• COMBATE AO MOSQUITO AEDES AEGYPTI 2019 - 2020
  • SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia
Flávio Ricco

Muito mais que cenário, “Fala Brasil” precisa priorizar conteúdo

Natural a preocupação da Record em fazer as correções na cenografia do “Fala Brasil”.

15/01/2020 12:02h

 A última, como a colocação de berrantes verde e amarelo, não agradou ninguém, muito provavelmente nem mesmo os responsáveis pela sua aprovação. Fala-se também, como aqui foi colocado, em sumir com a bancada e deixar suas apresentadoras livres, andando pelo estúdio. Bom também. Porém mais que tudo, tanto o “Fala Brasil” como qualquer outro jornal ou programa, antes da plasticidade e todo aparato técnico, a preocupação primeira precisa ser com o conteúdo. A propósito disso, sábado, no “É de Casa”, da Globo, Maria Cândida apresentou uma matéria do Zoológico, bem feita, usando grafismo, uma linguagem moderna, direta e que irá predominar daqui para frente. Um trabalho que, naturalmente, prendeu a atenção de quem assistia. E tudo gravado por dois celulares, nada de Ikekami ou qualquer outra parafernália, com ou sem balanceamento, mas com uma qualidade incrível. Edição bem feita e com criatividade. Aliás, por aqui, o exagero do uso do celular já foi criticado, só que no caso, dentro da proposta do quadro, ele é perfeitamente válido. À jornalista Maria Cândida, para ficar ainda melhor, só precisa tirar o dedo da tomada. No mais, é um exemplo a ser seguido.

Roupa nova

O programa “Via Brasil”, da GloboNews, vai apresentar seus novos cenários neste domingo, a partir das 16h05. Acompanhando essa novidade, uma produção especial sobre a Amazônia, mostrando a arte da região, projetos sustentáveis, entre outros. O programa tem à frente a jornalista Renata Capucci.

Intervalo

A Band vem processando mudanças importantes no seu departamento comercial. Não se trata da entrada ou saída de ninguém, mas um ajuste de posições.

Tabelinha

Ratinho convidou Datena para apresentar um programa diário na sua rede de rádio, a partir de São Paulo. Assunto bem encaminhado. Devem definir nesses próximos dias.

Reality da Sabrina

Babi Muniz, Luiza Ambiel, Sérgio Hondjakoff e Richarlyson (ex-jogador do SPFC) estarão no reality show “Made in Japão”, atração do programa “Domingo Show”, com apresentação de Sabrina Sato. Eles se juntam a Dhomini e Silvana Oliveira, mãe de Ludmilla. Um outro nome, ex-“Pânico”, também está bem encaminhado para o elenco. O programa, segundo a Record, ainda não tem uma data de estreia definida.

Cenário

Dados disponibilizados pela Globo revelam que cerca de 75 milhões de telespectadores consumiram humor nas suas terças-feiras em 2019. Ou mais precisamente, durante o período de exibição da última temporada de “Tá no Ar”, entre janeiro e abril. É nesse cenário que a emissora estreia o “Fora de Hora”, dia 21, após o “BBB”.

Dramaturgia sim...

A coluna comentou segunda-feira sobre a interferência de Cristiane Cardoso, filha de Edir Macedo, na teledramaturgia da Record. Na verdade, isso não é de agora, mas incomoda profundamente profissionais do setor. Ela possui uma função executiva na área, é verdade, porém, segundo relatos, mexe em tudo. A equipe de “Amor Sem Igual” já sente os efeitos... A autora Vivian de Oliveira, vale lembrar, deixou a casa por causa disso.

...Jornalismo também

Após a publicação da nota, o pessoal do Jornalismo revelou que lá a vida não é muito diferente. Cardoso também dá as suas tantas “sugestões”, às vezes, relacionando os dois departamentos. Manda quem pode...

Casal 1

Adriana Esteves e Vladimir Brichta quase não se encontram em cena de “Amor de Mãe”, mas uma sequência que vai ao ar dia 17 permitirá maior interação entre seus personagens. Tudo em função do movimento organizado por Camila (Jessica Ellen) para evitar o fechamento da escola.

Casal 2

Thelma (Esteves) irá até o galpão de reciclagem de Davi (Brichta) para falar sobre o assunto. A intenção dela era conversar com Danilo (Chay Suede), mas o filho não se encontra no local, e ela acaba contando tudo que sabe para Davi.


Deixe seu comentário