É o bicho

Vovós e vovôs animais

Joyce Magalhães - Médica Veterinária Acupunturista formada na Ufersa, possuí mestrado em Ciência Animal pela UFPI e Doutorado em Biotecnologia pelo RENORBIO

22/03/2019 17:35h - Atualizado em 25/03/2019 12:32h

Compartilhar no

Em decorrência disso, é necessário que você fique mais atento aos cuidados com a saúde e bem-estar do seu animal e entenda a importância dos check-ups frequentes para que seu melhor amigo possa se sentir saudável e feliz até os últimos instantes. Quando nossos animais envelhecem, pouco a pouco, o seu corpo, os seus hábitos e os seus movimentos mudam e, por isso, focar na prevenção é uma excelente estratégia. Atente-se: os cães idosos precisam ter a saúde conferida a cada seis meses. Nessas consultas, exames de rotina para avaliar coração, rins, boca, olhos e, também, como andam os níveis de alguns hormônios são essenciais. Por isso, ter cuidado com alimentação é um bom começo.

Mas como saber a idade do meu cão? A relação de que um ano de idade equivale a sete não serve de parâmetro. O porte é o principal fator para estabelecer o início da terceira idade para os pets: cães pequenos, com até dez quilos, só são considerados idosos aos sete ou oito anos. Já os maiores, que pesam entre 26 e 45 quilos, podem entrar na maturidade ao completar cinco anos.

Animais idosos precisam de uma alimentação específica. Para atender esta demanda, existem rações sêniors que contêm menos calorias e carboidratos e se adaptam perfeitamente ao novo estilo de vida do animal. Essas rações são adaptadas às necessidades nutricionais da maturidade: são ricas em ômega-3, zinco, proteínas, fibras e pobres em gordura. Consulte o seu veterinário sobre a melhor dieta para o seu animal.

As principais doenças que podem acometer os animais idosos são: neoplasias, alterações de pele, catarata, problemas endócrinos, insuficiência renal, cardiopatias, artrite, artrose, obesidade, problemas endócrinos, surdez, problemas urinários, anemia, hepatopatias, doenças de próstata, déficits cognitivos, alterações comportamentais e demência também conhecido como “Alzheimer Canino”. Lembre-se: médico veterinário é o único profissional capaz de realizar um diagnóstico completo sobre as reais condições do animal e indicar os cuidados ou tratamentos necessários.

Em alguns momentos, pode acontecer desorientação. O animal pode esquecer onde está a sua cama ou o seu comedouro, pode demorar a reconhecer algumas pessoas. É possível que ele se “esqueça” que estava comendo ou não ouça quando você o chamar, é preciso ser paciente e ajudar seu amigo a ter uma vida mais agradável.

Focando na prevenção, saiba que seu amigo precisa de uma vida ativa e passeios. Essa rotina fará muito bem à saúde cardíaca do seu animal. A recomendação é caminhar nos horários mais frescos do dia e não o forçar a se exercitar além do seu limite. Fique atento a sinais como tosse respiração ofegante, que podem indicar doenças cardíacas. As saídas ao parque ou as voltas no quarteirão são benéficas também para a sua socialização.

Com o envelhecimento, os rins deixam de funcionar como deveriam e acabam eliminando nutrientes essenciais. Se o animal perder o apetite, emagrecer rapidamente, passar a beber muita água e fazer xixi várias vezes em pequenas quantidades, levem-no depressa ao veterinário.

Não se esqueça da importância de encontrar atividades que estimulem o seu animal a continuar ativo, sempre respeitando os limites da nova condição do seu amigo. Um idoso ativo é muito mais feliz que um que fica o dia todo quieto em um canto. Outro cuidado importante é não deixar de oferecer seu amor e afeto, afinal, seu animal dedicou uma vida a você e, com a idade, eles se tornam mais dependentes. Às vezes, tornam-se um pouco intolerantes e irritadiços, por isso, não interrompa suas horas de sono: respeite-o. E lembre-se: ao monitorar a saúde do seu bichinho de forma correta, você pode salvar a vida dele já que várias doenças podem ser diagnosticadas e tratadas no início. Cuide muito bem de seu cão idoso e garanta momentos inesquecíveis a ele e a você.

Compartilhar no

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário


Notícias Relacionadas