• Banner OAB
  • Campanha da Santa Missa
  • Vencer 03
  • Vencer 02
  • Vencer 01
  • Prerrogativas da advogacia
  • Peregrinos da fé
  • Novo app Jornal O Dia
Esplanada

O presidente Bolsonaro tem um hobby antigo durante voos: ler obituários

Jair Bolsonaro circula nomes e telefona depois para familiares do(a) falecido quando descobre o telefone.

19/02/2020 11:08h

Engavetadora Geral da União

Ao arquivar a denúncia de suposto conflito de interesse que envolve o chefe da Secretaria de Comunicação, Fabio Wajngarten, a Comissão de Ética da Presidência da República mantém o histórico de “engavetora’ de processos que envolvem autoridades do Governo. Só no ano passado, o colegiado, formado por sete integrantes –  atualmente com uma cadeira vaga – mandou para o arquivo mais de 70 processos que tinham como alvo ministros e autoridades do Governo do presidente Jair Bolsonaro

Solidariedade

O presidente Bolsonaro tem um hobby antigo durante voos: ler obituários , circular nomes e telefonar depois para familiares do(a) falecido quando descobre o telefone. 

Mas..

..Não há notícias ainda de que tenha feito isso com a viúva do ex-capitão miliciano Adriano. A despeito disso, a se confirmar ser a autopsia do corpo de Adriano no vídeo no Twitter do senador Flávio Bolsonaro, a PM da Bahia deve muitas explicações. 

Generoso

Luciano Hang, dono das Lojas Havan, bolsonarista desde sempre, tem botado a mão no bolso para cobrir custos políticos onde o Governo do amigo, por lei, não pode bancar.

Concorrente$ 

Um contato da Coluna que conheceu Hang explica a ira pública que o empresário tem contra o ex-presidente Lula da Silva. A empresa não entrou na lista das ‘Campeãs do Brasil’, beneficiadas com empréstimos bilionários do BNDES no Governo do Barba. 

Saldo no azul

A União Nacional dos Estudantes (UNE), controlada pelo PCdoB e parte pelo PT, volta a fazer a festa no saldo com a queda da Medida Provisória que previa a ID estudantil digital e gratuita. Agora, volta a cobrar da garotada “R$ 35 mais o frete”, conforme cita no portal da entidade. Isenção tem quem comprovar não ter renda.

E as ruas?

Mas causa estranheza a resposta sobre a destinação dos recursos. A UNE afirma que servem “exclusivamente para financiar toda a rede do movimento estudantil desde campanhas até protestos como o ‘tsunami da educação’, no ano passado, que pressionou contra os cortes nas universidades”. A turma não tem ido tanto às ruas.

É golpe

O Ministério dos Direitos Humanos disparou alertas, no WhatsApp e nas redes sociais, sobre elementos que procuram entidades e empresários em nome da ministra Damares Alves para participar de um evento dia 3 de março e arrecadar fundos. É golpe.

BR 163 

Deputados da oposição afirmam que os Governos Lula e Dilma executaram 93% das obras de recuperação da BR 163, inaugurada pelo presidente Jair Bolsonaro. O petista Airton Faleiro, deputado do Pará, diz que “Bolsonaro executou míseros 7% da obra” e detalha: “Dos 707,4 quilômetros da BR-163/PA, faltavam 99 quilômetros de asfalto”.

Sem empreiteira$$

Bolsonaro mandou para vários canteiros de obra – e pavimentação de estradas – soldados e engenheiros do Exército. Que, confirma o Palácio, barateiam muito o custo.

Fantasias.. 

Na próxima terça-feira de folia completa um ano que o deputado federal Célio Studart (PV-CE) apresentou projeto de lei que proíbe uso de penas e plumas de animais para a produção de fantasias e alegorias. A proposta depende do relator na Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio e Serviço.

..sintéticas

Designado para a função em abril, Otaci Nascimento (Solidariedade-RR) ainda não se manifestou. De acordo com a proposta, as agremiações carnavalescas deverão utilizar materiais sintéticos, de produção exclusivamente industrial. 

Valeu, INPI!

O INPI avisa que desde fim de janeiro “o tempo para registro da marca já estava em apenas 6 meses, alcançando os padrões dos principais escritórios de propriedade industrial do mundo”. Bem diferente dos cinco anos da praxe anterior. Viva!

ESPLANADEIRA

# A Amcham Goiânia realiza hoje treinamento em Sucesso do Cliente com o professor e consultor Phelipe Xavier.  # O Impact Tank vai premiar com R$ 10 mil o projeto de criação de startup que tiver maiores chances de sucesso no empreendedorismo social. 


Deixe seu comentário