• Premium Outlet
  • Salve Maria
  • Jovens escritores 2019
  • Banner paraíba
  • AZ no rádio
  • cachoeir piaui
  • Novo app Jornal O Dia
  • TV O DIA att
  • TV O Dia - fullbanner

Notícias Da Arquibancada

08 de março de 2019

Buscando se consolidar no G-4 o Altos enfrenta Flamengo no Piauiense

O Jacaré ocupa o 3ª lugar na tabela e o Flamengo a 5ª posição. O jogo será às 18h, no Lindolfo Monteiro.

Maurílio Silva (FOTO: Elias Fontenele)

Altos e Flamengo se enfrentam neste sábado (9), às 18h, no estádio Lindolfo Monteiro. A partida é valida pela 9ª rodada do Campeonato Piauiense. O Altos busca se consolidar na briga pela ponta da tabela e chegar a sua terceira vitória consecutiva para assim se aproximar de River e 4 de Julho. Do outro lado, o Flamengo que ocupa o quinto lugar na tabela, com sete pontos e vem de uma sequencia de derrotas.

Para o Flamengo a partida é vista como uma decisão, pois caso sofra uma nova derrota fica mais distante de entrar no G-4 e vai depender de outros resultados. “Nós precisamos colocar na cabeça que toda bola dividida será nossa, que temos que jogar duro, pois nos precisamos do resultado mais do que eles”, disse Paulo Júnior técnico do Fla-PI.

O Altos vem de duas vitórias, ambas em cima do Piauí (3x1/4x2). O maior problema do Jacaré continua sendo o próprio elenco, muito reduzido e o treinador Maurílio Silva ainda sofre com o departamento médico lotado. Para essa partida ainda não conta com o meia Ancelmo, os volantes Sidney e Jorginho também o lateral Ademir. O atacante Manoel voltou a sentir dores no joelho, passa por novos exames e corre risco de passar por cirurgia no menisco, também desfalca o time. A novidade pode ser o retorno do atacante RayGol.

“O principal trabalho na equipe é recuperação, infelizmente não podemos forçar muito ou fazer atividades em excesso, pois a quantidade de jogos na semana está pesando e os atletas estão sentindo”, afirmou Maurílio.

Atualmente o Altos ocupa o terceiro lugar na tabela com 11 pontos. O Flamengo aparece em quinto, com sete. O jogo entre Altos x Flamengo acontece neste sábado (9), às 18h, no Lindolfo. Depois disso, as equipes se enfrentam novamente na quarta-feira (13) em jogo atrasado, valido pela 3ª rodada do Estadual.  

28 de fevereiro de 2019

Técnico do Altos tenta driblar desfalques para jogo contra Bahia

A partida será no sábado (2), às 16h, no Estádio Albertão, válido pela 5ª rodada do Nordestão. O time busca a primeira vitória na competição nordestina

Altos treinou no Albertão nesta quinta (FOTO: Elias Fontenele)

O Altos virou a chave novamente e começa a pensar no jogo contra o Bahia pela Copa do Nordeste. A partida será no sábado (2), às 16h, no Estádio Albertão, válido pela 5ª rodada do Nordestão. O time busca a primeira vitória na competição nordestina, mas para isso o técnico Maurílio Silva precisa superar um time de Série A de Brasileiro e também os muitos desfalques para este jogo.

“Precisamos vencer para poder responder também nessa competição e ter um avanço de pontuação na tabela. O que nós sabemos do Bahia é que vem de uma derrota, jogou com um time misto no Estadual e analisamos a partida toda, pois talvez alguns desses jogadores poderão estar na partida, mas a gente vem analisando também os que estavam jogando de titular na competição”, explicou Maurílio Silva.

Altos tem muitas baixas para o jogo contra o Bahia (FOTO: Elias Fontenele)

Na tarde desta quinta-feira (28) o treino foi no Albertão, palco da partida, onde Maurílio posicionou a equipe e pensou estratégias de jogo. As baixas confirmadas são do zagueiro Ramon Baiano, meia Ancelmo Junior é o atacante RayGol, todos entregues ao departamento médico. O técnico ainda corre o risco de perder zagueiro Leone é o volante Jorginho. 

“Nós sabemos que enquanto houver oportunidade de classificação precisamos acreditar. Temos jogos difíceis pela frente, mas jogando dentro de casa é preciso fazer o máximo para vencer. O professor vai passar nos próximos dias características do time deles e sabemos que é difícil, mas temos chances”, disse Leone.

Por conta das baixas, o treinador testou uma formação na zaga sem os titulares e Renato Santos e Caíque assumem as posições. No meio, Júnior Paraíba volta ao time titular e Humberto função de segundo volante ao lado do Capitão Dos Santos. 

Na Copa do Nordeste o Altos tem apenas dois empates e dois pontos. Em quatro jogos, foram dois empates e duas derrotas e agora o time piauiense tem uma sequência de jogos complicados pela frente com Bahia (em casa), Botafogo-PB (fora), Náutico (fora) e CSA (em casa). O jogo contra o Bahia será no sábado (2), às 16h, no Estádio Albertão, em Teresina. 

26 de fevereiro de 2019

Em 1º treino, Maurílio fala em desafios e sinaliza mudanças no Altos

No Albertão, o técnico comandou a 1ª atividade sob o comando do elenco. O Jacaré entra em campo nesta quarta-feira (27) quando recebe o Piauí, às 15h45min, no Felipão.

Altos treinou no Albertão, sob comando de Maurílio (FOTO: Jailson Soares)

O Altos entra em campo nesta quarta-feira (27) para enfrentar o Piauí, ás 15h45min, no estádio Felipão. As vésperas da partida o time treinou no estádio Albertão, em Teresina e com novidades, pois o técnico Maurílio Silva comandou a primeira atividade e teve também o primeiro contato com seus comandados. O Altos está na quinta posição na tabela, com cinco pontos somados em quatro jogos. O Piauí é o lanterna, quatro pontos, em seis jogos.

Maurilío Silva falou sobre o desafio de fazer o time encontrar o caminho das vitorias e do curto tempo até o jogo de hoje. “É um momento que clube atravessa que não é bom, mas nos temos que entender que isso é passageiro é preciso trabalho, dedicação e empenho para as coisas mudarem. Já fizemos o trabalho voltado para a parte do falar e agora aplicamos um pouco da parte tática em campo para que possa ter alguma coisa da gente, apesar do muito curto tempo, no jogo”, conta.

No Albertão, a novidade foi o atacante Manoel ter treinado, após quase um mês fora por conta de lesão no menisco. O goleiro Andrade aparentemente perdeu vaga no time titular para entrada de Fernando Henrique. No meio, Junior Paraíba volta ao time titular, pois Ancelmo Junior está com estiramento na coxa. Ramon Baiano foi poupado, mas não deve desfalcar o time no jogo.

Técnico Maurílio Silva (FOTO: Jailson Soares)

“A primeira coisa que nós conversamos é que vou trabalhar mais a nível psicológico para elevar a autoestima dos jogadores, pois quando ele perde isso as coisas não começam a acontecer e o atleta fica nervoso e as coisas não andam como deveriam andar”, disse Maurílio Silva.

O Piauí trocou de comando e com Marcão o time conquistou a primeira vitória no Estadual, sob o líder 4 de Julho. E o tecnico do Altos cita esse bom momento do adversário. “É um time que eu observei os jogos dessas outras equipes do campeonato antes da minha chegada e eu sei o momento que eles viviam, mas agora estão motivados”, acrescentou Maurílio.

O jogo entre Altos x Piauí acontece nesta quarta-feira (27), ás 15h45min, no estádio Felipão, em Altos. 

25 de fevereiro de 2019

Maurílio Silva assume Altos nesta terça e fala em ‘acender’ o time

O técnico Maurílio Silva chega para substituir Leandro Campos, demitido, após a derrota para o River no domingo (24). Maurílio estava no Nacional (PB)

Maurílio Silva treinador do Altos (FOTO: Divulgação)

O técnico Leandro Campos não resistiu à derrota diante o River e ainda na madrugada de domingo (24) foi desligado do comando do Altos. De imediato a diretoria anunciou o nome de Maurílio Silva, de 49 anos, que estava no Nacional, da Paraíba. O novo comandante se apresenta ao elenco nesta terça-feira (26) e já tem o primeiro compromisso na quarta-feira (27) quando o Jacaré recebe o Piauí, às 15h45min, no Felipão. O jogo valido pelo Campeonato Piauiense.

“Eu já tinha conversado com ele (Warton) ano passado, mas acabou não se concretizando e dessa vez chegamos a essas situações e agora vamos assumir a equipe e fazer um grande trabalho. Tenho analisado muitos jogos, inclusive esse jogo contra o River e deu para notar que o grupo é qualificado e com bons valores. É preciso acender o elenco”, disse Maurílio.

Maurílio fala em acender elenco (FOTO: Divulgação)

Maurílio tem passagens pelo Rio Branco (PR), Ferroviário (CE), Asa, Uniclinic (CE) e o Treze. O treinador natural de Brasília tem quase dez anos de carreira e algumas conquistas importantes na região Nordestina, mas é a primeira passagem pelo estado do Piauí.

O treinador assume que conhece poucos jogadores do Altos, mas conhece a historia recente do atual bicampeão piauiense. “Conheço muitos jogadores que passaram pelo clube e tiveram momentos felizes. O Altos é o último campeão do estado, está em uma Copa do Nordeste eu estou acompanhando tabela, mas a possibilidade existe. É apenas um momento ruim”, explicou Maurílio Silva.

Leandro Campos encerra sua passagem no Altos, após nove jogos. Foram quatro derrotas, uma vitória e quatro empates. Juntando pré-temporada até a saída foram quase quatro meses de trabalho. Maurílio Silva comanda o primeiro treino na manhã de terça-feira (26) e tem jogo na quarta-feira (27) pelo Campeonato Piauiense contra o Piauí.

Carreira como treinador

Maurílio Silva, ex-atacante, começou sua carreira em 1988 e atuou dentro das quatro linhas até 2009. Passou por grandes clubes do país como Palmeiras, Grêmio, Juventude e Santa Cruz e também vestiu a camisa de  clubes de fora do país. Como treinador foi campeão da Série A-2 Pernambucano, com o Vitória de Santo Antão e acesso à elite em 2013, vice-campeão cearense com o Uniclinic e vaga a Série D do Brasileiro de 2016, Copa do Brasil e Copa do Nordeste de 2017, no Asa de Arapiraca chegou as semifinais do estadual e terceira fase da Copa do Brasil, além da vaga para temporada 2018.

22 de fevereiro de 2019

Manoel vai a campo para treino de força e acelera recuperação

Manoel vai a campo para treino de força e acelera recuperação

O atacante do Altos realizou atividade leve em campo, trote á beira do gramado e exercícios de força. A previsão é de retornar em até três semanas.

Manoel realizou atividade leve em campo, mas separado do grupo (FOTO: Elias Fontenele)

O atacante Manoel segue se recuperando de lesão no menisco. A previsão de retorno em até três semanas fica cada vez mais próxima de ser cumprido baseado na resposta do jogador aos tratamentos fisioterapêuticos e medicamentos. Na tarde de ontem (21) o jogador esteve em campo e realizou atividades leves – corrida à beira do gramado e exercícios de força com o preparador físico Vanvan. 



Veja mais

Manoel desiste de cirurgia, opta por fisioterapia e deve voltar em 40 dias 

Com lesão, Manoel passará por cirurgia e fica fora do Altos por três meses 


“Estou correspondendo bem aos tratamentos. O esforço diário está grande para poder retornar logo e poder ajudar meus companheiros. Ainda estou sentindo dores, mas infelizmente é normal, são dores musculares e faz parte do processo de recuperação”, contou Manoel. 

Manoel sofreu duas lesões no dia 27 de janeiro. Partida entre Altos x ABC (RN) pela Copa do Nordeste. No dia, o jogador saiu de campo mancando e depois de exames descobriu uma ruptura parcial no ligamento cruzado posterior e uma lesão no menisco medial, o menisco é uma espécie de amortecedor do joelho. A lesão do atacante é conhecida popularmente como alça de balde.

De inicio, seria necessário a intervenção cirúrgica, mas após alguns exames e conversas com médicos o jogador optou pelo tratamento convencional.

Manoel vem seguindo uma rotina regrada com fisioterapia pelas manhãs, sob os cuidados do fisioterapeuta Tiago Neri e atividades de força na parte da tarde, na cidade de Altos. Paralelo a isso o uso de medicamentos. Neste sábado (23) o atacante deve realizar a primeira atividade em piso duro e envolvendo bola, mas separado do grupo. 

O Altos entra em campo no domingo (24) quando encara o River, às 15h45min, no estádio Felipão, em Altos.  

Leandro Campos cita clássico contra River e primeiro jogo diante o torcedor

Altos x River acontece neste domingo (24), às 15h45min, no estádio Felipão. Será o primeiro jogo do Altos literalmente em casa.

Altos se prepara para jogar contra o River (FOTO: Elias Fontenele)

O Altos se reapresentou as atividades na tarde de ontem (21) pensando no clássico contra o River, que acontece no domingo (24), às 15h45min, no Estádio Felipão, na cidade de Altos. O jogo será também o primeiro do Alviverde diante dos seus torcedores na temporada 2019. A reapresentação teve trabalho mais leve para os que atuaram 90 minutos contra o 4 de Julho e a presença do atacante Manoel, que se recupera de lesão no menisco e deve voltar ao elenco em três semanas.

"Nós temos que ressaltar o bom desenvolvimento que o River está passando nesse momento, pois vem de dois bons resultados, temos que respeitar o adversário. É o primeiro jogo que vamos desenvolver dentro de Altos, dentro da nossa casa real. Hoje a gente pode considerar que Altos x River passa a se notificar como um clássico do futebol piauiense e logico que nós temos que procurar nos precaver, nos organizar até pela grandiosidade de jogo", disse o técnico Campos. 

Raphael Freitas tem dois gols marcados (FOTO: Elias Fontenele)

Na quarta-feira (20) o Altos visitou o 4 De Julho e ficou no empate em 1x1. O técnico Leandro Campos optou por uma formação mista e poupou alguns jogadores que vinham em uma carga intensa de jogos, caso do volante Dos Santos, o zagueiro Ramon Baiano, volante Jorginho e os meias Júnior Paraíba e Ancelmo Junior. "Já existia essa necessidade no elenco de poupar atletas e provavelmente esses jogadores retornem ao time titular no domingo, mas esse descanso é fundamental e devo fazer também em outras rodadas", cita Leandro. 

O atacante Raphael Freitas, com dois gols na temporada é um dos nomes mais experientes do elenco. Ele fala sobre o jogo é cita a busca por titularidade. "O professor costuma dizer que ele não tem um time titular. Então ele tirou algumas peças, atletas que vinham com uma sequencia boa de jogos e a gente fica feliz com a oportunidade e espera conquistar a titularidade, apesar de saber que isso vem com o tempo", conta Freitas.

Vencer, somar pontos na tabela e jogar literalmente em casa – a partida contra o River tem temperos a mais aos olhos dos jogadores Alviverdes, e tem dois deles em especial que conhecem bem o peso do clássico entre Altos e River, pois há dois anos atrás vestiam a camisa do adversário.

Manoel fez atividade leve na tarde de ontem (21) (FOTO: Elias Fontenele)

“É mais uma decisão. A gente sabe do momento que o River vinha passando, mas agora vem de duas vitórias e as coisas mudaram lá. Eles tem uma grande equipe e um jogo que durante esses anos vem movimentando”, conta volante Humberto.  O meia Júnior Paraíba, assim como Humberto vestiu a camisa do River em 2017 e sabe do peso da partida. “Um jogo difícil, um jogo importante e bom de se jogar e a gente está precisando crescer na tabela”, acrescentou. 

Para a partida o técnico Leandro Campos deve contar com o retorno do zagueiro Renato Santos. Na tarde de ontem (21) quem realizou a primeira atividade no campo, após algumas semanas foi o atacante Manoel. O jogador se recupera de uma lesão de menisco. O jogo entre Altos x River acontece no domingo (24), às 15h45min, no Estádio Felipão, em Altos. 

20 de fevereiro de 2019

Sem vencer, diretoria do Piauí demite técnico Lucas Andrade

Lucas Andrade se desligou da equipe na manhã de hoje (20). Marcão assume o cargo de forma interina.

Lucas Andrade técnico (FOTO: Elias Fontenele)

O técnico Lucas Andrade não está mais no comando do Piauí Esporte Clube. Passadas seis rodadas da competição Estadual, o treinador encerra sua passagem com cinco derrotas e um empate, apenas um ponto na tabela e a amarga lanterna. O auxiliar técnico Marcão assume o cargo de forma interina. O próximo compromisso do Piauí será no domingo (24) contra o líder 4 de Julho, às 17h, no Lindolfo Monteiro, em Teresina.

“Lucas achou por bem comum deixar o cargo e foi algo em comum acordo. São situações que fazem parte do futebol”, disse o Diretor de Futebol Marco Antônio.

O Piauí faz uma péssima campanha na competição e precisa usar as próximas cinco rodadas para se recuperar e ficar pelo menos no G-4, e assim avançar até as semifinais do Piauiense.

Junto com a saída de Lucas Andrade o diretor de futebol confirmou que o volante Amarildo, que estava em negociação com o clube decidiu não fechar contrato. Em compensação, o atacante Lucas Bacelar, se apresentou na manhã de hoje (20) e já participou dos primeiros treinos. O atleta é filho de Sima, maior artilheiro do futebol piauiense e estava até algumas semanas atrás no Sampaio Corrêa (MA) onde foi pouco utilizado.

“Amarildo decidiu após a noticia de saída do Lucas (técnico) que não viria, o que é uma pena pois seria a maior e principal contratação da equipe, lamentamos, mas acontece”, explica Marco Antonio.

O jogo entre Piauí x 4 de Julho acontece neste domingo (24), às 17h, no Lindolfo Monteiro. 

17 de fevereiro de 2019

Com dois de Eduardo, River vence Parnahyba e assume vice liderança Estadual

River venceu o Parnahyba por 3 a 0, com gols de Eduardo (duas vezes) e Gustavo Henrique. O jogo marcou a estreia de Flávio Araújo no comando.

Eduardo marcou duas vezes (FOTO: Assis Fernandes)

O River não teve dificuldades para passar pelo Parnahyba na tarde de ontem (17) em jogo no estádio Albertão. A vitória por 3x0, teve gols de Eduardo (duas vezes) e Gustavo Henrique. O jogo foi o primeiro do River, sob o comando de Flávio Araújo. Com o resultado, o River assumiu a vice liderança do Piauiense com oito pontos somados. O Parnahyba segue estacionado com os seis pontos e agora terceiro colocado na tabela. 

 O jogo 

No primeiro minuto o River mostrou quem iria dominar e impor ritmo de jogo. Bismarck cruza e Roney erra a cabeçada, mas assusta o goleiro Alberto. Aos 10, Eduardo abre a contagem para o Galo. O atacante aproveita levantamento na área, e empurra a bola para dentro de cabeça. Dois minutos depois o River amplia o placar com Gustavo Henrique acertando chute da entrada da pequena área. 

Flávio Araújo estreou com vitória (FOTO: Assis Fernandes)

O Parnahyba segue acuado e sem nenhum poder ofensivo em campo. Aos 36, Toninho levanta bola na pequena área, mas Biro Biro afasta sem dificuldades. Aos 37, Eduardo marca o terceiro do Galo e seu segundo no jogo, novamente de cabeça, após aproveitar cruzamento de Jonatas. O Tubarão tenta com Nilsinho, mas o jogador cabeceia fraco e para fora. 

Inicio de segundo tempo e os dois times mexem. No River, sai Roney para entrada de Cassiano. No Parnahyba, Tiago Granja da lugar a Albano. Porém os torcedores acompanharam uma segunda etapa sonolenta. O River administrava o placar construído. O Parnahyba sem poder para tentar correr atrás do empate. Aos 16, Vagner assusta ao arriscar um chute de fora da área, mas o Camisa 1 do Galo defende. Aos 19, Mondragon aparece com boa defesa novamente. O time do Litoral tentava chegar com s bolas paradas, mas pecava no ultimo passe. 

River 3 a 0 Parnahyba (FOTO: Assis Fernandes)

O River terá semana cheia par trabalhar. O time volta a campo no domingo (25) quando enfrenta o Altos, às 15h45min, no Felipão. O Parnahyba também só joga próximo domingo, quando recebe o Flamengo, às 17h, no Estádio Pedro Alelaf, em Parnaíba. Ambos os jogos válidos pela 1° rodada do returno. 

14 de fevereiro de 2019

A ‘sombra’ do acesso e busca Estadual: O retorno de Flávio Araújo ao River

Flávio Araújo foi oficialmente apresentado ao River. O técnico comanda o time no domingo (17) quando enfrenta o Parnahyba

Flávio Araújo de volta ao Galo (FOTO: Jailson Soares)

O rei do acesso está de volta ao River. Flávio Araújo se apresentou oficialmente na tarde desta quinta-feira (14). O treinador destacou o momento que o clube vive, com falta de títulos estaduais, de vitórias e a pressão dos torcedores. Flávio conseguiu junto ao Galo o único acesso de divisão na historia do estado do Piauí, em 2015. O time esteve em campo nesta quinta-feira (14) pelo Estadual, mas Flávio apenas assistiu. O treinador comanda o elenco no domingo (17) quando enfrenta o Parnahyba, às 17h, no Albertão.

“Quando eu fiz o acerto com o presidente eu fui para estatística e contra números não há contestação e nossos números não são bons com relação ao Campeonato Estadual. Um ponto conquistado em três jogos e um gol marcado em três jogos o que causa preocupação, mas veja bem, estou assumindo o River hoje no dia 14 de fevereiro e o que a diretoria e torcida espera de mim é daqui para frente. O que aconteceu para traz a gente olha e analisa, mas não pode ser concertado”, disse Flávio.

Após quatro anos, ele volta ao comando do River (FOTO: Jailson Soares)

O nome de Flávio Araújo vem com peso, responsabilidades e o técnico sabe disso, mas além de tudo isso, como forma de tranquilizar o torcedor Riverino que cobra resultados do elenco 2019. “É a pura realidade. A situação de hoje é totalmente diferente de 2015 em que montamos a equipe em novembro e demos sequencia desenvolvendo e aprimorando e agora eu não vou ter, pois o grupo já está montado. Preocupado com as noticias? Sim, mas no futebol nada é fixo e o River pode começar dar volta por cima. Logico que precisamos analisar bem jogador por posição”, explica Flávio.

De acordo com o técnico a possibilidade de contratar existe, mas ele frisou a data de fechamento para contratações no Piauiense, no caso próxima sexta-feira (22) e também o fato de que os melhores nomes do mercado estão empregados. No discurso o treinador citou a necessidade de motivar e fortalezar seus guerreiros, no caso, os jogadores.

“Precisamos fazer com que o time reaja na competição. O que eu quero é colocar o River no cenário nacional novamente, conquistando primeiramente o titulo Estadual e depois o novo acesso. Eu sei desse peso por parte do torcedor e quero conseguir corresponder essa expectativa”, disse Flávio.

Flávio Araújo se reúne com o elenco hoje (15) e conversa com o grupo. No sábado (16) realiza o primeiro trabalho tático e no domingo (17) enfrenta o Parnahyba, ás 17h, no Albertão.

Altos contrata goleiro Fernando Henrique, ex-Atlético-PB

O jogador chegou na tarde de hoje (14) e se integrou ao elenco do Jacaré. O Camisa 1 tem passagens por Atlético (PB), URT e Santa Cruz (PE).

Fernando Henrique (FOTO: Divulgação)

Assim como havia prometido o Altos segue se reforçando em setores específicos. Após a chegada de Ray Gol, o time ganhou hoje (14) mais uma opção defensiva, o goleiro Fernando Henrique, de 34 anos, que estava no Atlético (PB). O atleta já participa do primeiro treino com os novos companheiros na cidade de Campo Maior, local onde o Altos está realizando suas atividades essa semana.

Natural de Blumenau, em Santa Catarina, Fernando Henrique tem passagens pelo Vitória da Conquista (BA), Bahia de Feira, Vilhena, URT, Juventus (SP), Santa Cruz (PE) e Penapolense (SP).

Com a chegada de Fernando, o Altos agora tem quatro opções para o setor – o Camisa 1 Andrade, titular na temporada e Marquinhos e Neto. Segundo o presidente do Jacaré, Warton Lacerda, mais reforços devem se apresentar até o final da semana, provavelmente mais dois atacantes de velocidade.

Essa semana o Altos anunciou três jogadores. O goleiro Fernando Henrique, 34 anos, o atacante Wesley, 22 anos, que estava no Fortaleza e o atacante Ray Gol, 22 anos. Dos três nomes, o único que vai estar a disposição de Leandro Campos é Ray, pois está regularizado e com ritmo de jogo.

Porem junto com a chegada de mais jogadores o mandatário não descarta a possibilidade de algumas dispensas. “Após fechar essas contratações todas vamos sentar e rever isso”, disse Warton.

O Altos tem compromisso no sábado (16) quando encara o Confiança (SE) pela Copa do Nordeste, às 18h30min, no Lindolfo Monteiro, em Teresina. Pelo Estadual, o time entra em campo novamente na quarta-feira (20) quando recebe o River, no estádio Felipão. O jogo será o primeiro do Altos diante sua torcida na temporada 2019. 

Área de anexos

Flávio Araújo chega ao River e acompanha jogos do Piauiense

O técnico do Galo se apresenta oficialmente na tarde de hoje (14), mas esteve no estádio Lindolfo Monteiro na noite de ontem acompanhando a rodada dupla do Estadual.

Flávio Araújo esteve no Lindolfo (FOTO: Elias Fontenele)

Foram 48h de muitas conversas e negociações, mas Flávio Araújo está de volta ao Poleiro do Galo. O técnico foi confirmado pela diretoria na tarde de ontem (13) e se apresenta hoje (14) oficialmente no CT Afrânio Nunes. Flávio chegou ainda ontem a cidade e acompanhou de perto a rodada dupla no estádio Lindolfo Monteiro, em especial a vitória do Altos sobre o Parnahyba por 3x0. O River entra em campo logo mais quando encara o Piauí, às 20h, no Lindolfo. Porem Flávio não comanda a equipe à beira do gramado. A estreia será no domingo (17) contra o Parnahyba, no Albertão.

Flávio tem uma historia com o River, time que levou a Série C do Brasileiro em 2015 e retorna ao comando após quatro anos. Além disso, com o Galo Carijó Flávio também tem dois titulos de campeão piauiense (2014/2015).

O retorno é em um momento ruim para o Galo, que busca a primeira vitória da temporada no Estadual, pois até então acumula dois empates e uma derrota. Após a saída de Canindé e Rodrigo Fonseca, com a chegada de Flávio o time tem o terceiro treinador na temporada.  A má fase também se estende a carreira do treinador, que na segunda-feira (11) foi demitido do Sampaio Corrêa (MA) devido à sequência ruim na Copa do Nordeste e Maranhense.

O primeiro jogo de Flávio Araújo sob o comando do River será domingo (17) quando o time enfrenta o Parnahyba, às 17h, no Lindolfo.  Depois disso, o River tem o atual bicampeão piauiense pela frente, na quarta-feira (20) enfrenta o Altos, no Felipão. 

13 de fevereiro de 2019

Raygol chega ao Altos e fala sobre expectativa de jogar no Nordeste

O atacante estava no Independente Tucuruí (PA) disputando o Campeonato Paraense. O Altos é seu primeiro clube no Nordeste.

Ray chegou hoje ao Altos (FOTO; Poliana)

Na manhã de hoje (13) o primeiro entre três reforços que chegarão ao Altos pousou em solo piauiense. Raimundo Teles Ramos, mais conhecido como Raygol, é atacante, de 22 anos, estava no Independente Tucuruí (PA) foi o primeiro a desembarcar. O atleta jovem tem passagens pelas categorias de base da Ponte Preta (SP) e no futebol paraense onde vestiu a camisa do Tuna Luso e Independente. O Altos é o primeiro clube do Nordeste na carreira do jovem atleta.

“Chego contente, pois é a primeira vez que estou jogando no Nordeste e logo e uma grande equipe. Eu sei do tamanho do Altos e dá responsabilidade que é e vim para ajudar e fazer meu melhor e buscando meu espaço”, disse Raygol.

Ray chega com obrigação de preencher a ausência do atacante Manoel e segundo o presidente do Altos, Warton Lacerda, a velocidade e habilidade do jogador foi o que atraiu. Além disso, o presidente confirma que mais dois nomes devem desembarcar amanhã (14). Outro atacante de beirada e um goleiro.

Warton Lacerda (FOTO: Poliana Oliveira)

“Depois que Manoel se machucou começamos uma busca incessante por jogadores de velocidade. Todo mundo empregado e professor pedindo por atletas com essas características porque a forma como ele joga pedi e conseguimos graças a deus através de amigos um jovem talento paraense. Ray é um jogador de personalidade, habilidade e principalmente velocidade”, conta Warton.

O jogador marcou dois gols em três jogos pelo Independente Tucuruí (PA) na disputa do Paraense desse ano e chegou a ser desejado por Remo e Paysandu. “Sou um jogador forte no mano a mano e bastante veloz. Sei da necessidade do time, mas somos profissionais”, disse.

O outro atacante é Wesley, que estava no Fortaleza durante a disputa da Série B do Brasileiro em 2018. O outro jogador é um goleiro. Ambos devem chegar até sexta-feira (15). O Altos entra em campo hoje (13) para enfrentar o Parnahyba, às 18h, no Lindolfo Monteiro. No sábado (16) o recebe o Confiança (SE) pela Copa do Nordeste. 

12 de fevereiro de 2019

Altos preenche desfalques e contrata atacantes Ray gol e Wesley, ex-Fortaleza

Altos preenche desfalques e contrata atacantes Ray gol e Wesley, ex-Fortaleza

Wesley estava no Fortaleza e Ray gol, 22 anos, disputou o Campeonato Paraense pelo independente de Tucuruí .

Raygol estava no futebol do Pará (FOTO: Divulgação)

Os pedidos de Leandro Campos finalmente foram atendidos. A equipe do Altos contratou duas peças para o setor ofensivo. Os atacantes de velocidade Wesley, ex-Fortaleza e Raygol, que estava no futebol do Norte, no Independente de Tucuruí, do Pará. Os dois jogadores chegam nesta quarta-feira (13) e treinam a primeira vez com o Jacaré. 

Raygol estava no Independente-PA na disputa do Campeonato Paraense e foi titular absoluto do Galo Elétrico nós três jogos e marcou dois gols. Antes disso, o jogador de 22 anos, passou no Tuna Luso (PA) e na base da Ponte Preta (SP). 

Wesley atacante (FOTO: Divulgação)

O atacante Wesley, de 22 anos, se profissionalizou em 2011 e só passou pelas categorias de base do Fortaleza. Ambos os atletas chegam para suprir a ausência de jogadores de velocidade no clube, que hoje vive a dependência de Manoel, entregue ao departamento médico com problema de menisco e deve estar a disposição somente daqui 4 ou 5 semanas. 

Nas últimas partidas o treinador Leandro Campos precisou improvisar meio-campistas na posição. Os dois atletas não estarão a disposição para o jogo desta quarta-feira (13) contra o Parnahyba, mas a diretoria tenta regularizar os nomes a tempo do jogo de sábado (16), às 17h30, pela Copa do Nordeste contra o Confiança (SE). 


Manoel desiste de cirurgia, opta por fisioterapia e deve voltar em 30 dias

Manoel desiste de cirurgia, opta por fisioterapia e deve voltar em 30 dias

O atacante do Altos optou pelo tratamento convencional e iniciou as sessões de fisioterapia na última terça (5).

Manoel se machucou na partida entre Altos x ABC (FOTO: Lucas Almeida/L17)

Após a confirmação da lesão de menisco, no joelho esquerdo, o atacante Manoel ficou com a dura missão de decidir se iria passar por cirurgia ou optar pelo tratamento com medicamentos e sessões de fisioterapia, que tem menor chance de recuperação, mas é possível. Passado alguns dias Manoel decidiu que não vai operar e na última terça-feira (5) iniciou o tratamento. 

Sob a tutela do fisioterapeuta Tiago Neri, o atacante do Altos o tratamento bastante rigoroso. Manoel explica que os primeiros dias serão com medicamentos e na fisioterapia o foco é o fortalecimento da região. “Serão dez dias de inicio. Dependendo de como eu responder a essa fase do tratamento a gente decide se dá sequencia ou não. A tendência é que eu consiga voltar ao time mais rápido”, conta o atacante.


Após exames, foi descoberto que o atleta tem uma lesão no menisco medial e também ruptura parcial do ligamento cruzado posterior. Ambas as lesões aconteceram no jogo entre Altos x ABC (RN), no Lindolfo Monteiro. Partida valida pela 2ª rodada da Copa do Nordeste. Porem a que causa maior incomodo ao atacante é menisco, lesão bastante comum entre os jogadores de futebol.

O que motivou o jogador a não fazer a cirurgia foi o fato de ter conversado com médicos de outros clubes, que o convenceram não passar por mesa cirúrgica. Além disso, o tratamento dando certo retorno aos gramados será mais rápido, pois a cirurgia o deixaria fora dos jogos por pelo menos 60 dias. Com medicação e fisioterapia funcionando Manoel deve retornar em quatro semanas.

Por enquanto, o atleta apenas acompanha, de fora, os próximos compromissos do Jacaré. Na quarta-feira (6) o Altos enfrenta Parnahyba, às 18h, Lindolfo. No sábado (16) o time entra em campo pela Copa do Nordeste, quando encara o Confiança (SE), ás 17h30min, no Lindolfo Monteiro. 

Após sequência de ‘pedreiras’, Leandro Campos fala em Altos evoluído

Após sequência de ‘pedreiras’, Leandro Campos fala em Altos evoluído

“A vitória ainda não veio, mas nas próximas partidas ela vira até pela necessidade de resultados”, frisou o treinador do Jacaré.

Técnico Leandro Campos fala em Altos evoluído (FOTO: Jailson Soares)

O Altos de Leandro Campos vive a ânsia da falta de vitórias na temporada 2019. Foram cinco jogos, distribuídos em três empates e duas derrotas – entre Campeonato Piauiense, Copa do Brasil e Copa do Nordeste. Nesta semana o time tem mais dois jogos pela frente e por consequência duas novas chances de conquistar as esperadas vitórias da temporada. Na quarta-feira (13) encara o Parnahyba, às 18h. No sábado (16), às 17h30, será a vez de medir forças contra o Confiança (SE) pelo Nordestão. Ambos os jogos acontecem no Lindolfo Monteiro.

Algo que muitos não notaram é que talvez a última semana tenha sido uma das mais importantes na vida do clube ‘caçula’ do Piauí. Baseado no nível dos confrontos. No sábado (9) a equipe visitou o Ceará, de Lisca, saiu de campo com uma derrota (2 a 1), mas teve uma atuação equilibrada. Depois da goleada que sofreu pela Copa do Brasil diante o Santos (7 a 1) a intenção era vencer, mas a boa atuação seria uma obrigação aos olhos do comandante Leandro.

“Nosso objetivo por incrível que pareça era assumir a liderança da Copa do Nordeste. Se ganhássemos o jogo contra o Ceará por 1 a 0, 2 a 1 nos erramos o líder. Aí você me pergunta, poxa professor a equipe sofreu uma derrota de 7 a 1, será que não seria ambição demais? Não. Eu acreditava que nós teríamos condições, pois o que aconteceu no jogo do Santos não vai acontecer nunca mais, pois aquilo ali foi um acidente de percurso e nossos jogadores deram uma resposta muito positiva”, explicou Leandro Campos.  

Ceará x Altos pela Copa do Nordeste (FOTO: Luís Junior)

Passado a semana de ‘pedreiras’, o treinador tem dois jogos para buscar se reabilitar no Estadual, em que o time tem apenas um jogo e um ponto. E no final semana busca vencer pela Copa do Nordeste, competição na qual em três jogos somou apenas dois pontos, mas se vencer pode terminar a rodada entre os líderes.

“De qualquer forma temos pegado jogos muito difíceis e essa é a grande verdade e isso logico vai acabar desenvolvendo muito mais a equipe, vai estabilizar mais. Porem eu tenho certeza absoluta que a vitória ainda não veio, mas com certeza nas próximas partidas ela vai ter que chegar até por necessidade que nós temos de resultados” acrescentou Leandro Campos.

Ceará x Altos pela Copa do Nordeste (FOTO: Luís Junior)

O Altos se reapresentou as atividades ontem (11), no estádio Felipão, em Altos e entre as novidades está o retorno do volante Humberto aos treinos com bola. Sidney segue em recuperação, mas deve está à disposição do treinador em poucos dias. A única baixa segue sendo o atacante Manoel, com lesão de meninos no joelho esquerdo, sem previsão de retorno. 

11 de fevereiro de 2019

River demite Rodrigo Fonseca; Nome de Flávio Araújo ganha força

Rodrigo ficou na equipe por apenas quatro dias. O nome de Flávio ganhou força após demissão no Sampaio-MA

Flávio Aráujo (FOTO: Raoni Barbosa)

Durou apenas quatro dias a passagem do técnico Rodrigo Fonseca na equipe Tricolor piauiense. Na tarde dessa segunda-feira (11) a diretoria comunicou o desligamento do treinador, após derrota para o 4 de Julho, em Piripiri por 1 a 0 e principalmente devido as declarações do técnico recém chegado depois da partida. Rodrigo afirmou que o elenco não tem qualidade.

Com isso, o River busca seu terceiro treinador em menos de dois meses de trabalho. Primeiro a demissão de Oliveira Canindé. Rodrigo se apresentou na sexta-feira (8) e comandou o River em apenas um jogo. O nome do treinador Flávio Araújo ganhou força nas ultimas horas, até pela demissão do Sampaio Corrêa na manhã desta segunda-feira (11), mas o técnico negou qualquer contato.

“Ainda não fui procurado, estou resolvendo minha saída do Sampaio Corrêa”, disse Flávio em entrevista ao Jornal ODIA.

Flávio Araújo foi o primeiro nome que o presidente do River Genivaldo Campelo buscou quando começou a formar o elenco 2019, mas por conta de divergências financeiras o contrato do técnico não foi fechado. Flávio vem de uma passagem ruim no Sampaio Corrêa, mas apesar disso, pela história que tem com o time piauiense ele está no mercado dá grande força para um possível retorno. 

Apesar disso, o nome do técnico que conquistou o histórico acesso junto ao Galo Carijo em 2015 é o mais forte para assumir o River nesse momento em que o time tem apenas o Campeonato piauiense neste primeiro semestre, e em nove pontos disputados o time somou apenas dois. Dois empates (Parnahyba/ Flamengo) e uma derrota (4 de Julho). O novo tecnico deve ser anunciado nas próximas horas.

O River entra em campo na quinta-feira (14) quando enfrenta o Piauí, às 20h, no Lindolfo Monteiro. 

09 de fevereiro de 2019

No detalhe, Altos perde para Ceará, mas técnico cita equilíbrio

A partida válida pela Copa do Nordeste terminou 2 a 1 para o Ceará. Com gols de Samuel Xavier e Felipe Baixola. Netinho marcou para o Altos.

Altos perdeu para Ceará (FOTO: Luís Junior)

O Altos volta para casa com mais um derrota na temporada, porem a primeira da Copa do Nordeste. O time do técnico Leandro Campos perdeu para o Ceará por 2x1, gols de Samuel Xavier e Felipe Baixola. Netinho diminui para o Jacaré. Com o resultado, o Altos segue com apenas dois pontos no Nordestão e a companha com dois empates e uma derrota. O próximo compromisso pelo Campeonato Piauiense na quarta-feira (13), às 18h, quando enfrenta o Parnahyba, no Lindolfo Monteiro.

“Nós viemos realmente convicto para realizar um esquema muito seguro da nossa forma de jogo para que pudéssemos tentar um resultado de vitória e estávamos conseguindo, pois até então o Ceará não tinha chutado nenhuma bola a gol até os 46 do primeiro tempo. Infelizmente, a primeira bola que chutaram e foi desviada, acabamos tomando o gol”, narra Leandro.

Segundo o técnico Leandro Campos, o resultado não condiz com o que foi apresentando em campo e que o empate seria mais justo. Porem o técnico voltou a citar que a falta de opções no setor ofensivo e a necessidade de improvisar em alguns setores vem prejudicado em campo. “A nossa transição ofensiva estava muito lenta, mas eu não posso em hipótese alguma reclamar disso com nossos atletas, pois eles estavam jogando fora das suas características”, acrescentou.

O presidente reitera a necessidade de reforços e conta buscar soluções. “Eu falei com quase 20 jogadores nas ultimas semanas, mas todo mundo está empregado e as opções no mercado são atletas parados há muito tempo, sendo que eu não posso errar”, declarou.

Hoje o Altos tem uma dependência do atacante Manoel, que no momento se recupera de uma lesão de menisco e deve seguir fora do elenco por mais um mês. Por isso, Ancelmo Junior, Junior Paraíba e Éder Guerreiro estão fazendo a função, de atacante de beirada, sendo que todos são meias de oficio. Além deles, os volantes Humberto e Sidney estão tratando lesão no joelho e são atualmente no grupo.

Na Copa do Nordeste o próximo compromisso do Altos será contra o Confiança (SE) no dia 16 de fevereiro, em Teresina. Antes disso, o time entra em campo pelo Campeonato Piauiense para enfrentar o Parnahyba na quarta-feira (13), às 18h, no Lindolfo Monteiro. O jogo é válido pela 5ª rodada do Estadual. 

Buscando reabilitação, Altos visita Ceará neste sábado

A equipe do Altos mede forças contra o Ceará, às 16h, no estádio Castelão, em Fortaleza. O jogo é válido pela 3ª rodada da Copa do Nordeste

Altos x Ceará será hoje (9) (FOTO: Jailson Soares)

A equipe do Altos quer esquecer a goleada sofrida na quarta-feira diante o Santos (7x1) e voltar suas atenções para Copa do Nordeste, e isso passa diretamente pelo jogo contra o Ceara, que acontece hoje (9), às 16h, na Arena Castelão. O jogo é valido pela 3° rodada da Copa do Nordeste. O elenco chegou a Fortaleza na sexta-feira (8) por volta das 14h e por conta disso fez apenas uma atividade leve de liberação na praia.

O técnico Leandro Campos não teve muito tempo para mexer na equipe e segundo ele o trabalho foi mais emocional. "Eles precisam entender que vamos ter que nos levantar. Caímos, mas precisamos nós levantar. Alguns vão precisar de mais atenção, outros tem personalidade forte e vão se restabelecer sozinhos", afirmou. 

O grupo do Altos na Copa do Nordeste está bastante equilibrado. Caso uma das equipes saia de campo vitoriosa assume a liderança. O técnico do Altos, Leandro Campos, destaca isso, mas cita também o nível do adversário. 

Altos x Ceará será hoje (9) (FOTO: Jailson Soares)

"Mais um adversário de Série A de Brasileiro e com uma estrutura bem maior que a nossa. Claro que pensamos nessa questão da tabela, mas é um jogo complicado", declarou. 

O Ceará vem de um empate por 1 a 1 diante o Central (PE) na Copa do Brasil. Resultado que classificou o time cearense. O técnico Lisca não descartou a possibilidade de jogar com reservas contra o time piauiense. 

As baixas do Altos são o atacante Manoel e o volante Humberto, que seguem entregues ao departamento medico por conta de lesão no joelho. O caso do atacante é mais grave e ele deve desfalcar o time por 30 dias. A novidade é o retorno do zagueiro Leone, após cumprir suspensão junto a CBF. O Altos tem dois empates no Nordestão, ambos em 1 a 1. Contra Moto Club (MA) e ABC (RN). O jogo entre Ceará x Altos acontece neste sábado (8), às 16h, na Arena Castelao, em Fortaleza. 

Provável escalação: Andrade camisa 1; Ademir, Ramon Baiano e Renato Santos, Thiaguinho; Jorginho, Júnior Paraíba, Dos Santos; Luizão, Ancelmo Júnior e Éder Guerreiro. 

08 de fevereiro de 2019

Pai de Samuel, piauiense no CT no Flamengo desabafa: “Momento difícil”

Pai de Samuel, piauiense no CT no Flamengo desabafa: “Momento difícil”

Washington conta que foi um pesadelo acordar com a ligação de funcionários do clube do Flamengo contando sobre o incêndio no CT, no Rio de Janeiro.

O mundo do esporte amanheceu abalado. Um incêndio no CT do Flamengo, conhecido como Ninho do Urubu, aconteceu na madrugada de hoje (7) por volta das 5h15min e foi controlado somente às 7h da manhã. A tragédia deixou 10 mortos e três feridos, que estão no Hospital São Lourenço Jorge. Entre os atletas que estavam no CT no momento do incêndio estava o piauiense Samuel Barbosa, 16 anos, que escapou ileso.

O pai de Samuel, Washington Barbosa, fala que a manhã foi de desespero e que mesmo ciente do filho está bem o desespero dos outros país é doloroso. “Foi muito difícil acordar pela manhã com uma ligação dizendo que onde seu filho estava, estava pegando fogo. É complicado para mim, mas eu fui ao CT e ele está bem, mas mesmo sabendo que ele está bem é um momento muito complicado. Por aqui muito choro, sofrimento, tudo muito complicado”, lamentou.


Washington Barbosa com o filho, Samuel - Foto: Reprodução/Facebook

Samuel atua nas categorias de base do clube desde 11 anos e mora no Rio de Janeiro desde 14 anos. O garoto que compõe o time Sub16 é o atual artilheiro do time. Além dele, outro piauiense integra a categoria de base do clube carioca, o garoto Caio, 13 anos, mas ele não estava nos alojamentos, pois somente os garotos de 14 à 17 anos podem ficar sem acompanhamento dos país ou responsáveis.

De acordo com informações do Corpo de Bombeiros o motivo inicial do incêndio seria devido ao ar-condicionado que pegou fogo e gerou um curto circuito. Por conta, do horário, a maioria dos jogadores estavam dormindo e isso contribuiu na tragédia. 

05 de fevereiro de 2019

Com obrigação de vencer, River recebe Fluminense pela Copa do Brasil

A equipe piauiense precisa vencer para garantir vaga na 2ª fase.

River joga hoje contra Fluminense (FOTO: Elias Fontenele)

Inicio de Copa do Brasil. Entre as competições nacionais podemos dizer que essa é uma das mais importantes, pois envolve os maiores clubes do país e principalmente grandes cifras.  No Piauí, os representantes são Altos e River. O técnico Fernando Diniz, às 20h30min, no estádio Albertão, em Teresina.

O Tricolor das Laranjeiras treinou na tarde de ontem (4) no palco da partida. Perante as câmeras somente o aquecimento do elenco foi liberado e treinador Fernando Diniz faz mistério quando a formação, já que o time vem de uma grande quantidade de jogos nas ultimas semanas. O regulamento da Copa do Brasil da à vantagem do empate para o Fluminense, mas o discurso do elenco e por vitória.

“Com todo o respeito ao River, mas nós viemos aqui para jogar pela vitória e voltar para o Rio de Janeiro classificados. Não conhecemos muito o elenco deles, ou estilo de jogo, mas acredito que antes da partida o professor vai passar isso para a gente. É buscar fazer um grande jogo”, conta o volante Airton.

O River também fez seu último treino antes do confronto, visto por muitos como um encontre de David versus Golias. Apesar disso, o discurso de Oliveira Canindé é otimista, mas sem tirar os pés do chão. “Estavamos parados quase 12 dias até antes do jogo contra o Flamengo e isso também pesa. Contra o Fluminense não sabemos o que vai acontecer, mas temos necessidade de que precisamos de equilíbrio”, afirmou.

O River precisa vencer para avançar de fase. Para o Fluminense um simples empate decide a classificação. O jogo entre River x Fluminense acontece hoje (5), às 20h30min, no estádio Albertão.





Enquete

Você é favorável a instalação de estações de passageiros no passeio da Avenida Frei Serafim?

ver resultado