Da Arquibancada

Após lesão e sete meses parado, Naylson revela: "œ4 de Julho não ajudou"

Naylson sofreu uma lesão na tíbia no começo do ano durante a disputa do Campeonato Piauiense vestindo a camisa do 4 de Julho

29/08/2018 12:53h - Atualizado em 29/08/2018 13:39h

Compartilhar no

Naylson se machucou no dia 17 de fevereiro na disputa do Campeonato Piauiense (FOTO: Josiel Martins/Globoesportepi)

O goleiro Naylson ainda está em recuperação da lesão que sofreu no começo do ano quando vestia a camisa do 4 e Julho, de Piripiri, na disputa do Campeonato Piauiense. O Camisa 1 sofreu uma lesão na tíbia e precisou passar por cirurgia. A lesão aconteceu no dia 17 de fevereiro e desde então são quase sete meses fora dos gramados, em tratamento e priorizando as fisioterapias para poder voltar a campo na temporada 2019. 

Contratado para ser uma das peças chaves no elenco do 4 de Julho, o goleiro lamenta não ter ajudado tanto em campo. “A temporada em si não foi muito boa, pois com a lesão perdi a oportunidade de disputar o Estadual e também um Brasileiro Série D pelo 4 de Julho. Quando nossa equipe estava engrenando sofri a lesão e meu apoio era apenas nos vestiários, não podia estar em campo e isso é ruim para qualquer jogador”, conta Naylson.

Naylson está a sete meses fora dos gramados (FOTO: Jailson Soares)

Naylosn vestiu por poucas partidas a camisa do Colorado, pois a lesão aconteceu no início do Campeonato Piauiense. Ele relata, que não teve apoio por parte da diretoria do 4 de Julho ao longo de sua recuperação. “Minha recuperação está indo muito bem, mas graças a minha força de vontade e a Deus que vem me abençoando, pois o 4 de Julho não se manifestou muito durante minha recuperação”.

O Camisa 1 é ídolo no estado, pois foi um dos protagonistas da histórica campanha do River em 2015, quando o time sob o comando de Flávio Araújo foi vice-campeão da Série D e conquistou o acesso até a Série C do Brasileiro.

“Minha contratação foi diretamente com o Valdenor Brito e ele prometeu muitas coisas, mas não cumpriu nada. Eu cheguei a mandar muitas mensagens para ele e fui ignorado, durante a lesão os diretores praticamente sumiram totalmente. Quando fui fazer meu acerto para ir embora do clube ele chegou a dizer que não fazia sequer mais parte da diretoria. Pessoas como essa só prejudicam o futebol do Piauí”, frisou Naylson.

Em visita a amigos em Teresina, o Camisa 1 afirmou que já começa a pensar na temporada 2019. “Agradeço a cidade em geral, aos amigos que conheci lá e agora é pensar em uma nova etapa. Hoje estou bem e com alguns convites de equipes para disputar a Série C do ano que vem”, acrescentou.

Naylson é natural de Manaus, mas no Piauí vestiu a camisa do River por duas temporadas (2015/2016). Depois disso, chegou a defender o Parnahyba e recentemente o 4 de Julho. 



-------------------------------------------------------------

Naylson fez historia com a camisa do Galo (FOTO: Érica Paz)

---------------------------------------------------------------------------------

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no
Edição: Pâmella Maranhão - Jornal O Dia

Deixe seu comentário


Notícias Relacionadas