• Piauí Férias de Norte a Sul
  • SOS Unimed
  • Ecotur 2019
  • Novo app Jornal O Dia

Notícias Da Arquibancada

02 de janeiro de 2019

Suprindo saídas, Altos contrata atacante Marcinho oriundo do futebol mineiro

Marcinho estava no Democrátas de Sete Lagoas (MG). O atacante já chegou a cidade de Altos e participou do primeiro treino hoje (4)

Atacante Marcinho (FOTO: Reprodução)

Os últimos dias foram movimentados na equipe do Altos. Com direito a amistosos no Ceará e também desligamentos na equipe. Por conta disso, a diretoria do clube buscou alternativas no mercado e o nome do atacante Marcinho, que estava no futebol mineiro foi anunciado. A intenção é preencher algumas saídas, já que Carlos Magno foi dispensado e o atacante Américo recebeu uma proposta para disputar a 1ª divisão do Goiano.

"Ele passou dois anos no exterior. É um atacante alto, que joga pelos lados. Voltou do exterior esse ano e jogou na equipe do Democratas de Sete Lagoas, de Minas. Ele foi bem indicado, referenciado e espero que possa nós ajudar", disse Warton Lacerda. 

O atacante joga pelos lados e vem para ser companheiro ou substituto de Manoel, que atualmente é único no elenco que faz essa função. Porte físico forte e com 1m80cm de altura. Antes de chegar ao Jacaré, Marcinho passou por Nacional (AM), Cruzeiro e Vila Nova (MG).

Marcinho participou do 1ª treino (FOTO: Luís Junior)

A próxima contratação deve ser para a defesa do Jacaré, que é uma das preocupações do técnico Leandro Campos, pois o time não pode contar com o zagueiro Leone, cumpre punição de três jogos pela CBF. Além de Leone, Walter, Caíque e Ramon Baiano também são opções para técnico mineiro.

O Jacaré retornou as atividades nesta quarta-feira (2) após jogos realizados no Ceará. O primeiro deles contra o Atlético (derrota por 3x0) e também contra o Horizonte (0x0) ambos times que irão disputar o Campeonato Cearense a partir do dia 6 de janeiro, e nesta quarta-feira (2) retornou aos treinos.

O Altos se prepara para estreia na Copa do Nordeste que acontece no dia 16 de janeiro, contra o Moto Club (MA), em São Luís. No Campeonato Piauiense a estreia será no dia 20, diante o 4 de Julho. 

14 de dezembro de 2018

Altos enfrenta Santos e River mede forças com Fluminense pela Copa do Brasil

As equipes piauienses A primeira fase acontece em fevereiro

O sorteio da 1ª fase da Copa do Brasil aconteceu na noite de ontem (13), no Rio de Janeiro. A equipe do Altos e o River serão os representantes do estado na competição nacional, e nenhum deles terá vida fácil na competição. O Jacaré recebe o Santos (SP) em casa e a equipe do River enfrenta o Fluminense (RJ). A competição terá início no dia 6 de fevereiro, com as finais sendo disputadas nos dias 4 e 11 de setembro.

(FOTO: Felippe Costa)

O atacante Manoel não nega que será um desafio complicado, e espera contar com a torcida. “Se o jogo realmente acontecer aqui (Altos) nossas chances aumentam, sabemos que é uma partida complicada e com um grande clube, mas não podemos entrar achando que não dá. Futebol é futebol”, destacou.

A primeira fase da competição mantem os moldes de 2018. O time pior ranqueado tem o mando de campo e divide a renda com o adversário. A segunda fase continua também sendo em jogo único, com os mandos definidos no sorteio desta noite. Nessa etapa, empate leva a decisão para os pênaltis.

Em 2018, O Altos passou pelo Atlético Goianense (2 a 1) e na segunda fase foi eliminado pelo Bragantino (1 a 0). O Jacaré participou da competição nacional também em 2017 quando venceu o CRB (AL) e depois foi eliminado pelo Criciúma (SC), nas penalidades.

A Copa do Brasil é uma competição que além da visibilidade e de ser uma das mais importantes do calendário nacional atraí as equipes pelas cotas distribuídas antes do torneio e por avanços de fase. Caso Altos ou River consigam esse feito irão garantir nos cofres quase R$ 400 mil reais. 

13 de dezembro de 2018

Sarah Menezes vence seletiva olímpica e se mantem na Seleção de judô

A final da categoria ligeiro (-48kg) foi contra Nathalia Brígida. A piauiense venceu sem dificuldades, aos 43s de luta por ippon

Sarah Menezes vence seletiva (FOTO: Jailson Soares)

A judoca Sarah Menezes disputou a Seletiva Olímpica para se manter na seleção brasileira nesta quinta-feira (13) a competição aconteceu no Centro Pan-Americano, em Lauro de Freitas, na Bahia. Na final da categoria ligeiro (-48kg) a piauiense enfrentou Nathalia Brígida, e derrotou a atleta sem dificuldades, aos 43s de luta por Ippon. Com o resultado, Sarah se mantem como titular na seleção.

Antes da final, Sarah Menezes fez duas lutas. Na primeira rodada a piauiense venceu Ana Paula Nobre, de Santa Catarina. Na sequência, Sarah lutou e com a atleta Gabriela Chibana, do Esporte Clube Pinheiros.

O ano de Sarah Menezes foi complicado. Em 2017, ela decidiu subir de categoria e passou o ano na meio-leve (-52kg), insatisfeita com seus resultados optou por retornar as disputas na categoria que a sagrou campeã olímpica em Londres – 12, mas retornou precisando brigar por titularidade na seleção contra a própria Nathalia Brígida e encontrou novas atletas no certame nacional e internacional. Antes poupada da seletiva por sua condição de campeã olímpica, ou sua posição no ranking mundial, a judoca não contou com resultados suficientes para ser dispensada do torneio esse ano.

Dentro do novo critério da CBJ (Confederação Brasileira de Judô) apenas o primeiro colocado do ranking em cada categoria se classifica de forma direta. Sarah encerrou o ano com 1.224 pontos e 3ª lugar no ranking nacional e apenas 34ª do mundo - consequência também da cirurgia que a judoca fez no cotovelo no começo do ano a deixou fora de algumas competições somado aos resultados poucos expressivos nos torneios que participou.

Em 2019, Sarah entra no último ano do ciclo olímpico até Tóquio 2020, nas olímpiadas que devem ser a última na carreira da judoca piauiense. 

12 de dezembro de 2018

Lesão na lombar deixa Stanley Torres fora de seletiva nacional de judô

O judoca abriu mão de disputar a Seletiva Nacional de Judô que acontece hoje (12) e amanhã (13) em Lauro de Freitas (BA)

Stanley Torres não vai disputar a seletiva nacional (FOTO: Jailson Soares)

O judoca Stanley Torres não vai disputar a seletiva nacional de judô, que acontece hoje (12) amanhã (13), no Centro-Pan Americano, em Lauro de Freitas, na Bahia. O piauiense representante da categoria meio leve (-73kg) se preparava de forma intensa para o torneio nacional, que garante ao campeão de cada categoria vaga na Seleção de judô em 2019, mas por conta de uma lesão na lombar decidiu não participar. 

O técnico do judoca, Queiroz Filho, conta que as dores já vinham incomodando a bastante tempo. "Essa lesão é antiga no Stanley e essas últimas semanas com a perca de peso para poder lutar ele sentiu mais. Tivemos uma conversa e decidimos em comum acordo com ele e Fabieldo (técnico) achamos melhor ele não ir machucado", explica. 

O ano de 2018 não foi dos melhores para Stanley Torres. O judoca disputou poucas competições e não teve resultados expressivos nacionalmente. Agora, o atleta começa a planejar o ano de 2019, e confirmou a mudança de categoria. "Ano que vem vou subir de categoria, irei competir na 81kg. Seguir treinando o judô paralelo a minha profissão, vamos ver no que dá", disse.

Em 2019, o judoca irá competir na categoria até 81kg (FOTO: Jailson Soares)

120 atletas lutarão a terceira e última etapa da Seletiva Olímpica - Projeto Tóquio 2020.Tiveram direito de lutar a Seletiva aqueles judocas que terminaram o ano nas posições de 2º ao 9º lugar no Ranking Nacional da CBJ em cada categoria de peso olímpica (Ligeiro ao Pesado). Classificaram-se diretamente para a seleção os judocas que lideraram o Ranking Nacional e os atletas da seleção 2018 que se mantiveram entre os 18 melhores do Ranking da FIJ após o Grand Slam de Osaka.

Com a desistência de Stanley Torres o Piauí terá somente a judoca Sarah Menezes (-48kg) como representante na seletiva. 

11 de dezembro de 2018

Ex-River, treinos no Jockey e time ‘cascudo’: o Piauí de 2019

A equipe promete um time experiente diferente dos últimos anos. A pré-temporada será no Jockey devido reformas no CT.

Lucas Andrade irá comandar o Piauí (FOTO: Elias Fontenele)

O Piauí aos poucos vai quebrando o sigilo quando a montagem do seu elenco. O time busca uma formação diferente em relação aos últimos anos com nomes mais experientes. A diretoria também está realizando reformas no CT e por isso a pré-temporada será no Novo Jockey Club. A apresentação do elenco está prevista para dia 27 de dezembro e time irá disputar somente o Campeonato Piauiense em 2019.

“A questão de adiantar nomes é uma precaução nossa, pois o Piauí não tem tanto poder aquisitivo como Altos e River que tem folha salarial bem maior. Por isso, estamos preservando um pouco a identidade desses atletas, mas até sexta-feira devemos divulgar lista completa, mas basicamente são atletas que passaram ao longo desses três anos trabalharam comigo e com o Lucas”, explica Marco Antônio.

Marco Antônio (FOTO: Elias Fontenele)

O time do Piauí Esporte Clube (PEC) 2019 aos poucos vai ganhando forma. No começo da semana o Diretor de Futebol, Marco Antônio, confirmou Lucas Andrade como técnico e Marcão (auxiliar) e Tales (supervisor) entre os membros da comissão. Além deles, Lucas Bacelar foi o primeiro anuncio oficial quando a formação do elenco e segundo o diretor os próximos nomes do Enxuga-Rato se mantem nessa linha – atletas conhecidos dele e com passagem pelo River.

Entre os nomes especulados estão Fabiano (atacante), Viola (atacante), Negueba (atacante), e o Amorim (volante) todos esses com passagens pelo elenco profissional do River em 2017, e Fabiano também chegou a vestir a camisa do Piauí em anos anteriores. Além deles, o meia Davyson que disputou a Copa Piauí Sub21 em 2017 pelo River estão entre os preteridos pelo Enxuga-Rato.

Após alguns anos apostando em elencos jovens e caseiros, o Piauí sob a gestão de Marco Antônio se mostra mais ousado e vai brigar para sair do jejum de 34 anos sem conquistar títulos. “O Piauí desde 2005 para cá teve chances reais de chegar ao titulo e por detalhes a coisa não aconteceu. É uma responsabilidade grande, não é fácil você acumular tantos anos sem conquistas, mas esperamos que 2019 seja nosso momento”, acrescentou Marco Antônio.

O Campeonato Piauiense tem inicio no dia 20 de janeiro, mas o Piauí faz sua estreia no dia 23 quando enfrenta o Flamengo. A apresentação acontece no dia 27 de dezembro no Novo Jockey Clube, pois o CT na Usina Santana segue em reformas. 

10 de dezembro de 2018

Piauí acerta com técnico Lucas Andrade e atacante Bacelar para 2019

O time confirmou o nome do atacante Lucas Bacelar, 23 anos, filho do maior ídolo do estado - Sima e também do técnico Ex-River Lucas Andrade

Lucas Andrade ex-River vai comandar Piauí 2019 (FOTO: Elias Fontenele)

O Piauí Esporte Clube opta pela discrição quando o assunto é a formação do elenco que vai disputar o Campeonato Piauiense 2019, mas aos poucos a lista de nomes vão surgindo. Na segunda-feira (10) o time confirmou o nome do atacante Lucas Bacelar, 23 anos, filho do maior ídolo do estado – o atacante Sima. Além dele, o nome do técnico Lucas Andrade é o preterido para assumir o comando do Enxuga-Rato.

Lucas Andrade não estava trabalhando como técnico nos últimos meses, mas foi Supervisor de Futebol do CRAC, de Goiás, a equipe foi campeã da Segunda Divisão. O Diretor de Futebol do Piauí, Marco Antônio cita que o time está muito próximo de fechar com o treinador. “Ele tem um trabalho em campo excepcional, tem uma dinâmica muito boa de grupo e com os jogadores, além de trabalhar bem com a base que é o foco do Piauí”, disse.

Somado a isso, tem o fato de que Lucas Andrade já trabalhou com Marco Antônio. O técnico assumiu o River em 2017 como substituto de Celso Teixeira e na época Marco Antônio era Gerente de Futebol do Galo. Mas a história de Lucas Andrade com o River iniciou em 2014, quando integrou a comissão de Evair e chegou a assumir o comando do elenco após a saída precoce do técnico.

Lucas Bacelar vai vestir a camisa do Piauí (FOTO: Divulgação)

O fato de Marco Antônio está a frente das negociações no Enxuga-Rato vem abrindo portas. O nome de Lucas Bacelar foi confirmado pela diretoria. O atacante estava na Moto Club (MA), time campeão Maranhense 2018. Bacelar, teve o River como base e chegou a ter maior espaço no elenco Tricolor em 2015, ano do acesso até a Série C, porém a saída de Lucas se deu de forma traumática devido a cobrança na justiça por salários atrasados.

Apesar de todo o mistério em torno dos nomes o Diretor de Futebol afirma que a intenção é montar um elenco mais experiente. “Temos que fazer uma equipe que possa fazer frente aos adversários”, declarou Marco Antônio.

Todos os atletas e comissão técnica que assumirem o Piauí terão pela frente a dura missão de tirar a equipe do jejum de títulos que chega aos 34 anos. Outro nome confirmado no elenco do Enxuga-Rato é do lateral Jorginho. Em 2018, o Piauí chegou até as semifinais do Estadual quando foi eliminado pelo River. 

Altos deve contratar quarto ex-River e busca volante Humberto

Humberto vestiu a camisa do River em 2017 e esse ano disputou a Série C do Brasileiro pelo Botafogo-PB.

Volante Humberto deve assinar com Altos (FOTO: Ascom River)

A equipe do Altos está muito perto de fechar a contratação do volante Humberto, 29 anos. O jogador é conhecido no futebol piauiense, pois vestiu a camisa do River em 2017, na época disputou o Piauiense e foi vice-campeão perdendo para o Altos e também a Série D. Esse ano estava no Botafogo, da Paraíba e disputou a Série C do Campeonato Brasileiro.

De acordo com o presidente Warton Lacerda, a negociação está bem avançada e o nome do jogador deve ser anunciado nos próximos dias. “É só uma questão de detalhes na negociação”, disse o mandatário do Altos.

Humberto joga de primeiro volante, mas faz à vez de segundo volante e até mesmo de meio-campo quando necessário. O jogador experiente tem passagens pelo River, Botafogo (PB) e antes disso alguns clubes de Goiás como Anapolina e Vila Nova.

Humberto volante (FOTO: Ascom River)

Com o nome de Humberto, o Jacaré chegará ao quatro ex-River no elenco. O Alviverde já tem no grupo o lateral Wesley, o meia Junior Paraíba e também o zagueiro Caíque, todos eles vestiram a camisa do Galo Carijó na temporada 2017.

O Altos segue em treinos intensos visando de inicio a estreia na Copa do Nordeste, que acontece no dia 16 de janeiro, contra o Moto Club-MA. No Campeonato Piauiense, o Jacaré faz sua estreia no dia 20, quando recebe o 4 de Julho no estádio Felipão, em Altos. 

04 de dezembro de 2018

Com status de maestro, Ancelmo Holanda minimiza peso; “Acostumado ”

O meio campo chega com o cargo de ser um dos destaques da equipe do Altos na temporada e dono da camisa 10.

Ancelmo Holanda meia (FOTO: Jailson Soares)

Essa é a primeira semana de trabalho do Altos. A equipe se apresentou as atividades na segunda-feira (3). O clube é o único do estado que tem vaga em todas as competições nacionais e vai disputar a Copa do Brasil, Copa do Nordeste, Série D do Brasileiro além de brigar pelo tricampeonato Piauiense. O elenco mescla entre nomes da casa e novidades. O Jacaré faz sua estreia oficial no dia 16 de janeiro, quando encara o Moto Club -MA, em São Luís.

“Cheguei e já passou aquela ansiedade de conhecer os companheiros, os novos colegas de grupo, conhecer a cidade. Agora é trabalhar, buscar fazer uma boa pré-temporada e esperar pelo grande momento que é a hora do jogo, estar bem preparado e dar nosso melhor”, conta Ancelmo Junior.


(Você conhece o elenco do Altos 2019 ? materia: Pâmella Maranhão)

O setor de criação é um dos que mais mudou e tem nomes como Junior Paraíba, uma novidade e Éder Guerreiro e Carlos Magno que fizeram parte do elenco esse ano, mas foram pouco utilizados por conta de lesões. Mas a principal aposta é Ancelmo Junior, meia com passagem por clubes do futebol do Acre e Internacional.

Sem nomes como Esquerdinha e Roger Gaúcho no elenco, Ancelmo chega com responsabilidades maiores, até mesmo de preencher o cargo de ‘xodó’ da torcida. “Responsabilidade a gente é acostumado, com responsabilidade e a pressão que existe dentro do futebol. Eu espero conseguir mostrar meu futebol e abrir espaço por esse lado do Nordeste”, declarou o meia.

A primeira semana de trabalho do Jacaré é voltada principalmente para a avaliação física do elenco. Saber como esses jogadores chegam para temporada 2019. O Altos faz sua estreia na Copa do Nordeste dia 16 de janeiro quando visita o Moto Club. No Piauiense, a estreia será no dia 20 de janeiro contra o 4 de Julho. 

28 de novembro de 2018

Altos se apresenta na segunda (3) e planeja pré-temporada fora do estado

A equipe do Altos será a primeira a se apresentar visando a temporada 2019. Com 21 nomes confirmados.

Altos se apresenta próxima segunda (3) (FOTO: Assis Fernandes)

A equipe do Altos será a primeira a se apresentar visando a temporada 2019. Com 21 nomes confirmados até agora, o time se apresenta na próxima segunda-feira (3), na Biblioteca Central, de Altos. O Jacaré é o atual bicampeão piauiense e irá disputar Copa do Nordeste, Copa do Brasil e Série D do Brasileiro além do Estadual. Junto a apresentação do elenco o time também lança a marca Jacaré.

De acordo com o presidente Warton Lacerda, mas quatro nomes devem anunciados nos próximos dias fechando a lista de reforços da temporada pelo menos por enquanto. “Como tivemos algumas baixas, precisamos repor um atacante de velocidade, um volante e teremos pelo menos mais um goleiro, da região ainda anunciados”, conta.

O presidente ainda reforçou a possibilidade do elenco passar de 15 a 20 dias no Ceará ou em Tocantins realizando jogos amistosos. Em 2018, o Jacaré ficou um período menor no Ceará quando fez jogos amistosos com times da região.

O Altos manteve uma parte da espinha dorsal da temporada 2018 e dos 21 nomes contratados oito são atletas que vestiram a camisa do clube nos últimos anos. Os outros 13 são conhecidos por passagens em outros clubes do estado ou por experiencia em equipes nordestinas.

O técnico do Jacaré será Leandro Campos, conhecido como ‘Felipão do Nordeste’ essa é a primeira experiencia dele no futebol do Piauí, apesar de ter trabalhos na região nordeste. O primeiro compromisso do Altos em 2019, será pela Copa do Nordeste, no dia 16 de janeiro quando enfrenta o Moto Club (MA). No Piauiense o time estreia no dia 20 de janeiro. Recebe o 4 de Julho, às 15h45min, no Felipão, em Altos. 

27 de novembro de 2018

Lindolfo recebe vistoria de segurança; estádio deve ser reaberto em 2019

O estádio deve ser reaberto para jogos da temporada 2019, mas ainda precisa cumprir uma serie de exigências do Ministério.

Lindolfo passou por nova vistoria (FOTO: Assis Fernandes)

O estádio Lindolfo Monteiro recebeu na manhã dessa terça-feira (27) a visita de membros da Semel (Secretária de Esporte e Lazer), Polícia Militar, Ministério Público e Federação de Futebol do Piauí. O objetivo foi fiscalizar a parte de segurança do estádio e checar se as pequenas intervenções exigidas há alguns meses foram cumpridas.

O Lindolfo Monteiro está fechado para reformas desde janeiro desse ano e a prioridade era a melhoria da iluminação, reparos das cabines destinadas a imprensa e também a reforma completa do gramado. “Essa parte falta somente o gramado, que foi onde tivemos problemas por conta de um fungo que se proliferou”, explica Ribamar Oliveira administrador do estádio.

Em conversa previa, o Ministério Público fez novas exigências e estas estão sendo negociadas entre dirigentes, representantes da FFP e promotoria. Entre as exigências o aumento do muro em torno do estádio e instalação de catracas eletrônicas. “As catracas eletrônicas não são necessárias em um estádio do tamanho do Lindolfo, a obrigação é em palcos com capacidade para 10 mil pessoas. Já essa parte do muro já tem uma grade que vai ser instalada e resolverá o problema por enquanto”, conta Robert Brown.

Gramado ainda passa por ajustes (FOTO: Assis Fernandes)

A grade para aumentar o muro será uma medida paliativa até sair a licitação para construção. A intenção é que o Lindolfo seja utilizado como palco para as partidas do Campeonato Piauiense 2019 e casa do Altos na disputa da Copa do Nordeste e assim tirar as partidas do Albertão, que está sobrecarregado após sediar todas as competições da temporada 2018.

“O Albertão está sobrecarregado e o Lindolfo seria uma forma de melhorar essa situação. Além disso, o Lindolfo é mais central e acessível ao torcedor e deixa eles (torcedores) mais próximo aos jogadores e até maior conforto mesmo”, acrescenta Robert Brown presidente da FFP.

O Campeonato Piauiense 2019 tem início no dia 20 de janeiro. O laudo de segurança do estádio Lindolfo Monteiro confirmando a liberação ou não do estádio sai até a próxima semana. 





Enquete

Você já foi vítima de assédio sexual no transporte coletivo no Piauí?

ver resultado