• Canta
  • SOS Unimed
  • Fagner
  • Trilha das emoções
  • Novo app Jornal O Dia
Da Arquibancada

Pai de Samuel, piauiense no CT no Flamengo desabafa: “Momento difícil”

Washington conta que foi um pesadelo acordar com a ligação de funcionários do clube do Flamengo contando sobre o incêndio no CT, no Rio de Janeiro.

08/02/2019 11:54h - Atualizado em 08/02/2019 12:01h

O mundo do esporte amanheceu abalado. Um incêndio no CT do Flamengo, conhecido como Ninho do Urubu, aconteceu na madrugada de hoje (7) por volta das 5h15min e foi controlado somente às 7h da manhã. A tragédia deixou 10 mortos e três feridos, que estão no Hospital São Lourenço Jorge. Entre os atletas que estavam no CT no momento do incêndio estava o piauiense Samuel Barbosa, 16 anos, que escapou ileso.

O pai de Samuel, Washington Barbosa, fala que a manhã foi de desespero e que mesmo ciente do filho está bem o desespero dos outros país é doloroso. “Foi muito difícil acordar pela manhã com uma ligação dizendo que onde seu filho estava, estava pegando fogo. É complicado para mim, mas eu fui ao CT e ele está bem, mas mesmo sabendo que ele está bem é um momento muito complicado. Por aqui muito choro, sofrimento, tudo muito complicado”, lamentou.


Washington Barbosa com o filho, Samuel - Foto: Reprodução/Facebook

Samuel atua nas categorias de base do clube desde 11 anos e mora no Rio de Janeiro desde 14 anos. O garoto que compõe o time Sub16 é o atual artilheiro do time. Além dele, outro piauiense integra a categoria de base do clube carioca, o garoto Caio, 13 anos, mas ele não estava nos alojamentos, pois somente os garotos de 14 à 17 anos podem ficar sem acompanhamento dos país ou responsáveis.

De acordo com informações do Corpo de Bombeiros o motivo inicial do incêndio seria devido ao ar-condicionado que pegou fogo e gerou um curto circuito. Por conta, do horário, a maioria dos jogadores estavam dormindo e isso contribuiu na tragédia. 

Por: Pâmella Maranhão

Deixe seu comentário