• Clínica Shirley Holanda
  • Semana do servidor
  • Netlux
  • SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia
Garrincha

Hoje é o dia 4 de julho de Piripiri

Aniversário do time do seu Luís “Menez”, um cabra danado de bom, elemento de moral ilibada, da vida voltada para a política e o futebol.

04/07/2019 13:02h

Salve ele! 

Meus amigos, hoje é o dia 4 de julho de Piripiri. Aniversário do time do seu Luís  “Menez”, um cabra danado de bom, elemento de moral ilibada, da vida voltada para a política e o futebol. Já foi peladeiro militante e dizendo o Sergil Araújo, seu fiel escudeiro, que ele, Luís,  jogava bem  melhor do  que o seu filho Marden. Mas isto é opinião de torcedor fanático e ainda hoje tem gente afirmando que o Gereba era melhor do que Matintim. Ora bolas... Mas eu quero louvar a representação  piripiriense que tem como assessor especial o cearense Sergil, que já tem até o título de cidadão piripiriense onde mantém suas propriedades, destacando-se o Açude que era do Caldeirão e agora é dele. Mas é de se louvar quem merece ser louvado e nesta data quarta juliana, no meio da semana, como diz o Chico Viana, é dia de se tomar cana. Pela comemoração da data desta terra de João Cláudio, nosso maior fazedor de graça mas não faz de graça. Tem que comemorar o ingresso Mas eu quero é louvar a agremiação esportiva“ 4 de Julho” que disputa certame oficial do Estado desde muito tempo e  algumas vezes,até foi campeão e tão bem soube representou o “Piauí Terra Querida/filha do sol do Equador/ pertence-te  nossa  vida e o nossos amor...E assim sendo, reverendo, como o senhor está vendo a “recíproca é verdadeira” neste prego na chuteira e a federação “braulina” de futebol anuncia o começo do certame  com seis times na série B de bola. São eles: são eles do interior (Picos,Oeiras,Floriano e Campo Maior) e um do “exterior” que é o Timon. Assim sendo será um certame assaz timonizado. Embora ele tenha mais uma cara de intermunipal da APCDEP. Mas fazer o quê?, cada um joga mal ou bem com as bolas que tem porque a vida é um jogo que pode ser de Damas ou de sinuca. Mas é dia de se louvar o time de Piripiri, uma terra maravilhosa. Ela lá e eu aqui. Porque o calendário marca 4 de Julho e em 1987, a agremiação esportiva foi fundada, não sei se pelo seu atual presidente o Luiz Menezes que era um peladeiro  militante e como sempre foi líder queria ser um dono de time. E foi fundado o 4 de Julho  que hoje é o Flamengo dos nascidos em Piripiri, terra muito boa. Ela lá e eu aqui. 

4 de Julho... Esta formação é a atual do time. (Foto: Elias Fontenele/ODIA)

Série B? 

Meus amigos, este povo inventa cada coisa neste futebol de meia tigela que deixa o comprador de ingressos completamente perdido, sem saber o que vai pagar para ver. Agora, inventaram uma tal de série B. De banana. Ou de babaca. Esta série conta com os Picos, Oeiras, Floriano, Timon, Teresina e um Campo Maior. Uma espécie de inter-municipal mirim. Os dois melhores colocados vão para a primeira divisão de profissional. Lá onde tem River, Flamengo, Piauí, Tiradentes, Parnaiba, 4 de Julho e outras datas menos festejadas. E assim, este futegol, de meia tigeja tem a sua série B de bola. Ou  será de bêsta ?

Intermunicipal 

Um campeonato promovido pela Associação dos Cronistas Esportivos do Piauí reunia seleções de futebol do interior e do litoral e revelava valores para o esporte profissional. Era o chamado Torneio Intermunicipal de futebol  da APCDEP. Esperado por gregos e baianos e bastante prestigiado pelo futebol de primeira divisão  que via novos valores para reforço de suas equipes, as chamadas revelações, descobertas de valores do interior  e do litoral porque Parnaíba sempre formou bom time. Mas o “tempo passa” como diz o narrador de futebol pelo rádio e hoje em dia, dona Maria, cadê o Intermunicipal ? Babau...


Deixe seu comentário