• credshop
  • TV O Dia - fullbanner
  • ExpoTeresina
  • drogarias globo
  • Unifsa
  • Sinhá
  • HOFV
  • rr mi
  • onix
  • predial
  • Itacor 310518
  • Marcas Inesquecíveis 2018 26/03

Notícias Da Arquibancada

21 de junho de 2018

“Um gol desses tira o peso”, diz Manoel após golaço diante o Ferroviário

O jogador começou a partida no banco e foi autor de uma verdadeira pintura que deu o empate ao Altos diante o Ferroviário-CE.

Manoel marcou um belissímo gol contra o Ferroviário (FOTO: Jaílson Soares)

O Altos se reapresentou as atividades na tarde de ontem (19) e jogadores e comissão técnica começam a pensar no jogo de volta pela Série D do Brasileiro contra o Ferroviário-CE, que acontece no sábado (23), às 16h, no Felipão. O jogo define qual das equipes avança até as quartas de final e seguirá na briga pelo acesso até a Terceira Divisão. Mas o que chamou atenção no primeiro jogo foi o golaço marcado pelo atacante Manoel , aos 41 minutos do segundo tempo, uma verdadeira pintura, que segundo os companheiros de clube vale até indicação ao prêmio Puskás.

Autor do gol de empate do Jacaré e dono de uma verdadeira pintura, o atacante Manoel, prefere não se gabar do golaço, mas afirma que o gol tirou um peso da temporada e afirma estar sendo bastante cobrado. “Sim, foi um gol muito importante para mim é mais importante ainda porque estava sendo muito cobrado o que é normal quando as coisas não estão dando certo. É claro que um gol desses aumenta a confiança de qualquer atleta e tira um peso”, disse Manoel.

Manoel começou o jogo no banco (FOTO: Jailson Soares)

Manoel começou a partida no banco de reservas, algo nada comum na trajetória do atacante que tem três temporadas vestindo a camisa do Altos e é o maior artilheiro da curta história do clube, hoje, com 40 gols marcados. O técnico Oliveira Canindé conta que o jogador foi avisado durante a semana e que chegou a brincar com ele sobre o assunto.

“Eu conversei com ele durante toda semana e tem algumas situações em engraçadas que aconteceram nos treinos, em que eu disse para ele; não adianta papai, você para o banco e banco não doí. Fiz questão de afirmar para ele que a importância é a mesma, o outro que está entrando tem que corresponder e você tem que esperar seu momento, e ele entrou e fez a parte dele e isso é de grande importância para mim”, conta Canindé.

Manoel também relata as brincadeiras ao longo da semana e que mesmo sem estar entre os 11 iniciais Canindé demonstrou preocupação. “Sim o professor Canindé brincou comigo durante toda a semana dizendo que banco não assusta, que não doí, mas mesmo decidido a me deixar no banco ele sempre procurou saber como eu estava me sentindo e até mesmo no jogo na hora que de entrar em campo ele disse para entrar e resolver e acabou que foi isso. Com meu gol conseguimos o empate”, conta Manoel.

O Altos volta a campo no sábado (23), às 16h, no estádio Felipão, quando enfrenta o Ferroviário-CE pelo jogo de volta. A partida define qual das equipes avança para as quartas de final. Uma vitória simples garante o Altos na próxima fase. 

19 de junho de 2018

Julgados pelo STJD, jogadores do Altos pegam quatro jogos de gancho

Atacante Manoel e o zagueiro Leone foram julgados hoje (19) pelo STJD e pegaram punição mínima. Diretoria tenta efeito suspensivo

O atacante Manoel e o zagueiro Leone do Altos foram julgados nesta terça-feira (19) pela 2ª comissão disciplinar do Supremo Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). Os dois jogadores se estranharam na partida pela 4ª rodada do Campeonato Brasileiro Série D em jogo diante o Moto Club . Os atletas foram punidos com quatro jogos de gancho, punição mínima. O advogado da equipe vai tentar uma medida suspensiva para que o clube possa contar com os jogadores no sábado (23), quando enfrenta o Ferroviário-CE pela Série D. A partida acontece às 16h, no estádio Felipão. 

Julgamento (FOTO: Reprodução)

Os dois jogadores foram denunciados no artigo 254 do código Brasileiro de Justiça Desportiva “Praticar jogada violenta” o zagueiro Leone também foi denunciado no código 242 Inciso 1. “Atuar, deliberadamente, de modo prejudicial à equipe que defende”. Os atletas podem pegar de quatro a 12 jogos de gancho. "Existia a possibilidade de um deles, no caso, o Leone pegar uma punição maior, mas menos mal não aconteceu. Agora é tentar o efeito suspensivo para o próximo jogo", disse o Diretor de Futebol Ricardo Pereira.

Entenda o caso:

Os jogadores Leone e Manoel se estranharam aos 48 minutos do segundo tempo da partida entre Altos e Moto Club, e trocaram chutes e socos ao final da partida. Os dois atletas receberam o cartão vermelho direto, saíram de campo e antes de chegar ao vestiário brigaram novamente sendo necessária uma nova parada na partida.

- Expulsei de forma direta aos 48 minutos do segundo tempo, o atleta Manoel Cristiano Ribeiro, da equipe da Associação Esportiva de Altos, por após ser marcado um escanteio para a equipe do Moto Club revidou a agressão de seu companheiro de equipe, Leone Barros, com socos na altura do rosto dele. Digo ainda que essa ação ocorreu no meio de campo. Esclareço que após a expulsão os dois jogadores brigaram novamente com trocas de socos antes de sair do campo, em local próximo da área de defesa do seu time. Após serem contidos por atletas da sua equipe, os dois foram para o vestiário - relatou o árbitro na súmula.

Os dois atletas são peças importantes do elenco Alviverde, que luta para conquistar o acesso até a Terceira divisão do Brasileiro. O jogo de volta contra o Ferroviário acontece no sábado (23), às 16h, no estádio Felipão, em Altos. 

18 de junho de 2018

Contra o Ferroviário-CE, Altos faz primeiro jogo pelas oitavas da Série D

O Jacaré entra em campo hoje (19), às 20h, na Arena Castelão, em Fortaleza pelo primeiro jogo das oitavas.

Altos encara hoje o Ferroviário (FOTO: Luís Junior)

A equipe do Altos entra em campo hoje (18) para enfrentar o Ferroviário, do Ceará, às 20h, na Arena Castelão, em Fortaleza, em jogo valido pelas oitavas de final do Campeonato Brasileiro Série D. O jogo de volta acontece no próximo sábado (23), às 16h, no estádio Felipão, em Altos. Durante a semana o técnico Oliveira Canindé pregou mistério quanto a formação titular e fechou os treinos realizados no estádio Albertão. No domingo (17), O Jacaré realizou atividade no CT do Ceará e finalizou as atividades pensando no jogo. 

“Nós sabemos da importância desse jogo e que toda informação é importante. Nós estamos tentando conseguir informações do adversário e não vem sendo fácil e precisamos nos precaver disso também e buscar dar nosso melhor nessa partida que para mim é o primeiro tempo da decisão”, disse Canindé.

Para essa partida o técnico conta com alguns retornos, caso do zagueiro Leone que cumpriu suspensão automática e também do meia Roger Gaúcho, recuperado de lesão. O Altos tenta esquecer o mal retrospecto jogando fora de casa e construir um placar confortável para a decisão no Felipão.

“É sempre difícil essa altura do campeonato porque o nivel dos times vai subindo. Tomamos quatro gol no último jogo, o time deles era bom, mas jogaram meio que sem esquema com todo mundo para a frente porque precisavam do resultado, então a lição que a gente aprende é essa; a oportunidade que tiver a gente tem que fazer”, disse o Camisa 1 Gideão.

Apesar do mistério de Canindé o Altos deve entrar em campo com; Gideão, Tote, Leone, Vitor Bafana e Thiaguinho; Dos Santos, Marconi e Roger Gaúcho; Manoel, Joelson e Klenisson à frente.

O jogo entre Ferroviário, do Ceará e Altos acontece hoje (18), às 20h, na Arena Castelão, em Fortaleza. O jogo de volta acontece no próximo sábado (23), às 16h, no Felipão. O Altos briga por uma vaga nas quartas de final e pelo tão sonhado acesso até a Série C.

15 de junho de 2018

Atacante Manoel e zagueiro Leone serão julgados pelo STJD por briga em campo

Os jogadores do Altos se estranharam em partida contra o Moto Club-MA na fase de grupos da Série D.

Jogadores brigaram na partida (FOTO: Assis Fernandes)

O atacante Manoel e o zagueiro Leone do Altos serão julgados na próxima terça-feira (19) pela 2ª comissão disciplinar do Supremo Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). Os dois jogadores se estranharam na partida pela 4ª rodada do Campeonato Brasileiro Série D em jogo diante o Moto Club . Os atletas poderão estar em campo na segunda-feira (18) na partida pelas oitavas da Série D contra o Ferroviário (CE), mas dependendo do resultado podem desfalcar o elenco para o jogo de volta dia 24.

Pauta Julgamento (FOTO: Reprodução)

Os dois jogadores foram denunciados no artigo 254 do código Brasileiro de Justiça Desportiva “Praticar jogada violenta” o zagueiro Leone também foi denunciado no código 242 Inciso 1. “Atuar, deliberadamente, de modo prejudicial à equipe que defende”. Os atletas podem pegar de quatro a 12 jogos de gancho.

Leone e Manoel serão julgados (FOTO: Assis Fernandes)

O presidente do Altos, Warton Lacerda, afirmou que tem um advogado acompanhando a situação e o objetivo é não perder os jogadores para as próximas partidas. “Vamos esperar a definição do julgamento, defender a pena mínima e partir daí entrar de imediato com o efeito suspensivo”, explicou Warton.

A sessão que vai definir o futuro dos jogadores Alviverde acontece na sede do STJD, no Rio de Janeiro, na terça-feira (19), às 10h. O caso é o quarto da pauta de julgamento. O zagueiro Leone corre o risco de ter uma punição maior por ter sido denunciado também no artigo 243; PENA: multa, de R$ 100,00 (cem reais) a R$ 100.000,00 (cem mil reais), e 180 a 360 dias.

Entenda o caso:

Os jogadores Leone e Manoel se estranharam aos 48 minutos do segundo tempo da partida entre Altos e Moto Club, e trocaram chutes e socos ao final da partida. Os dois atletas receberam o cartão vermelho direto, saíram de campo e antes de chegar ao vestiário brigaram novamente sendo necessária uma nova parada na partida.

- Expulsei de forma direta aos 48 minutos do segundo tempo, o atleta Manoel Cristiano Ribeiro, da equipe da Associação Esportiva de Altos, por após ser marcado um escanteio para a equipe do Moto Club revidou a agressão de seu companheiro de equipe, Leone Barros, com socos na altura do rosto dele. Digo ainda que essa ação ocorreu no meio de campo. Esclareço que após a expulsão os dois jogadores brigaram novamente com trocas de socos antes de sair do campo, em local próximo da área de defesa do seu time. Após serem contidos por atletas da sua equipe, os dois foram para o vestiário - relatou o árbitro na súmula.

Os dois atletas são peças importantes do elenco Alviverde, que luta para conquistar o acesso até a Terceira divisão do Brasileiro. O time entra em campo contra o Ferroviário-CE na segunda-feira (18), ás 20h, na Arena Castelão, em Fortaleza. O jogo de volta acontece no sábado (23), às 16h, no estádio Felipão, em Altos. 

11 de junho de 2018

Altos retorna as atividades mirando confronto diante o Ferroviário-CE

O Jacaré enfrenta o Ferroviário, do Ceará e se reapresenta visando o primeiro confronto está previsto para o sábado (16).

Altos desembarcou de Manaus (FOTO: Moura Alves)

O Altos garantiu a classificação para as oitavas de final do Campeonato Brasileiro Série D no último domingo (10). O Jacaré perdeu para o Nacional, de Manaus, por 4 a 2, mas como tinha vencido o primeiro jogo por 3 a 0 o placar agregado (5 a 4) ficou a favor dos piauienses. O time segue na busca pelo acesso até a Série C do Brasileiro e agora enfrenta o Ferroviário, do Ceará. O primeiro jogo será na casa do adversário, em Fortaleza, e tem data prevista para acontecer no próximo sábado (16). O jogo de volta será no dia 24 de junho, em Altos.

O Jacaré está há quatro jogos do acesso. E a responsabilidade em torno do grupo só aumenta. A classificação com uma derrota não estava nos planos, mas o técnico Oliveira Canindé deixa claro que essa página está virada e o foco é o novo adversário. “Foi um jogo em que esperávamos ser agredidos e foi o que aconteceu, mas o importante era nos classificarmos e seguimos com essa meta de chegar ao acesso. Agora é pensar nesse novo confronto, novo adversário na competição”, conta o técnico.

Técnico Oliveira Canindé (FOTO: Moura Alves)

O zagueiro artilheiro Vitor Bafana marcou um dos gols em Manaus. O jogador tem dois gols marcados na Série D até aqui, apesar de ser defensor. Ele fala sobre o resultado ruim e acredita que o time perdeu quando pôde.

“Estou muito feliz pela classificação. Foi um jogo muito difícil em que o time deles veio para cima, pois precisava marcar e nós tomamos os gols, mas conseguimos marcar também e na verdade soubemos sofrer e graças a Deus saímos de lá com a classificação”, frisou Bafana.

O Altos se reapresenta as atividades na tarde de hoje (12), às 16h, no estádio Felipão. O Jacaré agora se prepara para enfrentar o Ferroviário, do Ceará, no sabado (16), em Fortaleza, com horário e local a serem definidos pela CBF. O Alviverde segue almejando o acesso até a Série C do Brasileiro 2019.

CONFRONTOS DAS OITAVAS DE FINAL: Rio Branco (AC) x Manaus (AM) 
Altos (PI) x Ferroviário (CE) 
Moto Club (MA) x Imperatriz (MA)
​Brasiliense (DF) x Campinense (PB)
​Treze (PB) x Iporá (GO) 
​Linense (SP) x Novorizontino (SP)
Uberlândia (MG) x Caxias (RS)
​Tubarão (SC) x São José  (RS)

06 de junho de 2018

Em Teresina, Taça Brasil de futsal tem início neste domingo

Os do Altos/Cobra D'Água e Campo Largo irão representar o Piauí na competição que vai ter o Ginásio Verdão como sede.

Cobra D'Água/Altos é atual campeão piauiense (FOTO: Jaílson Soares) 

A Taça Brasil de futsal vai ter início neste domingo (10). Após muitos anos, Teresina volta a ser sede de uma competição nacional e o ginásio Verdão será a casa do evento, que vai contar com 10 equipes brigando por título e por consequência pelo acesso até a primeira divisão do futsal nacional. A competição vai ter participantes de Rondônia, Paraíba, Ceará, Maranhão, Pernambuco, Acre, Mato Grosso, Distrito Federal, Tocantins além do Piauí, que terá Campo Largo e Altos/Cobra d’Água como representantes.

O Campo Largo vai ser o primeiro dos piauienses a entrar em quadra e faz sua estreia no domingo (10), às 19h30min, quando recebe o Porto, de Tocantins. O Campo Largo chega embalado para competição após ter conquistado o título de campeão Metropolitano. 

“Sabemos que é uma competição muito difícil, mas vamos fazer de tudo para ir longe e representar bem o estado. É importante fazer uma boa apresentação em casa, mas vamos manter o elenco que foi campeão sem novas contratações apostando no entrosamento”, disse o técnico do Campo Largo Clemilton Miranda.

O outro representante do estado, Altos/Cobra D’Água folga na rodada de abertura e estreia na competição na segunda-feira (11), às 20h30min, quando enfrenta o Juventus Feijó, do Acre. A equipe também disputou o Campeonato Metropolitano, mas foi eliminado nas semifinais pelo JES. A novidade do time para a disputada Taça Brasil é o retorno do volante Netinho, que integra o time de futebol profissional do Altos e deve contribuir na campanha das quadras também.

O jogo de abertura da Taça Brasil de futsal acontece no domingo (10) entre Tiradentes, do Maranhão e Brasília, do Distrito Federal. A competição está dividida em dois grupos e no Grupo E1 estão; Tiradentes (MA), Molin (RO), Porto (TO) e Desportiva Brasília (DF) e Campo Largo (PI). No Grupo E2: Caruaru (PE), Brejo Cruz (PB), Juventus Feíjo (AC), Vila Nova (MT) e Altos (PI).

05 de junho de 2018

Altos reforça defesa e confirma contratação de David Sergipano

O zagueiro também atua de lateral-esquerdo e estava no Colo Colo, da Bahia.

O Altos segue tentando preencher algumas lacunas que existem no elenco. Após o retorno de André Tavares para o ataque e Jeferson Sandes na lateral o Jacaré confirmou a contratação do zagueiro/lateral esquerdo David Sergipano, que estava o Colo Colo- BA. O jogador de 31 anos, mantem o padrão do técnico do Jacaré, Oliveira Canindé, que já demonstrou preferencia por atletas polivalentes.

Lateral David Sergipano (FOTO: Reprodução)

O Diretor de Futebol, Ricardo Pereira, afirmou que a contratação foi necessária porque os dois atletas da posição estão no departamento medico, caso de Everton e Alisson, a intenção é que David sergipano esteja em campo já no domingo (10).

“A contratação foi feita de forma rápida porque estamos precisando de peças no setor. Ele já pode jogar domingo e treina hoje a tarde no Felipão com o elenco”, disse.

O jogador acumula passagens pelo CSE-AL, Atlético-PB, Vitoria da Conquista-BA, Campinense-PB, Boca Juniors-SE. O Altos têm baixas no setor defensivo, pois o zagueiro Leone esta fora do próximo jogo por ter recebido o terceiro cartão amarelo. Alisson e Everton seguem tratando lesões no joelho e virilha, respectivamente e devem desfalcar o elenco para o compromisso diante o Nacional-AM.

O Altos entra em campo no domingo quando enfrenta o Nacional, de Manaus, no jogo de volta pela 2ª fase do Brasileiro Série D. O Altos tem boa vantagem para o confronto, pois venceu o primeiro jogo por 3 a 0. 

Sem dependência, Altos tem gols distribuídos entre oito jogadores na Série D

Com 10 gols marcados na Série D o Jacaré conta com eficiência de zagueiros, laterais e volantes além dos atacantes.

Leone é um dos nomes que já marcou pelo Altos na Série D (FOTO: Jailson Soares)

O Altos entra em campo no próximo domingo (10) para enfrentar o Nacional-AM com o objetivo de confirmar a vaga nas oitavas de final da Série D do Brasileiro . Após a boa vitória em casa, o time deu um passo largo até a próxima fase da competição. Tudo isso, em busca da principal missão da temporada que é o acesso até a Terceira Divisão e para isso o Jacaré vem evoluindo sem ter um dos problemas sentido nas ultimas temporadas: a dependência de um só jogador.

Se durante o Campeonato Piauiense desse ano, ou até mesmo nas ultimas duas temporadas o Alviverde demonstrava certa dependência do atacante Manoel ou mesmo de Joelson, agora o time tem laterais, volantes, zagueiros e reservas contribuindo com os atacantes e balançando as redes com frequência.

O Altos tem gols distribuídos entre oito atletas (FOTO: Jailson Soares)

O Alviverde tem sete partidas pelo Campeonato Brasileiro Série D e um total de 10 gols marcados. Oito distribuídos no elenco, apenas Joelson tem dois gols na competição. O Altos sofreu no começo da fase de grupos com vitorias apertadas e até mesmo empates, mas nas três ultimas rodadas os gols voltaram a sair e o time está com uma larga vantagem para o jogo de volta pelas oitavas de final, pois venceu o primeiro confronto diante o Nacional-AM por 3 a 0.

Os bons números do Altos na frente não estão restritos somente aos jogadores do setor ofensivo. O Jacaré tem uma bola parada que vem sendo essencial para decidir as partidas e construir bons placares, com os laterais Tote e Thiaguinho fazendo a frente nas batidas e com nomes como o zagueiro Leone resolvendo, de cabeça, por exemplo. Além disso, a qualidade individual de alguns atletas contribui. Hoje o Jacaré tem no plantel peças que podem decidir uma partida com batidas letais, caso de Marconi e Tote.

Por outro lado, chama atenção também a solidez da defesa, que tem atualmente Vitor Bafana e Leone como titulares, mas com trocas frequentes, e Alisson e Everton também sendo utilizados. Além de Gideão como Camisa 1 absoluto na temporada. Na Série D, são apenas três gols sofridos em sete jogos, imprimindo muita dificuldade em seus adversários para ser vazado. Os números deixam claro que a missão do Nacional-AM não será fácil, já que o rival precisa marcar pelo menos três gols para levar a decisão da vaga até as oitavas para a disputa de pênaltis.

Quem já marcou pelo Altos na Série D; Joelson (2), Américo (1), Manoel (1), Klenisson (1), Marconi (1), Vitor Bafana (1), Leone (1), Tote (1). 

03 de junho de 2018

Altos goleia Nacional-AM e fica próximo de vaga nas oitavas da Série D

Jacaré marcou com Leone, Manoel e Vitor Bafana. O jogo de volta acontece no próximo domingo (10), às 16h, em Manaus.

Leone abriu a contagem (FOTO: Jailson Soares)

O Altos deu um passo largo rumo as oitavas de final da Série D do Brasileiro. Na tarde de ontem (3), no Felipão, o Jacaré venceu o Nacional, de Manaus, por 3 a 0, com gols de Leone, Manoel e Vitor Bafana. O Jacaré sobrou na partida e conseguiu construir um placar que dá maior tranquilidade para o segundo jogo, que acontece no próximo domingo (10), às 16h, no estádio Ismael Benigno, em Manaus.

O Altos se impôs dentro de campo e teve maior parte das ações de jogo no decorrer do primeiro tempo. Logo aos três minutos, Thiaguinho bate falta na pequena área e Manoel cabeceia, mas a bola sobe demais. Aos cinco, a rede balança, mas não valia mais nada. Joelson marca, porém o juiz deu irregularidade do camisa 19. Com seis minutos, Manoel perde uma das melhores chances do Jacaré. O atacante dispara sozinho e tenta cobrir o goleiro, mas coloca a bola para fora.

O Altos goleou o Nacional-AM (FOTO: Jailson Soares)

Depois disso, mais chances do Altos. Joelson arrisca chute cruzado e a bola passa ao lado da trave. Aos nove, Jack Chan responde pelo Nacional, de Manaus, ele chuta, mas a bola passa ao lado da trave. Aos 11, o atacante amazonense tem nova chance, chuta forte, e Gideão aparece bem na defesa. Com 16 minutos, foi a vez de Charles tenta pelo Nacional, ele passe errado de Manoel. Charles bate no contra pé do goleiro Gideão, mas a bola vai para fora.

Aos 26 minutos, susto coletivo. Abelhas invadem o campo e todos os jogadores vão ao chão, inclusive a arbitragem. Minutos depois a situação é controlada e a bola volta a rolar. O Nacional cresce após a parada e aumenta sua posse de bola. Ives, do Nacional, recebe a bola e chuta de fora da área, a bola sobe demais. Mas quem abre o placar e o Jacaré, com Leone, de cabeça. O zagueiro aproveita escanteio bem batido de Tote e coloca a bola para dentro.

Vitor Bafana foi autor do terceiro gol do Altos (FOTO: Jailson Soares)

Início de segundo tempo e o técnico do Altos, Oliveira Canindé, começa a mudar. Coloca Alex Mineiro e tira Roger Gaúcho. O Jacaré volta buscando ampliar o placar e com 30 segundos, Klenisson arrisca chute pela esquerda que para nas mãos do goleiro. O Alviverde chega ao segundo gol aos dois minutos da etapa complementar, com Manoel. Em cobrança de escanteio, Leone cabeceia a bola bate na trave e bate em Manoel e entra. 2 a 0 Altos.

O Jacaré chega ao terceiro gol com Vitor Bafana. O zagueiro aproveita escanteio de Tote e acerta um belíssimo chute que morre no fundo do gol de Marcelo. Atrás no placar o Nacional tenta marcar pelo menos o gol de honra e chega com perigo com Anderson arriscando chutes de fora da área, mas o time peca nas finalizações. O Altos ainda tem boas chances com Joelson. Aos 14 minutos, o camisa 19, do Altos cabeceia a bola de forma perfeita, mas a bola para nas mãos do goleiro Marcelo que faz uma defesa dificílima.

Oliveira Canindé segue mudando o time e promove a estreia de Tavares, que entra no lugar de Klenisson e também sai Thiaguinho para entrada de Netinho, na lateral-esquerda. Com o resultado, o Altos tem uma vantagem larga para o segundo jogo que acontece no próximo domingo (10), às 16h, no estádio Ismael Benigno, em Manaus. O time amazonense precisa de uma vitória por quatro gols de diferença ou pelo menos o placar de 3 a 0a seu favor para levar a decisão até as oitavas de final para os pênaltis.

02 de junho de 2018

Altos recebe Nacional-AM em primeiro jogo do mata mata na Série D

O Jacaré faz o primeiro jogo da decisão até as oitavas de final em casa. A partida será às 15h45min, no Felipão.

Altos recebe Nacional-AM (FOTO: Jailson Soares)

O Altos entra em campo neste domingo (3) para o primeiro desafio pela fase de mata mata do Campeonato Brasileiro Série D. O Jacaré recebe o Nacional, de Manaus, às 15h45min, no estádio Felipão. Esse será o primeiro jogo do confronto que decide qual das duas equipes irá avançar para as oitavas de final da competição. O jogo de volta acontece no dia 10 de junho, em Manaus.

O Jacaré sabe do peso do fator casa e tem o estádio Felipão como um algo a mais na temporada, em que o Altos não conheceu nenhuma derrota jogando em seus domínios. “Jogando aqui (no Felipão) a gente é forte e temos que fazer de tudo para sair com o bom resultado. Precisamos jogar com inteligência porque decisão e o adversário vai querer jogar nos nossos erros. O professor vem passando para a gente as características do adversário”, disse Joelson. 

Joelson é uma das esperanças de gols do Altos (FOTO: Jailson Soares)

A única mudança confirmada é a baixa de Dos Santos, que cumpre suspensão automática por receber o terceiro amarelo. O volante Douglas é o mais cotado para substituir o companheiro. “É uma oportunidade muito boa e a gente que está dentro do elenco vem trabalhando buscando essa oportunidade e se Deus quiser e o professor optar por mim eu vou fazer de tudo para que nossa equipe saia vitoriosa”, frisa Douglas. 

O Nacional (AM) avançou para segunda fase da Série D do Brasileiro com 10 pontos, um a menos do que o time piauiense, mas ficou em primeiro do seu grupo. Os amazonenses têm Lecheva como técnico e jogam de uma forma parecida com o Jacaré, optando por uma formação bastante ofensiva. Apesar disso, o time vem de uma temporada marcada por mau resultado no Estadual e tem suas esperanças depositadas na Série D para ter um calendário para temporada 2019. Essa semana o time chegou a anunciar greve por conta dos dois meses de salários em atraso e não treinou todos os dias.

O técnico do Altos, Oliveira Canindé, demonstra conhecimento do adversário, mas sabe que o principal é ter um bom grupo em campo. O Jacaré tem algumas dúvidas, já que os zagueiros Everton e Alisson deram entrada no departamento médico e Leone e Vitor Bafana devem formar a zaga titular. “Nós sabermos que é uma equipe competitiva e tem um treinador bastante competitivo. É sempre importante o primeiro jogo então precisamos controlar ansiedade e procurar fazer o jogo de nossas vidas”, explica Canindé. 

O jogo entre Altos e Nacional, de Manaus, acontece neste domingo (3), às 15h45min, no estádio Felipão. O jogo é valido pela 2ª fase da Série D. A partida de volta acontece no dia 10 de junho, no estádio Ismael Benigno, em Manaus. O time Amazonense tem a vantagem de jogar por dois empates porque se classificou como primeiro. 

01 de junho de 2018

Luís 'Buda' fala sobre preparação para evento de MMA em Amarante

Luís Felipe, O Buda, se prepara para evento de MMA que acontece em Julho. Buda também deve participar de eventos fora do país no 2ª semestre.

Buda vem de uma vitória recente (FOTO: Elias Fontenele)

O piauiense Luís Felipe Buda busca ter novas oportunidades no mundo do MMA, mas para isso os desafios são diários. O lutador participou recentemente de um evento em Pedro II, no Piauí e venceu sua luta, na categoria 61kg e agora se prepara para um evento que acontece no dia 28 de julho, cidade de Amarante (PI) organizado por Massaranduba.

Segundo Buda a intenção de fazer essa quantidade maior de lutas é para melhorar o seu card e assim conseguir uma sequência de bons resultados. “Agora como está faltando quase dois meses para o evento eu estou treinando mais duro e sem medo. Estou fazendo meu sherdog como todo atleta faz, que uma espécie de currículo da gente se temos um bom currículo qualquer empresa vai querer e estou buscando isso e agora em agosto eu pretendo ir para o México e também Argentina o meu empresário está vendo isso”, disse Luís Felipe Buda.

Um dos principais espelhos de Buda, de 23 anos, é o também piauiense Fabrício Negão, que recentemente se sagrou campeão do Shooto Brasil 82 e com isso se vê mais próximo de uma entrada no UFC. Buda e Fabrício chegaram a morar juntos no Rio de Janeiro, buscando melhores oportunidades no MMA brasileiro, pois no Piauí para eles tudo mais complicado. “A gente quando é atleta tenta de tudo. Agora ele foi para BH e está a pouco mais de um ano e as coisas deram certo é campeão do cinturão e ele acreditou e eu também quero acreditar e espero que dê tudo certo para mim”, disse Buda.

Luís Felipe, o Buda (FOTO; Elias Fontenele)

Buda é bastante conhecido no MMA do estado e nordeste não somente pelos resultados, mas também pelos sacrifícios que se submete para conseguir bater o peso antes das lutas. Em dezembro de 2017, Luís Felipe, o Buda, chegou a perder quatro quilos em três horas de relógio usando uma espécie de manta térmica.

De acordo com o lutador, o objetivo agora é conseguir baixar de peso de uma forma cuidadosa. “Quando está faltando uns 20 dias eu preciso ter mais cuidado principalmente com a parte do peso, pois eu sou muito pesado e preciso fazer isso com muita cautela. Eu perco de 12 a 13kg em um mês então preciso ficar em uma dieta e nos treinos aeróbicos”, disse Buda.

O evento do Massaranduba, carisma do UFC. Acontece no dia 28 de julho, em Amarante, no Piauí. Buda irá enfrentar Neucione, na categoria até 61kg.

31 de maio de 2018

O peso de casa: Altos fala em construir boa vantagem no Felipão

O Jacaré se prepara para enfrentar o Nacional (AM) no domingo (3) pela segunda fase do Brasileiro Série D.

Altos treina visando jogo contra Nacional (AM) (FOTO: Jailson Soares)

O Altos segue na busca do tão sonhado acesso até a Terceira Divisão. O Jacaré garantiu a classificação para próxima fase do Campeonato Brasileiro Série D, mas agora a competição muda completamente de figura entrando no formato de mata mata. O primeiro desafio para chegar até as oitavas de final do torneio é passar pelo Nacional, de Manaus. Serão dois jogos e para o elenco do Jacaré, duas decisões. O primeiro jogo neste domingo (3), às 15h45min, no estádio Felipão e o Alviverde quer sair de campo com uma vantagem construída. O jogo de volta será no dia 10 de junho, em Manaus.

“Acrescentando sempre um pouco mais de intensidade porque o momento exige que seja assim e a gente tem buscado isso. Eu acho que se nós aproveitarmos bem as oportunidades que surgem sem deixarmos o adversário criar ocasião a tendência é que a gente faça um grande jogo e por ser dentro de casa, por termos o apoio da nossa torcida, por ser o primeiro jogo decisivo se a gente guardar bem as nossas reservas para utilizarmos aqui dentro (no Felipão) a tendência é que a gente chegue com força total”, disse Oliveira Canindé.

Oliveira Canindé (FOTO: Jailson Soares)

Durante os treinos o técnico vem priorizando um trabalho de recomposição rápida, toque de bola em campo reduzido e contra-ataque. Ao final das atividades, um tempo dedicado a finalização, que segue sendo um problema aos atacantes do Jacaré, apesar da crescente e das duas vitórias consecutivas.

Para esse jogo o técnico obrigatoriamente vai precisar mexer no time, pois não conta com o volante Dos Santos, que cumpre suspensão automática pelo terceiro amarelo. O nome de Douglas é o mais cotado para a posição. Além dele, os zagueiros Everton e Alisson deram entrada no departamento médico e o meia Carlos Magno e o atacante Bruno Henrique seguem como desfalques tratando lesões na virilha e adutor, respectivamente.

“São dois jogos o primeiro deles no nosso campo então precisamos ter inteligência para não ser surpreendido pelo adversário, mas a gente vem trabalhando forte e eu tenho certeza que nosso ataque vai funcionar como vem funcionando nos últimos jogos. Agora é outro campeonato, pois todas as equipes são qualificadas e nossa equipe também é experiente e jogando (no Felipão) somos fortes”, frisa Joelson.

O jogo entre Altos e Nacional, de Manaus, acontece neste domingo (3), às 15h45min, no Estádio Felipão. O jogo de volta que define quem avança para as oitavas de final acontece no dia 10 de junho. O Nacional tem a vantagem de jogar por dois empates, pois se classificou entre os melhores primeiros colocados.

29 de maio de 2018

Piauienses disputam Mundial de jiu-jitsu na Califórnia

Ana Luíza Oliveira e Lívio Ribeiro, do QG da Luta serão o Piauí na competição internacional que tem inicio na quinta-feira (31) e vai até o domingo (3).

Ana Luíza Oliveira vai disputar o Mundial de Jiu-jitsu da CBJJ (FOTO: Jailson Soares)

 Ana Luíza Oliveira já está fora do país para disputar o Mundial de jiu-jitsu, que acontece nos dias 31 de maio a 3 de junho, em Long Beach, na Califórnia. Ana Luíza é um dos principais nomes da modalidade no naipe feminino do estado e surgiu através do projeto social Quartel General da Luta, que tem 11 anos de existência. A garota vai com o objetivo de subir ao lugar mais alto do pódio e também aproveitar a experiência fora do país.

“De todas competições essa é a que eu estou mais ansiosa e mais nervosa. Aconteceu tudo muito próximo da competição já, consegui meu visto há 15 dias e as passagens já estavam muito caras e minha família se esforçou muito para conseguir comprar, foi tudo em cima, mas graças a Deus deu tudo certo”, explica Ana Luiza.

Ana Luíza Oliveira (FOTO: Jailson Soares)

Recentemente, a lutadora conseguiu o tricampeonato brasileiro da Confederação Brasileira de Jiu-jitsu (CBJJ) resultado que marcou seu primeiro título na faixa roxa. “Foi uma competição extremamente difícil, pois enfrentei atletas que eu já tinha perdido para elas, mas o incrível do jiu-jitsu é essa superação e graças a esse resultado chego bem mais confiante”, conta Ana Luiza.

O Projeto Social QG da Luta atualmente tem Lívio Ribeiro ‘O Galinho’, que está há alguns meses nos EUA participando de competições e realizando treinos com nomes referências na modalidade. O período que está lá, Lívio foi campeão do American Cup, campeão do San José Open e também do Pan-Americano da IBJJFO Major Luiz Oliveira, fala sobre a guinada que esse período fora do país deu a vida de Lívio e também deve trazer boas consequências para Ana Luíza.

Lívio Ribeira já está nos EUA  alguns meses e também disputa o Mundial (FOTO: Jailson Soares)

“Para um garoto desses que é de periferia e projeto social é uma oportunidade e tanto de conhecer outros países e se destacar, caso do próprio Lívio, que a vida deu uma virada de 180º com essa ida e a gente acha isso muito importante até como uma oportunidade de emprego para esses jovens. Ana vai agora para uma temporada mais curta e retorna com o Lívio no dia 11 de junho, para 2019 a intenção é que eles passem seis meses por lá”, explica Major Luiz, mentor do projeto.

 O Mundial da CBJJ acontece nos dia 31 de maio até 3 de junho, em Long Beach, na Califórnia, e os piauienses Lívio Ribeiro e Ana Luíza Oliveira representarão o Piauí na competição internacional. Ana Luíza e Lívio sobem aos tatames na sexta-feira (1ª). 

28 de maio de 2018

Os benefícios do crossfit para crianças

O CrossFit para crianças além de trazer benefícios no preparo físico, também melhora o desenvolvimento psicológico e emocional

Algumas crianças já praticam CrossFit em Teresina (FOTO: Jailson Soares) 

O CrossFit é uma atividade que prova a cada dia que todos os seres humanos necessitam e são capazes de realizar os mesmos movimentos, o que diferencia é a intensidade e o volume a ser aplicado por cada um, então porque não estender isso as crianças? a box de CrossFit 861, através do professor Kelé Neto vem inserindo a atividade física na rotina de algumas crianças e os resultados impressionam.

“O cuidado com eles é como seria com qualquer iniciante, pois são crianças. A maioria dos movimentos é funcional, com o próprio corpo e quando tem é meio quilo, no máximo um quilo. Fora isso vai fazer atividades como saltar, pular, agachar, correr, levantar, coisas que muitas vezes por conta da tecnologia é negligenciado isso e não tem mais essa brincadeira que antes era tão comum”, frisa Kelé Neto.

As crianças saltam, pulam corda e fazem uma serie de atividades (FOTO: Jailson Soares)

O CrossFit para crianças além de trazer benefícios no preparo físico, também melhora o desenvolvimento psicológico e emocional dos garotos e garotas. A intenção não é formar super atletas e sim tornar as crianças fisicamente atividades e com o habito de praticar esporte.

Entre as pequenas alunas está Gabi, de quatro anos, que participa das aulas de CrossFit kids e também pratica o balé, e quando perguntam para ela qual das atividades é a preferida ela não pensa duas vezes. “Eu prefiro o CrossFit porque aqui a gente faz um monte de coisa”, diz a pequena, que já tem até o exercício favorito das aulas o famoso “burpee”.

O pai da pequena Gabi, Deusimar Junior, conta que a cada dia a empolgação para estar nas aulas de CrossFit é maior e é nítida a diferença até mesmo no comportamento da pequena. “Ela gosta muito do CrossFit, se empolga mesmo, ela chegou até a pedir para sair do balé, mas eu e a mãe dela decidimos que tinha que permanecer nos dois. O CrossFit é como um algo a mais e como eu e a mãe dela também praticamos a gente não vê problema em incentivar ela a permanecer”, conta.

Sendo assim, se você via no CrossFit apenas a imagem de atletas super musculosos levantando cargas pesadas e dando a vida em competições, já pode desconstruir essa imagem e dar chance ao seu filho de conhecer uma nova opção de atividade. 


-------------------------------------------------------------------

A pequena Gabi é uma das mais empolgadas com as aulas (FOTO: Jailson Soares)

------------------------------------------------------------------------------------------

Canindé comemora evolução do Altos e lamenta gols perdidos; “Marcar mais”

O Jacaré venceu o Sparta(TO) ontem (27) e agora vai enfrentar o Nacional (AM) e o primeiro jogo será n próximo domingo (3), em Altos.

Klenisson começou entre os 11 e marcou o 3ª gol na vitória sobre o Sparta (FOTO: Luís Junior)

A equipe do Altos venceu o Sparta (TO) neste domingo (27) e garantiu a classificação para a próxima fase do Brasileiro Série D . O Jacaré fez uma apresentação de encher os olhos do torcedor e o técnico Oliveira Canindé também comemorou a classificação e o crescimento da equipe que chegou ao terceiro jogo sob seu comando. Agora, o Altos se prepara para enfrentar o Nacional (AM) na fase de mata mata e o primeiro jogo está marcado para o domingo (3), no Felipão, em Altos. O jogo de volta será no dia 10 de junho, em Manaus.

“Nós queríamos jogar bem, mas sendo competitivos e nós fomos. Não podíamos ter tomado um gol logo de cara, acho que teve um pouco de desatenção embora eu tenha falado bastante no intervalo para que nos ficássemos atentos ao que estava por vir. Infelizmente eles conseguiam o gol, mas não conseguiram nos atrapalhar no que tínhamos pré-determinado para o grupo”, frisou Oliveira Canindé.

Marconi marcou um golaço e abriu o marcador (FOTO: Luís Junior)

Apesar da boa vitória, por 3 a 1 em cima do Sparta (TO) o técnico do Altos, Oliveira Canindé lamentou o fato de algumas falhas dos jogos anteriores terem se repetido, no caso, os gols perdidos. Manoel e Joelson atuaram bem, mas desperdiçaram muitas oportunidades e o Jacaré poderia ter saído de campo com um placar mais elástico.

“Olha eu quero mais, mas acredito que como foi a terceira partida houve evolução.Contra o Moto nos jogamos bem. Essa partida (contra o Sparta-TO) jogamos bem melhor que a anterior e contra o Assú fomos competitivos, mas faltou volume de jogo e nesse jogo tivemos volume e fomos competitivos, mesmo assim era para termos feito mais gols”, disse Canindé.

Mas agora a equipe vira a chave e começa a pensar na Série D do Brasileiro versão mata mata, que exige uma margem de erro bem menor. A primeira preocupação é quanto a formação titular par ao primeiro jogo contra o Nacional (AM), já que o volante e capitão Dos Santos não jogo, pois cumpre suspensão automática. “Preocupa porque eu tinha uma pretensão de colocar o Douglas para dar ritmo de jogo para ele, ou o Netinho, e eu não tive com colocar porque outros jogadores foram pedindo para sair e eu tive que ir mudando em cima do sistema e não em cima das necessidades”, explica Canindé.

 O Altos se reapresenta as atividades na tarde dessa terça-feira (29), no Felipão. O Jacaré enfrenta o Nacional (AM) no domingo (3) e o jogo de volta acontece no dia 10 de junho, em Manaus. O Altos segue na briga pelo acesso até a Série C do Brasileiro.

27 de maio de 2018

Altos garante classificação na Série D; Time enfrenta o Nacional-AM

O Jacaré venceu o Sparta-TO por 3 a 1, no estádio Felipão. O primeiro compromisso na próxima fase será no dia 3 de junho.

O Altos garantiu sua classificação até a próxima fase do Brasileiro Série D. O Jacaré venceu o Sparta, de Tocantins, por 3 a 0, com gols de Marconi, Tote e Klenisson. Jean diminuiu para o Sparta. Com o resultado, o Altos se classifica entre os melhores segundos colocados chegando aos 11 pontos. O Jacaré faz o primeiro jogo em casa e decide fora de casa. O adversário será o Nacional, de Manaus.

O Altos fez um primeiro tempo avassalador e praticamente não viu o seu adversário. O time imprimiu um ritmo de jogo acelerado e teve maior posse de bola e volume de jogo. Logo no primeiro minuto Tiaguinho bate falta rasteira perigosa e goleiro Alex afasta bem. O Sparta, de Tocantins resposte com Valdenis, aos dois minutos, ele invade a pequena área, Gideão já tinha saído do gol, mas a bate por cima da trave.

Aos seis minutos, Roger Gaúcho tenta duas vezes. Na primeira oportunidade a zaga tira. A bola volta para o meia e ele finaliza, mas a bola vai para fora. Com 19 minutos, o técnico Oliveira Canindé precisa fazer a primeira mudança porque o zagueiro Everton sente dores, entra Alisson em seu lugar. Aos 21 minutos, o Altos abre o placar com o volante Marconi. Um golaço de fora da área. Com 29 minutos, mas chance do Altos, agora em jogada de Manoel e Joelson. M9 carrega a bola, deixa para Joelson, ele bate forte demais.

Aos 32, Tote marca e amplia o placar em chute rasteiro pela direita. O Altos domina a partida e logo aos 36 minutos, chega aos 3 a 0, com Klenisson marcando após receber um passe açucarado de Manoel.

Inicio de segundo tempo o Sparta, de Tocantins, mexe no time e faz duas mudanças colocando Dimenor e Luan em campo, e o time demonstra uma tímida reação e com um minuto diminui o placar com Jean marcando. 3 a 1, para o Altos. Aos três minutos da segunda etapa, Klenisson tenta em chute rasteiro que assusta o goleiro. E segue só dando Altos em campo, Tote bate falta perigosa, goleiro Alex faz boa defesa, o Joelson ainda empurra para dentro, mas não valia mais nada. Aos 20, mudança no Jacaré, sai Roger Gaúcho, lesionado, e entra Alex Mineiro.

Com 24 minutos, Manoel marca, mas o juiz da posição irregular. Aos 26, mas oportunidade do Manoel, ele recebe boa bola e bate em cima do goleiro Alex. O Altos segue mandando na partida e buscando ampliar sua vantagem. Com 28 minutos, Marconi chega até a linha de fundo e cruza, mas não tinha ninguém para completar. Joelson ainda tem algumas oportunidades, mas o atacante desperdiça.

O Altos segue na briga pelo acesso até a Série C do Brasileiro. O Altos enfrenta o Nacional-AM e faz o primeiro jogo em casa e o segundo fora de casa. As partidas por enquanto estão marcadas para os dias 3 e 10 de junho. 

Com Manoel e Leone entre titulares, Altos recebe Sparta-TO pela Série D

O Altos recebe a equipe do Sparta-TO hoje (27), às 18h, no estádio Felipão, em Altos. O jogo é valido pela 6ª rodada do Brasileiro Série D.

Altos enfrenta o Sparta-TO neste domingo (27) (FOTO: Jailson Soares)

O Altos recebe a equipe do Sparta, de Tocantins, neste domingo (27), às 18h, no estádio Felipão, na cidade de Altos. O jogo é valido pela 6ª rodada da fase de grupos do Brasileiro Série D. Durante a semana o técnico Oliveira Canindé fez mistério sobre a formação titular, mas deve reinserir o atacante Manoel e o zagueiro Leone entre os 11. O Jacaré quer chegar aos 11 pontos e se classificar para a próxima fase sem dificuldades.

“É um jogo de confirmação. Precisamos mostrar também o que todos sabem que somos capazes de mostrar é um jogo que precisamos vencer e sermos mais convincentes e termos a qualidade que eu falei na parte técnica. Acredito que dependendo do que venhamos a fazer nesse jogo você fica com a certeza que nos temos totais condições de passar e brigar pelo acesso”, disse Canindé.

O Jacaré vem de uma vitória diante o Assú, do Rio Grande do Norte, fora de casa, que marcou o reencontro com as vitorias, boa atuação e também mudanças no time, mas Canindé não deve manter a mesma formação.

Manoel e Leone devem voltar ao time titular apos briga entre eles (FOTO: Assis Fernandes)

Durante a semana o treinador sinalizou a saída do zagueiro Vitor Bafana, a atacante Américo e também o volante que foi adaptado na lateral-esquerda Douglas da formação titular. Com isso, uma nova formação tática surge para essa partida e ele volta a apostar em uma linha de frente com três atacantes; Manoel, Joelson e Klenisson.

Entre nomes que tiveram oportunidade na última rodada e se mantem na formação está o lateral-direito Tote, que voltou a titularidade, no lugar de Neilson e deve estar em campo no domingo (27). O jogador fala sobre a importância da partida para o elenco, que dependendo do resultado do outro jogo pode terminar a fase de grupos na liderança.

“Eu vinha trabalhando para isso e agora a oportunidade apareceu novamente. A gente estava sendo cobrado, mas sabemos que a cobrança tem que existir até mesmo em cima de um time que briga por acesso, tenho certeza se conseguimos essa vitória o clima vai ficar ainda melhor”, disse o lateral Tote.

O jogo entre Altos e Sparta (TO) acontece neste domingo (27), ás 18h, no estádio Felipão, em Altos. O jogo é valido pela 6º e última rodada do Brasileiro Série D.





Enquete

Depois de perder por 3 a 0 para a Croácia, a Argentina é a última colocada do grupo D. Qual você acha que é o mais provável futuro dos 'hermanos' na Copa da Rússia?

ver resultado