursos conseguidos pelos políticos ao Estado. Se somarmos os valores que cada deputado federal ou senador da República anuncia que conseguiu para o Piauí, chegamos a casa das centenas de milhões rapidamente. E com as redes sociais, todo anuncio é feito através de vídeo, de preferência ao lado do ministro responsável pela área em que os “recursos já estão empenhados”.

Pelo visto, a máxima popular de que “gato escaldado tem medo de água fria”, ainda não foi aprendida pelos piauienses. Porque na prática, sabemos que anúncio é pra ser acompanhado, e não comemorado.

O anúncio é apenas uma sinalização de que há algum processo tramitando lentamente no burocrático mundo da administração pública. Até que este anúncio se transforme em benefício para a população, podem-se levar anos, muitos anos.

Comemorar o anúncio de recursos é um novo modelo das “assinaturas de ordem de serviço” e “autorização para estudos técnicos de viabilidade para construção de obras”.

Portanto, vamos comemorar apenas quando o anúncio se transformar numa obra inaugurada, ou na efetiva entrega de equipamentos para a população ou prestação dos serviços.

Até lá, não há motivos para festa.

Compartilhar no

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário