• cachoeir piaui
  • Campanha salao
  • APCEF
  • Novo app Jornal O Dia
  • TV O DIA att
  • TV O Dia - fullbanner

Notícias Da Arquibancada

20 de abril de 2019

Altos intensifica treinos no feriado focado em confrontos pela Pré-Copa NE

Altos intensifica treinos no feriado focado em confrontos pela Pré-Copa NE

O Jacaré não teve pausa no feriado. O time aguarda a chegada do técico Estevam Soares e por enquanto o auxiliar Denis Alves comanda os treinos

Nada de pausa na equipe do Altos durante o feriado. O time passou por mudanças na comissão técnica e o auxiliar Denis Alves comandou os treinos dos últimos dois dias. O treinador Estevam Soares, 62 anos, assume o time oficialmente na segunda-feira (22). O Jacaré se prepara para disputar a Pré-Copa do Nordeste e o Campeonato Brasileiro Série D, que tem inicio no dia 5 de maio e o Altos enfrenta o Maranhão, em São Luís.

“De inicio, o trabalho é identificar bem o elenco e as características dos jogadores. Observar quais posições irão precisar de reforço uma ou outra contratação nova, mas nada de radicalismo, pois vale lembrar que esse elenco foi vice-campeão piauiense, então não está tudo errado”, disse Denis Alves.

Além das mudanças na comissão, o time também recebeu reforços: Marcinho (meia), Dudu Gago (lateral-direito) e Klenisson (atacante). O meia-atacante Reinaldo Alagoano se apresenta na segunda-feira (22) junto ao treinador Estevam Soares. Os jogadores Wesley, Ramon Baiano, Éder Guerreiro e Ademir, retornam as atividades na segunda-feira, todos foram liberados pela diretoria para visitar seus familiares.

Nos primeiros dias de trabalho sob a tutela de Denis Alves as atividades se dividiam em parte física e depois os treinos táticos. Na manhã de hoje (20) o time realizou atividade no estádio Lindolfo Monteiro, em Teresina. Aquecimento, liberação e depois trabalho em campo reduzido voltado para velocidade, qualidade de passe e posicionamento.

O Altos estreia na Série D do Brasileiro dia 5 de maio e está no Grupo A5 da competição ao lado do Maranhão, Atlético (CE) e Central de Caruaru (PE). A estreia será contra o Maranhão, fora de casa. A equipe deve jogar a Pré- Copa do Nordeste antes, mas o adversário e data ainda não estão definidos. 

15 de abril de 2019

Marcinho Guerreiro é o novo técnico do River

O treinador é conhecido pelos trabalhos vitoriosos no estado do Maranhão.

Após a conquista do título de Campeão Piauiense 2019 veio o pedido de desligamento do treinador Flávio Araújo, e a diretoria do River colocou rapidamente em ação do seu ‘plano B’ e nesta terça-feira (16) Marcinho Guerreiro, ex- Treze, da Paraíba, foi anunciado como novo comandante do Galo Carijó. Junto com ele também chegam membros para compor a comissão técnica. Marcinho é conhecido pelos trabalhos no futebol maranhense.

Natural de São Luís, no Maranhão, Marcinho tem passagens expressivas por alguns clubes do estado, caso do Imperatriz, Moto Club e Sampaio Corrêa. O jovem treinador se aposentou em 2014, no Guarani de Juazeiro (CE) e no ano seguinte começou sua carreira como treinador. Juntamente com Marcinho, a comissão técnica do River será composta pelo auxiliar técnico Cícero Monteiro, pelo preparador físico Gabriel Júnior e pelo preparador de goleiro Airton Higuita.

Esse ano Marcinho Guerreiro estava no Treze, da Paraíba, clube que confirmou sondagens pelo ex- técnico Tricolor Piauiense, Flávio Araújo. Em 2018, o ex- volante viveu seu melhor momento na curta carreira como treinador e foi campeão Maranhense comandando o Moto Club no primeiro semestre. No segundo, colocou o Imperatriz (MA) na Série C do Brasileiro conseguindo um acesso de divisão.

O treinador chega para comandar o campeão Piauiense 2019 na disputa do Campeonato Brasileiro Série D. O River está no Grupo A4 da competição ao lado do Santa Cruz (RN), Floresta (CE), Bragantino (PA). A estreia será no dia 5 de maio. Marcinho Guerreiro se apresenta ao Galo na próxima segunda-feira (24) no CT Afrânio Nunes, data em que o time começa a se preparar para o torneio Nacional. 

Reforços, dispensas e novo técnico: Altos se prepara para disputar Série D

A diretoria anunciou Estevam Soares, ex- Central (PE) e junto com sua chegada o desligamento de cinco jogadores.

Estevam Soares novo técnico do Altos (FOTOS: Divulgação)

O começo de semana foi movimentado na equipe do Altos. Após o vice-campeonato Estadual no ultimo sábado (13) o Jacaré anunciou o desligamento do treinador Maurílio Silva. Sem perder tempo, na segunda-feira (15) o Altos anunciou o nome de Estevam Soares, 62 anos, ex- Central como novo técnico do time visando a disputa da Pré-Copa do Nordeste, que acontece no mês de maio e também do Campeonato Brasileiro Série D. Nesta segunda (15) a diretoria confirmou o desligamento de cinco atletas.

Estevam Soares tem passagens por CSA, Ceará, Atlético Sorocaba, Palmeiras, Portuguesa, Ponte Preta nos últimos 12 anos. Recentemente o treinador estava no Central de Caruaru (PE), equipe que está no mesmo grupo do Altos dentro do Campeonato Brasileiro Série D. Além deles, estão no Grupo D Maranhão (MA) e Atlético (CE). Junto com Estevam chega também o auxiliar técnico Denis Alves, que conhece um pouco do futebol piauiense, pois trabalhou no Flamengo do Piauí, em 2016, na época auxiliando o treinador Athirson Mazzoli. 

A previsão de chegada de Estevam é na próxima segunda-feira (22). Será o terceiro treinador da equipe, após a saída de Leandro Campos e Maurílio Silva.

O time também anunciou mudanças no elenco. Os primeiros quatro reforços são; Reinaldo Alagoano (atacante), Marcinho (meia), Edu Gago (lateral-direito) e Klenisson (atacante). Com essas chegadas, o time desligou cinco peças: Renato Santos (zagueiro), Raigol (atacante), Júnior Paraíba (meia), Andrade (goleiro) e Luizão (atacante). O presidente do clube, Warton Lacerda, afirma que mais três ou quatro jogadores devem ser anunciados nos próximos dias. A reapresentação do Altos acontece na quinta-feira (18), no estádio Felipão, em Altos.

A Série D do Campeonato Brasileiro está prevista para começar no dia 5 de maio e previsão de termino no dia 18 de agosto, aos finalistas. A estreia do Jacaré será contra o Maranhão, fora de casa. 

Reforços

Marcinho é figura bastante conhecida principalmente entre os grandes clubes paraibanos. O jogador teve em 2017 e 2018 no Botafogo-PB e pelo Campinense. Pelos dois clubes, o meia esteve presente nas finais estaduais nos últimos três anos da competição. Esse ano estava no Atlético Cajazeiras, que foi eliminado na semifinal do Paraibano desse ano pela Campinense, no ultimo domingo (14). Aos 37 anos, Marcinho também tem passagens pelo CRB, São Caetano, Santos, ASA, Murici e ainda clubes internacionais como o Marítimo, de Portugal, e Levski Sofia, da Bulgária.

Além deles, o time já havia confirmado a contratação do atacante Klenisson, ex- Ferroviário que retorna ao Altos, pois esteve no elenco 2018. O atacante Reinaldo Alagoano, Fluminense de Feira (BA). O experiente jogador, 33 anos, é natural de Arapiraca, Alagoas. O lateral-direito Edu Gago estava no Central, trabalhando com o novo treinador do Jacaré, o atleta tem muitas passagens por clubes do Distrito Federal. 

14 de abril de 2019

Seis clubes, sem premiação e sem transmissão: O retrato do Piauiense 2019

Com uma competição nada atrativa, o ano de 2019 deve registrar a pior média de público do Campeonato Piauiense nos últimos anos.


River é campeão Piauiense 2019 (FOTO: Victor Costa)

Após pouco mais de três meses, o Campeonato Piauiense se encerrou no último sábado (13) e sagrou o River Atlético Clube campeão, após superar o Altos. A competição há dois anos tem seis equipes brigando pelo titulo e em 2019 não teve premiação em dinheiro para campeão ou vice e os finalistas tem como ‘prêmio’ o calendário para temporada 2020. No caso do River, Copa do Nordeste, Copa do Brasil e Série D do Brasileiro e o Altos, Pré-Copa do Nordeste, Copa do Brasil e Série D. Comparando aos outros estaduais no Brasil o retrato do estado é desanimador.

A grande questão é: Como um Campeonato com seis equipes, sem premiação em dinheiro ou transmissão de TV pode ser atrativo para os próprios clubes, torcedor ou possíveis patrocinadores? A resposta para mudar ou melhorar esse cenário pode ser através das ferramentas modernas como redes sociais e apostar em transmissões em plataformas digitais, mas para isso é necessário o mínimo de investimento.

Eduardo, do River, foi artilheiro com oito gols (FOTO: Jailson Soares)

Em 2018, o prêmio foi de R$ 100 mil reais para o campeão e R$ 50 mil ao vice, porem a Federação de Futebol do Piauí (FFP) e por consequência o estado perderam para 2019 o principal patrocinador - a Caixa Econômica Federal. Esse ano o patrocinador máster foi uma empresa de cervejaria e valor oferecido pela empresa em comum acordo foi rateado entre as seis equipes.  

Assim como o Piauiense, vários outros estaduais se encerraram ou estão em fase de decisão e na maioria deles a realidade é outra. As grandes cifras quando o assunto é premiação pertencem aos Campeonatos Carioca (R$3,55 milhões ao campeão) e Paulista (R$5 milhões ao campeão). Os outros estados, principalmente no Nordeste, os clubes que chegaram a final sabem que não irão receber premiação em dinheiro, porem recebem cotas pelas vendas dos direitos de transmissões da competição. Opa, isso lembra mais um problema!

No Piauí, as transmissão do Campeonato Estadual teve alguns (pouquíssimos) jogos transmitidos pela Rede Meio Norte nos últimos dois anos. Esse ano, simplesmente nenhuma partida foi transmitida. Essa situação é mais complicada, pois a decisão envolve acordo entre FFP e dirigentes.

Final entre River x Altos foi maior público da competição (FOTO: Victor Costa)

Com uma competição nada atrativa, o ano de 2019 deve registrar a pior média de público do Piauiense nos últimos anos. Antes da final, no Albertão, em que o River colocou muitos torcedores no estádio, o jogo da Semifinal ida entre 4 de Julho x Altos foi que registrou maior público, na Arena Itacoatiara, em Piripiri, com apenas 2.073 pessoas. Porém teve jogo com publico de 131 pessoas.

Todos esses dados refletem diretamente nas dificuldades financeiras. A realidade é que se não fossem as cotas nacionais de participação o futebol profissional do Piauí talvez não existisse. 

07 de abril de 2019

Nos acréscimos, Altos vence 4 de Julho e carimba vaga na final do Piauiense

Altos venceu o 4 de Julho por 2 a 1, com gols de Ancelmo e Éder. Ted Love descontou. O titulo será decidido entre Altos e River.

Foi nos acréscimos, mas o Altos garantiu sua vaga na final do Campeonato Piauiense 2019. O time comandado por Maurílio Silva venceu o 4 de Julho neste domingo (7), na Arena Itacoatiara, em Piripiri, pelo placar de 2 a 1, com gols de Ancelmo Júnior e Éder Guerreiro para o Jacaré. Ted Love descontou para o Colorado. Com o resultado, o time de Piripiri deu adeus ao Estadual e o Altos enfrenta o River na finalíssima e segue na briga pelo tricampeonato. O resultado também garante o calendário ao Altos na temporada 2019, já que os finalistas tem vaga na Copa do Brasil, Copa do Nordeste/pré-copa e Série D do Brasileiro (caso não conquiste acesso de divisão).  

A partida foi digna de semifinal. Com drama, emoção e superação principalmente por parte da equipe do Altos, que entrou em campo com a obrigação de vencer e há anos não superava o 4 de Julho em seus domínios. O Jacaré abriu o marcador, aos 43 minutos, com Ancelmo Junior, que dedicou o gol a filha Valentina. “Jogo muito difícil, a equipe do 4 de Julho é bem postada e não é atoa que empatamos três jogos com eles e só agora conseguimos vencer. Estou feliz pela partida e por ter conseguido marcar o gol da Valentina, minha filha que nasceu há três dias”, disse o meia.

O regulamento estava a favor do 4 de Julho e aos 11 minutos do segundo tempo o time chegou ao empate, com Ted Love, acertando um chute rasteiro pela direita. O placar de 1 a 1 classificava o time de Piripiri, pois fez melhor campanha na primeira fase.

Teoricamente classificado, o técnico Paolo Rossi optou por colocar mais um volante em campo e recuou Célio Carioca para zaga, ao lado de Leandro e Gilmar Bahia. Com isso, o adversário todo recuado e precisando marcar o Altos se lançou ao ataque. Aos 38 minutos, Éder entra em campo e aos 45 do segundo tempo o meia-atacante marca o gol da classificação do Altos até a final.

“Eu estava mal, muito doente e o professor (Maurílio) conversou comigo e eu decidi tomar remédios e vir, mas eu amanheci melhor. O treinador optou por me deixar no banco e eu fui feliz, pude ajudar e isso conforta a gente, sair com a vitória e estar na final”, frisa Éder Guerreiro.

O primeiro jogo entre Altos x River pela final do Campeonato Piauiense acontece na próxima quarta-feira (10), no estádio Felipão, em Altos. O jogo de volta será no domingo (14), no Albertão, em Teresina. 

Ancelmo marcou o primeiro (FOTO: Jailson Soares)

30 de março de 2019

Em despedida do Nordestão, Altos perde para o CSA-AL

A equipe piauiense começou vencendo, mas não conseguiu segurar o placar e cedeu a vitória por 2x1 ao CSA-AL.

Cruzamento de Radsley, o zagueiro do CSA desviou e assim Altos abriu o placar (FOTO: Elias Fontenele)

A equipe do Altos se despediu da Copa do Nordeste 2019 com nova derrota. O time começou o jogo marcando, mas cedeu a virada ao CSA-AL e jogo se encerrou no placar de 2x1, no estádio Albertão. Os gols foram de Didira e Victor Silva para o CSA, e Ronaldo Alves (contra0 para o Altos. O Jacaré está fora da competição Nordestina e saí da primeira fase com apenas dois pontos somados. Agora, foca nas semifinais do Piauiense que enfrenta o 4 de Julho na próxima quarta-feira (3), às 15h45min, no estádio Felipão, em Altos.

O jogo

O primeiro tempo foi fraco e de pouca movimentação das duas equipes.  Apesar disso, o Altos conseguiu abrir o placar aos cinco minutos, em gol contra de Ronaldo Alves, em cruzamento de Radsley, o zagueiro coloca o pé para tirar e desvia a direção do chute.

Depois disso, muita troca de passe, mas desorganizado e sem reais chances. Aos 22, Andrade faz defesa, mas sem sustos a meta do Jacaré. Aos 25 minutos, Radsley arrisca de longe. Fim de primeiro 1 a 0 para o Altos.

Vale destacar que o time do técnico Maurílio Silva veio completamente mudada para esse jogo, pois essa partida marca a despedida do time da Copa do Nordeste. A zaga teve a estreia do garoto Jandielson, 20 anos, que veio por empréstimo do Sport (PE) e ainda não tinha entrada em campo. E nomes como capitão Dos Santos e a dupla de zaga Renato Santos e Ramon Baiano foram para banco como forma de descansar os atletas pensando nas semifinais do Estadual que acontecem na quarta-feira (3) e domingo (7) diante o 4 de Julho.

Altos se despediu da competição Nordestina (FOTO: Elias Fontenele)

Inicio de segundo tempo e o técnico Maurílio Silva mexe na equipe e coloca Ramon Baiano para saída de Raygol. Fica com três zagueiros em campo e chama a equipe do CSA para sua área. Logo aos sete minutos, o CSA chega ao empate com Didira, em chute da entrada da pequena área.

Depois disso, o adversário cresce na partida e Patrick Fabiano, que entrou no segundo tempo quase marca o segundo aos nove minutos. Chute forte que assusta o goleiro Andrade. Patrick teve nova chance aos 13 minutos, a bola subiu demais. O CSA seguia melhor no jogo e com melhores chances e aos 29, Dawhan arrisca de longe a bola toca o travessão e sai.

O gol da virada saiu aos 36 minutos da segunda etapa com Victor Silva. Jogada bem trabalhada pela equipe alagoana, cruzamento, Sidney era o corte. A bola sobra para Victor, que estava livre. 2 a 1 para o CSA.

Altos se despediu da competição Nordestina (FOTO: Elias Fontenele)

Com o resultado, o Altos encerra a Copa do Nordeste com a pior campanha entre os 16 clubes. Apenas dois pontos somados, em oito jogos. Dois empates e seis derrotas. O time tem ainda o Campeonato Piauiense e Série D do Brasileiro na temporada.  

29 de março de 2019

Definidas datas das semifinais do Campeonato Piauiense

Os jogos acontecem na próxima quarta-feira (3) e domingo (7). As semifinais serão entre River x Parnahyba e 4 de Julho x Altos.

River tem vantagens por ter terminado em 1º (FOTO: Victor Costa)

Foram definidas as datas e horários dos jogos da semifinal do Campeonato Piauiense 2019. O primeiro jogo das duas semifinais acontece na próxima quarta-feira (3). Um em Parnaíba e o outro na cidade de Altos. Os jogos de volta acontecem no domingo (7) e a vantagem de jogar por dois empates ficou com o líder River, 19 pontos e o vice-líder 4 de Julho, com 18 pontos.

O confronto entre River e Parnahyba terá jogos acontecendo na quarta-feira (3) e domingo (7). O primeiro jogo será no estádio Pedro Alelaf, às 20h, na cidade de Parnaíba. O jogo de volta acontece no estádio Albertão, às 16h, em Teresina. A vantagem no regulamento é do Galo Carijó, pois o time encerrou a primeira fase da competição na liderança e por isso joga por dois resultados iguais (empates).

Altos recebe o 4 de Julho (FOTO: Jailson Soares)

A outra semifinal terá o confronto entre 4 de Julho x Altos. O primeiro jogo também acontece na quarta-feira (3), porém no estádio Felipão, às 15h45min, na cidade de Altos. O jogo de volta será na Arena Itacoatiara, às 9h da manhã, em Piripiri. Neste caso a vantagem de jogar por empates é do 4 de Julho.

As partidas definem os finalistas do Campeonato Piauiense 2019. O Altos atualmente é o bicampeão Estadual. 

28 de março de 2019

Semifinais : River enfrenta Parnahyba e Altos mede forças com 4 de Julho

As datas dos jogos ainda serão definidas em reunião na FFP, mas ambas as partidas serão ida e volta.

River ficou no empate sem gols contra o Piauí (FOTO: Jailson Soares)

No Litoral, o Parnahyba fez o dever de casa e conseguiu vencer o Altos por 2 a 0, gols de Vitinho e Wagner. Em Piripiri, o 4 de Julho venceu o Flamengo por 2 a 1 e terminou a competição em segundo lugar e de quebra eliminou o Flamengo. As semifinais serão entre River e Parnahyba. 4 de Julho contra o Altos. Os jogos serão ida e volta com a vantagem de decidir em casa para River e 4 de Julho. As datas serão definidas. 

Em Teresina 

River x Piauí ficaram no empate sem gols na noite de ontem (27), no estádio Albertao. O jogo valido pela 10° e ultima rodada do Estadual. Com isso, Piauí encerra sua campanha na competição como lanterna, apenas sete pontos somados. O River, já estava classificado e brigava apenas para se manter pontuando e com a liderança do Estadual. 

O jogo 

River vai enfrentar o Parnahyba pela semifinal (FOTO: Jailson Soares)

O primeiro tempo do jogo foi morno e de pouca movimentação e criação dos dois lados. A melhor chance de abrir o placar saiu aos 28 minutos, em chute perigoso de Juliano, apos receber bom passe de Eduardo. Juliano gira, bate, assusta o goleiro Robson. Aos 32, Biro Biro vai até a linha de fundo bate cruzado, Robson defende. O Piauí só responde aos 36, com Zezinho arriscando um chute de longe, que nem chega a assustar o goleiro Mondragon. 

Segundo tempo e logo aos 13 minutos o River assusta com Eduardo, de longe. Depois disso, o Galo começa a mexer e entram em campo Rhuann e Cris, dois atacantes, o técnico Flávio Araújo não estava contente com o novo empate sem gols. 

Com 26 minutos, Rhuann tem a chance mais clara do River no jogo. Bola cruzada por Cris, ele bate por cima e bola sai. Aos 32, Rhuann aparece de novo. Contra ataque o atacante avança, sai livre de cara com Robson, mas bola toca a sua mão quando vai comuns de juiz da falta.

O River encerra a primeira fase do Estadual com 19 pontos somados. Agora, o Galo se prepara para as semifinais que enfrenta o Parnahyba, quatro colocado, com 12 pontos. 

26 de março de 2019

Com retornos importantes, Altos enfrenta Parnahyba no litoral

Para a partida do Jacaré terá Ancelmo Junior e Raygol de volta, após semanas. Em compensação alguns atletas cumprem suspensão automática.

Altos visita o Parnahyba (FOTO: Jailson Soares)

O Parnahyba recebe o Altos nesta quarta-feira (27), às 20h, no estádio Mão Santa, em Parnaíba. O Parnahyba tem nove pontos somados e ocupa a 5ª colocação na tabela e no momento está fora das semifinais do Campeonato Piauiense. O Altos é o vice-líder, com 15 pontos e busca a vitória para poder sonhar com a liderança, mas não depende apenas de si.

“Sabemos que terminar em primeiro não depende apenas da gente, mas precisamos fazer nossa parte e busca essa vitória até mesmo coo forma de manter a campanha, dar sequencia aos nossos resultados”, disse Dos Santos Capitão do Altos.

O Jacaré tem retornos importantes para esse jogo, após semanas com o departamento médico lotado o meia Ancelmo Junior, mais de um mês fora da equipe por conta de lesão na coxa e o atacante RayGol voltando de um estiramento na coxa estão entre os relacionados para a partida no litoral e são opção para o técnico Maurílio Silva.

No Altos, as baixas serão o lateral Thiaguinho, o atacante Raphael Freitas e o volante Sidney, ambos cumprindo suspensão automática. O Parnahyba, do técnico Aroldo Moreira, além de vencer seu compromisso precisa torcer por um tropeço do Flamengo diante o 4 de Julho. O Tubarão tem em nove jogos – duas vitorias, três empates e quatro derrotas.

Provável formação do Altos: Andrade, Caíque, Ramon e Renato Santos, Wesley; Netinho, Dos Santos, Junior Paraíba, Humberto; Éder Guerreiro, Luizão.

Está será a 10ª e última rodada da 1ª fase do Campeonato Piauiense e define os quatro times semifinalistas. Além de Parnahyba x Altos, 4 de Julho x Flamengo e River x Piauí medem forças.

 

Confira a lista de atletas relacionados para o jogo:

 

01- Andrade

02- Neto

03- Wesley

04- Barata

05- Renato Santos

06- Caique 

07- Ramon

08- Jorginho

09- Dos Santos

10- Humberto

11- Netinho

12- Eder

13- Ancelmo

14- Junior Paraíba

15- Luizão

16- Rafael Piauí

17- Raigol

Suspensos:

01- Thiaguinho

02- Raphael Freitas

03- Sidney

Não relacionados:

01- Jandielson

02- Radsley

Departamento Médico:

01 – Fernando Henrique

02- Ademir

03 – Leone

04- Manoel

25 de março de 2019

Dos Santos cita frustração no Nordestão: “O Altos não é mais debutante"

Após a nova derrota contra o Náutico (PE) o time piauiense não tem mais chances de se classificar até a próxima fase da Copa do Nordeste

Dos Santos lamenta o time não ter mais chances de classificação (FOTO: Elias Fontenele)

O Altos perdeu mais um jogo na Copa do Nordeste e não tem mais chances de classificação até a próxima fase. No dia 30 de janeiro o time volta a campo pelo Nordestão, quando encara o CSA (AL), mas apenas cumprindo tabela. O time tem em sete jogos, dois pontos somados, dois empates e cinco derrotas. Essa é a terceira participação do Jacaré na Copa do Nordeste (2017/2018/2019).

Após o novo resultado negativo o Capitão Dos Santos citou a frustração de não conseguir avançar na competição. “É um terceiro, né? O Altos não é mais um debutante na competição e nos esperávamos com o novo regulamento conseguir fazer uma boa competição e começamos até bem com dois empates, mas acabamos não pontuando principalmente nos jogos em casa e acaba sendo frustrante. Esperávamos dar alegria para o povo piauiense, povo Altoense, além de nós jogadores aparecer para vitrine do Nordeste e do Brasil”, afirmou Dos Santos.

No último sábado (23) o Alviverde perdeu para o Náutico por 2 a 0, fora de casa. O time soube suportar bem pressão do adversário ao longo de todo o primeiro tempo. No segundo tempo, aos 29 minutos, Netinho faz falta em Wallace dentro da pequena área e o Timbu conseguiu abrir o placar de pênalti.

“A partir dali nosso time deu uma baqueada. Sabíamos que se conseguíssemos segurar um pouco mais eles uma bola a nosso favor resolveria o jogo”, acrescentou o Capitão do Altos.

Sem chances no Nordestão o time volta suas atenções completamente para o Campeonato Piauiense. O Altos entra em campo pelo Estadual no dia 27, próxima quarta-feira, quando acontece a ultima rodada da 1ª fase. Na competição o Altos é vice-líder. Precisa vencer e torcer por um tropeço do River diante o Piauí para terminar na liderança. O jogo entre Parnahyba x Altos será às 20h, no estádio Mão Santa, em Parnaíba.

23 de março de 2019

Altos perde para Náutico e segue sem vencer na Copa do Nordeste

O time perdeu para o Náutico por 2 a 0. Ainda resta uma partida da 1ª fase da competição contra o CSA (AL), mas o Altos tem remotas chances de classificação.

Altos perdeu para o Nautico (FOTO: Luis Junior)

O Altos segue sem vencer na Copa do Nordeste. Na noite de hoje (23) o time perdeu para o Náutico (PE) fora de casa, no estádio dos Aflitos, em Recife, em Pernambuco.  O placar de 2 a 0 foi construído por Wallace, de pênalti e Maylson, ambos entraram no segundo tempo da partida. O Jacaré segue sem vencer na competição Nordestina e tem apenas dois pontos somados em sete jogos e remotas chances de classificação até a próxima fase.

O jogo

Primeiro tempo foi equilibrado, apesar da melhor chance de abrir o placar ter surgido com para o Náutico (PE). Aos três minutos, cobrança de falta. Humberto ajeita para Radsley, ele finaliza, mas a bola sobe demais. 18 minutos, Náutico assusta com chute rasteiro de Assís da entrada da pequena área, mas Andrade defende. Dois minutos depois o Timbu aparece novamente, em contra ataque, Thiago invade a pequena área, gira e bate, bola sai.

Aos 21, Altos tenta com Éder Guerreiro em chute colocado, mas é a vez de Bruno aparecer bem na defesa. Com 24 minutos, bola cruzada na pequena área e ela passa por todos da defesa do time piauiense, atacante faz o desvio e Andrade faz super defesa , de joelho. A melhor chance do time pernambucano na partida. Com o estádio Aflitos praticamente lotado, o final do primeiro tempo do time foi sob vaias do torcedor que demonstrava impaciência com a falta de gols. O Altos estava bem na partida, porem seguia sofrendo com seu maior pesadelo da temporada, pouco poder ofensivo.

Inicio de segundo tempo e só quem mexe é o Náutico. Marcio Goiano coloca Jorge Henrique em campo. O time assusta aos 13 minutos, mas Andrade faz defensa em dois tempos. Aos 21, a bola chega até a pequena área e Thiago tenta chegar, mas Dos Santos corta. O primeiro gol do Náutico saiu aos 31 minutos, com Wallace marcando de pênalti, cometido por Netinho.

O mais próximo do empate que o Altos chegou foi aos 35, com o atacante Luizão. Bola lançada, o goleiro já tinha saído das traves, Luizão bate errado e bola vai para fora. Aos 39, o Náutico ampliou o placar com belo chute de Maylson, sem chances de defesa para o Camisa 1 do Jacaré.

O Altos segue sem vencer na competição Nordestina. Agora, são sete jogos, dois empates e cinco derrotas. Na Copa do Nordeste o time volta campo somente no dia 30 de março, quando recebe o CSA (AL), em Teresina. Antes disso, o Jacaré visita o Parnahyba no litoral pelo Campeonato Piauiense. 

22 de março de 2019

No Arruda, Altos faz último treino antes de jogo contra o Náutico

O Jacaré treinou no estádio do Arruda na tarde de hoje (22). Amanhã (23) o time enfrenta o Náutico pela Copa do Nordeste

Altos treinou no estádio do Santa Cruz (FOTO: Luís Junior)

O Altos chegou a Recife, em Pernambuco, na manhã de hoje (22) e realizou atividade no estádio do Arruda, do Santa Cruz. O treino foi o ultimo antes do jogo contra o Náutico, que acontece neste sábado (23), às 18h, no Estádio dos Aflitos. O jogo é valido pela 7° rodada da Copa do Nordeste. O Jacaré ainda não venceu na competição e é vice lanterna do seu grupo, com apenas dois pontos.

"Sabemos que será um jogo muito difícil, mas precisamos chegar vivos para o jogo contra CSA, na ultima rodada", disse o treinador Maurílio Silva.

A mudança confirmada na formação titular é do goleiro. Machucado, Fernando Henrique sequer viajou com a delegação e Andrade volta à titularidade debaixo das traves. A duvida é o zagueiro Leone, com dores no joelho e tornozelo, viajou, mas não participou do rachão na sexta-feira (22) e será analisado horas antes da partida para definir se vai a campo.

O departamento médico do Altos segue movimentado. Para esse jogo o técnico Maurílio Silva não conta com os atacantes Manoel e Raygol, volante Jorginho, meia Ancelmo, o goleiro Fernando Henrique, lateral Ademir e zagueiro Ramon Baiano. Desses, dois estavam na formação titular que enfrentou o River na última quarta-feira (20) pelo Campeonato Piauiense. 

Na Copa do Nordeste o Altos fez seis jogos e acumula dois empates e quatro derrotas. Provável formação: Andrade, Caíque, Leone e Renato Santos, Thiaguinho; Netinho, Dos Santos, Sidney, Humberto, Eder Guerreiro e Raphael Freitas. 

O jogo entre Náutico x Altos acontece neste sábado (23), às 18h, no Estádio dos Aflitos, em Recife. A partida é valida pela 7ª rodada do Nordestão. 

21 de março de 2019

River assume forçar cartões para evitar baixas nas semifinais do Piauiense

“Eram três jogadores que nos tínhamos programado para receber o terceiro cartão amarelo”, disse Flávio Araújo

Zagueiro Cris assume que companheiros forçaram cartão (FOTO: Victor Costa)

jogo entre River e Altos se encerrou em empate sem gols. Dentro de campo a partida foi pouco movimentada, mas fora dele a declaração de alguns jogadores acabou chamando atenção. Após o 0x0 alguns jogadores do River assumiram ter forçado o terceiro cartão amarelo para chegar até as semifinais do Campeonato Piauiense zerados e assim não ter possibilidade de desfalcar o time.

“Eu acho que deu tudo certo o planejamento, quem estava com dois cartões tomou o terceiro e agora a gente pode entrar 100% na semifinal”, declarou o zagueiro Cris.

Questionado sobre as declarações dos seus jogadores o técnico do River, Flávio Araújo confirmou que existia mesmo a intenção que os atletas cumprissem logo essa punição. “Eram três jogadores que nos tínhamos programado para receber o terceiro cartão amarelo e dois pegaram – João Paulo e Maceió”, disse Flávio.

Flávio Araújo (FOTO: Victor Costa)

Essa preocupação por parte dos jogadores é devido o regulamento do Campeonato Piauiense, que não zera os cartões amarelos para as semifinais. E a preocupação era porque os ‘pendurados’ poderiam receber o terceiro cartão na 10ª e ultima rodada da 1ª fase e desfalcar a equipe no primeiro jogo das semifinais.  

Ao total foram distribuídos sete cartões amarelos na partida e um vermelho, no caso para o volante Sidney, expulso aos dois minutos do primeiro tempo. No Altos, dois jogadores que estavam pendurados receberam o terceiro cartão – Thiaguinho e Raphael Freitas, porem ninguém da equipe assumiu ter forçado para receber cartão na partida.

                                                                 

Com presença de Falcão, Arena Verdão será reinaugurada dia 7 de abril

A grande atração do evento será a presença de Falcão, conhecido mundialmente como melhor jogador de futsal de todos os tempos.

Falcão esterá em Teresina (FOTO: CBFS)

A principal praça desportiva do estado está de volta. A Arena Verdão será reinaugurada oficialmente no dia 7 de abril, às 17h, com uma vasta programação. A principal delas será o jogo entre Amigos do Falcão x Futsal Piauiense. Depois de firmada a Parceria Público Privada (PPP), o jogo marca uma serie de atividades que serão realizadas no ginásio.

A grande atração do evento será a presença de Falcão, conhecido mundialmente como melhor jogador de futsal de todos os tempos, com 401 gols marcados na seleção e maior artilheiro em Copas do Mundo, mas vai contar também com muitos nomes do futebol de salão do estado que construíram suas carreiras fora do país e chegaram a vestir a camisa da seleção brasileira.

Evento terá Falcão em quadra (FOTO: Divulgação)

Através da PPP, o objetivo é trazer vários eventos de porte nacional e até mesmo internacional para acontecer no Piauí ainda neste ano de 2019 e assim atrair maior publico para as modalidades de quadra do estado. Uma das pretensões é sediar um jogo do Novo Basquete Brasil (NBB) e sediar eventos nesse padrão mensalmente.

No Piauí, Clemilton Mirando, ex- jogador, que vestiu camisa da seleção e hoje é um dos principais técnicos do estado fala sobre a importância de voltar a ter o Verdão como casa para o futsal. “Sabemos o quanto as modalidades de quadra são carentes aqui no estado e ter um local como o Verdão para receber competições de padrão nacional ou até mesmo internacional faz toda a diferença e ter um cara como o Falcão em quadra incentiva e motiva qualquer amante do futsal”, afirmou.

Junto com a presença do Falcão será implantando também em Teresina uma sede da Escolinha do Falcão, que tem como objetivo descobrir talentos, mas principalmente formar cidadãos através da pratica do esporte. As crianças de 7 a 15 anos podem se inscrever na escolinha e aquelas inscritas até o dia 5 de abril terão oportunidade de tirar uma foto com o craque no dia da Reinauguração da Arena Verdão. 

18 de março de 2019

Com renovações, equipe do GHC se prepara para temporada 2019

A equipe irá disputar a seletiva do Mundial e o Brasileiro em que busca o quinto titulo consecutivo.

Equipe retornou aos treinos visando competições da temporada (FOTO: Elias Fontenele)

A equipe do GHC é a principal representante quando o assunto é handebol de quadra do Piauí. Os garotos comandados por Giuliano Ramos retornaram as atividades há quase um mês e começam a se preparar para temporada 2019, que tem entre as principais competições a seletiva para o Mundial Escolar e a busca pelo quinto título consecutivo no campeonato Brasileiro Júnior.

“A seletiva do Mundial já saiu e se me engano acontece em outubro e tem também o Brasileiro que somos tetracampeões. Além disso, estamos esperando sair o calendário da confederação e saber as competições de clubes e também tem os jogos escolares. Estamos tentando inicialmente adquirir o condicionamento físico e trabalho técnico com os meninos para poder depois fazer a parte tática visando algumas competições antes para poder ter noção de como está o preparo”, explica Giuliano Ramos.

Giuliano Ramos técnico (FOTO: Elias Fontenele)

O ano também é de renovação, pois muitos atletas mudaram de categoria ou até receberam propostas de clubes de fora do estado. Giuliano Ramos vive o desafio de fazer essas trocas sem que a equipe perca qualidade e por isso o Centro de Treinamento Giuliano está lotado de atletas com idade entre 15 e 18 anos.

Entre as novas caras tem jogadores do Pará, Pernambuco e Rio Grande do Sul. O goleiro Felipe e o armador direito Gabriel são do outro extremo do país e falam sobre essa adaptação e principalmente a importância de representar uma equipe com tantos títulos nacionais e internacionais.

Foco na parte física (FOTO: Elias Fontenele)

“Eu não conhecia muito o estado ou handebol daqui, mas a adaptação está sendo boa principalmente pelo grupo que é muito bacana”, disse Gabriel. “Eu estou realizando um sonho, pois já conhecia a história do Giuliano pelo fato de ter construído o próprio CT e essa possibilidade de jogar um Mundial motiva qualquer atleta”, acrescentou o goleiro Felipe.

A primeira competição da temporada será o Campeonato Piauiense de Handebol. O GHC vai entrar com duas equipes, a Adulta e a Juvenil como forma de testar os garotos e depois disso os atletas disputam o São Luís Open. O Piauiense terá inicio somente em abril.  

17 de março de 2019

Altos em números: Como está a temporada do bicampeão Piauiense?

Em 15 jogos, o Jacaré tem uma média de 1.46 gols marcados no ano e dois gols sofridos por partida.

R. Freitas é o artilheiro do time na temporada com seis gols (FOTO: Elias Fontelene/ODIA)

O Altos é o principal representante no estado do Piauí na temporada 2019, pois o time está/estava em todas as competições nacionais que o estado pode oferecer. O Jacaré é o atual bicampeão Piauiense e esse ano busca o tricampeonato e principalmente manter o bom calendário nacional, que depende do titulo. Mas em números, como está a temporada Alviverde?

No Campeonato Piauiense o time é o terceiro colocado, com 14 pontos somados em oito jogos. Ainda restam duas partidas até definir os quatro classificados para as semifinais. O próximo confronto pelo Estadual será contra o River, ás 20h, no Albertão. O jogo marca a tentativa de revanche do Alviverde, pois no primeiro encontro saíram de campo com uma derrota por 2x1, em casa. Na competição o time tem 58% de aproveitamento.

O Altos fez 15 jogos no ano. Oito pelo Campeonato Piauiense, seis pela Copa do Nordeste e um na Copa do Brasil. Em 15 jogos, o time soma quatro vitórias, quatro empates e sete derrotas.

O Jacaré marcou 23 vezes em 15 jogos (FOTO: Elias Fontenele)

Os números chamam mais atenção quando fazemos uma comparação entre defesa e ataque. O Jacaré tem 23 gols marcados na temporada em 15 jogos, uma média de 1.46 por partida, com destaque para Raphael Freitas, com seis gols e por consequência artilheiro do time na temporada e do Estadual.

A média de gols por partida seria até boa se não fosse o contra ponto defensivo, em que o time tem uma média de dois gols sofridos por jogo. Em 15 partidas, 30 gols sofridos. Nesses números vale destacar dois resultados em especifico que agravou essa média – o 7x1 diante o Santos (Copa do Brasil) e a derrota por 5x0 contra o Bahia (Copa do Nordeste/5ª rodada) nessas duas partidas foram 12 gols tomados, quase a metade do total.

O Jacaré começou a temporada sob o comando de Leandro Campos, técnico Gaúcho. Após a derrota para o River (2x1) houve a troca de comando e Maurílio Silva assumiu o elenco. Na Copa do Nordeste o time tem remotas chances de classificação, e após a nova derrota diante o Botafogo (PB) no sábado (16) a possibilidade ficou ainda mais distante. Restando duas rodadas o time piauiense tem Náutico (fora) e CSA (em casa) pelo Nordestão.

A equipe está em 3ª lugar no Piauiense (FOTO: Jailson Soares)

O Altos sempre foi conhecido pelo poder ofensivo, formações táticas com três atacantes e com nomes como: Genesis, Joelson e Manoel, que segue no elenco, mas lesionado, balançando as redes. Esse ano acontece o oposto. O elenco está enxuto e faltam peças do meio para frente. Na última semana a diretoria contratou o atacante Radsley, que se apresentou na quinta-feira (14) e jogou no sábado (16), e além dele, outros nomes devem chegar nós próximos dias, visando reta final de Copa do Nordeste e Brasileiro Série D, pois no Piauiense a fase de inscrição de atletas se encerrou faz um tempo.

10 jogadores marcaram na temporada (FOTO: Elias Fontenele)

Apesar de Raphael Freitas (seis gols) se destacar no ataque, o Altos 2019 têm gols distribuídos entre 10 jogadores do elenco: Luizão (dois), Netinho (dois), Humberto (dois), Éder Guerreiro (dois), Dos Santos (dois), Ramon Baiano (dois), Wesley (um) e Caíque (um), Thiaguinho (um) o gol que fecha os 23 do ano foi contra, de Renan, do Parnahyba.

Outro problema que cerca a equipe em 2019 é o departamento médico sempre movimentado. No momento, Ancelmo (anterior da coxa), Ademir (virilha), Jorginho (posterior da coxa), Raygol (estiramento na posterior da coxa) e Manoel, com lesão de menisco e necessidade de cirurgia estão no DM. Com isso, o técnico Maurílio tem dificuldades de formar o time titular ou mesmo poupar atletas devido à falta de opção em alguns setores. A dois meses todas as peças não estão a disposição para uma partida. 

O time volta a campo na quarta-feira (20) quando visita o River, às 20h, no estádio Albertão. No Nordestão, o compromisso será no sábado (23) contra o Náutico (PE), no estádio dos Aflitos, em Recife.

 

Maurílio Silva técnico (FOTO: Elias Fontelene)          

16 de março de 2019

Piauiense de atletismo une gerações e tem destaques no arremesso de peso

Piauiense de atletismo une gerações e tem destaques no arremesso de peso

Marcos Vinicius, 23 anos, voltou a competir no arremesso e lançamento depois de cinco anos parado. Luís Fábio, 18 anos, foi campeão com a marca de 18m40cm.

Luís Fábio campeão na prova de arremesso de peso (FOTO: Assis Fernandes)

Que o estado do Piauí é referência nas provas de velocidade não é novidade, mas nos últimos anos o estado também ganhou destaque nas provas de arremesso (de peso) e lançamento (disco/dardo/martelo). Neste sábado (16) aconteceu o Campeonato Piauiense de atletismo Adulto, Sub20 e Sub18, na pista de atletismo da UFPI e prova reuniu duas gerações.

De um lado o garoto Luís Fábio, 18 anos, promessa na modalidade nas provas de arremesso e lançamento. Fabinho, como é chamado pelos colegas, saiu da pista do setor de esportes da UFPI campeão Estadual com a marca de 18m40 no arremesso de peso. Mas dessa vez ele teve como adversário Marcos Vinicius, 23 anos, que depois de cinco anos voltou a competir.

Marcos Vinicius atleta (FOTO: Assis Fernandes)

“A sensação de voltar a competir foi muito boa, senti muita satisfação e era isso que eu esperava. Por alguns motivos eu tive que deixar o atletismo, pois antes não tinha tanto apoio como hoje. A motivação hoje é maior, pois antes não tinham tantos atletas com qualidade e isso fez com que eu não conseguisse evoluir tanto na época”, disse Marcos.

Entre os 14 e 17 anos Marcos Vinicius foi a referência no estado nas provas de arremesso e lançamento. Ainda garoto chegou a conquistar medalha em campeonato Sul-Americano e agora voltou aos treinos sob o olhar do técnico Antônio Nilson. “Ele (Marcos) ficou parado cinco anos e retornou agora, mas é um atleta muito talentoso e está treinando apenas dois dias na semana, mas é um começo para que ele consiga fazer grandes marcas assim como nas categorias de base”, conta.

Antonio Nilson técnico (FOTO: Assis Fernandes)

Luís Fábio hoje é dono das melhores marcas do estado e busca índice para Pan e Sul-Americano esse ano. E nada melhor do que ter um concorrente forte dentro do estado para se motivar. “Conversei pouco com ele, mas eu o admiro muito, pois meu treinador já falava dele para mim e estar competindo com ele é bacana. Sempre é bom ter um concorrente no mesmo nível, você tem aquela disputa por aumentar marcas sem perceber só querendo ganhar”, brinca Luís.

Marcos Vinicius conseguiu arremessar 14m47cm e foi vice-campeão da prova. O titulo ficou com Luís Fábio que em três arremessos teve como melhor marca 18m40cm. A meta é chegar aos 18m50cm exigido para garantir vaga no Pan e Sul-Americano. 

Piauiense de atletismo acontece no setor de esportes da UFPI (FOTO: Assis Fernandes)





Enquete

Você tem visto policiamento nas estações de ônibus em Teresina?

ver resultado