Dicas da Nutricionista

Leite Materno: um presente para a vida inteira

Dicas sobre amamentação

12/10/2011 22:27h

Compartilhar no

Depois de longos nove meses, você foi presenteada com o ser mais precioso da sua vida: seu bebê! Com o nascimento da criança, muitas dúvidas devem estar surgindo, e dentre elas, as principais provavelmente estão relacionadas à alimentação.

O único alimento que servirá para alimentar seu bebê, contribuindo para o seu crescimento e desenvolvimento normais, e que deve ser oferecido exclusivamente nos seis primeiros meses de vida é o leite materno. Nenhum outro alimento é nutricionalmente completo e/ou adequado para a criança como o leite do peito Por isso mamãe, não tenha dúvidas! A amamentação é o primeiro passo para a saúde do bebê.

No início, surgem muitas perguntas sobre a melhor forma de amamentar. Mãe observe a posição que você oferece o peito ao bebê. É importante seguir os passos abaixo:

1. Procure um local tranquilo para dar de mamar;

2. Posicione a barriga do bebê junto a sua;

3. Coloque a cabeça do bebê na dobra do seu braço (cotovelo) e segure o bumbum com sua mão.

4. A outra mão fica livre para fazer carinho na criança enquanto ela mama!

5. Pronto! Agora é só deixá-la mamar o tempo que quiser!

Alguns mitos:

  • "Meu leite é fraco": todas as mulheres, mesmo as desnutridas, produzem leite com a mesma composição nutricional, capaz de suprir as necessidades do recém-nascido nos primeiros 4 a 6 meses de vida;
  • "Meu leite não sustenta o bebê e ele chora de fome": nem sempre o bebê chora de fome, porque o bebê usa o choro para se comunicar. Seu choro pode significar frio ou calor, sono, cólica ou falta de carinho;
  • "Vou tomar bastante caldo de cana e rapadura para ter mais leite": cuidado, não existe comprovação científica que estes alimentos aumentem o volume do seu leite, e como são alimentos ricos em sacarose, isto pode provocar cólicas no bebê. Só existem duas coisas, além de medicamentos específicos, que podem aumentar sua produção de leite: amamentar em livre demanda (sempre que o bebê chorar) e se hidratar bastante (ingerir 2,5 a 3 litros de líquidos por dia).

Dica: Evite oferecer chupeta ou mamadeira ao seu filho, principalmente nos primeiros dias após o parto, pois, ao sugar estes objetos o bebê engole ar e pode ter cólica (ele vai chorar com dor e você vai pensar que é fome). Sem falar que as formas de sugar o peito e a mamadeira ou chupetas são diferentes e o bebê pode se confundir e não mamar da forma correta. Bom este assunto rende um artigo inteiro!

Compartilhar no

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário


Notícias Relacionadas