• Campanha da Santa Missa
  • Vencer 03
  • Vencer 02
  • Vencer 01
  • Prerrogativas da advogacia
  • Peregrinos da fé
  • Novo app Jornal O Dia
Da Arquibancada

Clubes piauienses decidem parar atividades; Parnahyba é exceção

Dos oito times que disputam o Estadual, sete deles paralisaram suas atividades.

18/03/2020 15:25h

A suspensão do Campeonato Piauiense obriga os diretores dos clubes que estão disputando a competição a se movimentar em torno de liberação ou não do elenco, pois a paralisação é por tempo indeterminado. Mas essas mudanças inesperadas na temporada devem gerar custos e muitas mudanças no planejamento dos oito times que disputam o Piauiense.

Batista Filho presidente PHB [FOTO; Elias Fontenele/ODIA]

Entre as equipes que já bateram o martelo quanto à suspensão das atividades estão; River, Altos, 4 de Julho, Picos, Timon, Piauí Esporte Clube e Flamengo do Piauí. A exceção dentro da situação toda é a equipe do Parnahyba, que através do presidente Batista Filho afirmou que seguirá suas atividades normalmente.

‘Os custos para liberar todos esses atletas é muito alto, então vamos manter os treinos normalmente pelo menos nos próximos 15 dias. Além disso, não sabemos quando podem retornar as atividades, os jogos e para trazer novamente todo esse elenco? Dá muito trabalho e muito custo’, explicou o presidente Batista Filho.

Porém o time do Litoral está contramão de todos os outros times do estado. O River optou por paralisar as atividades por tempo indeterminado, mas aconselhando aos atletas a não sair do estado. Inclusive realizou reunião na tarde de quarta-feira, 18, e não concedeu entrevista como forma de diminuir contato com imprensa e evitar aglomeração. Mesma indicação que deu o Altos aos jogadores, os dois times, assim como a maioria dos clubes do estado tem elenco com muitas peças de outros lugares do Brasil.

O Campeonato Piauiense foi suspenso na última quarta-feira, 17, e por tempo indeterminado. Assim como todos os estaduais da região Nordeste.  

Por: Pâmella Maranhão - Jornal ODia

Deixe seu comentário