• Curta Doar
  • Teresina 167 anos
  • Casa dos salgados
  • Novo app Jornal O Dia

Notícias Da Arquibancada

22 de agosto de 2019

Técnico precoce, finanças e busca por títulos: Desafios de Rubens no FLA-PI

Técnico precoce, finanças e busca por títulos: Desafios de Rubens no FLA-PI

Rubens Gomes foi eleito novo presidente do Flamengo-PI em eleição com chapa única. De cara, o novo mandatário anunciou o nome de Paulo Moroni como técnico

Um velho conhecido do torcedor do Flamengo do Piauí, mas dessa vez no comando, dando as ordens na diretoria. Essa será a função de Rubens Gomes, que tem como desafio tirar o Flamengo do jejum de títulos e principalmente reorganizar a parte financeira do clube. O presidente eleito na tarde dessa quarta-feira (21) de cara anunciou o técnico para temporada 2020: Paulo Moroni.

Paulo Moroni foi anunciado como técnico para 2020 (FOTO: Ascom Campinense)

“Moroni estará em Teresina nesta sexta-feira para uma primeira conversa comigo e as outras pessoas que fazem parte da nova gestão do Flamengo. Quero contar com o trabalho dele como treinador”, afirmou Rubens Gomes, novo presidente Rubro-Negro.

Paulo Moroni comandou o Flamengo no último título Estadual, quando foi campeão Piauiense 2009. Atualmente, está afastado do comando de equipes e trabalhou como coordenador técnico do Sampaio em 2018 e Campinense em 2019.

Rubens Gomes não nega a admiração ao trabalho do treinador, mas sabe que muito precisa ser feito dentro do clube e até não esconde que objetivo pessoal não era assumir a presidência do clube agora. “Não foi fácil aceitar, queria que o Doutor Fernando Modesto fosse presidente, mas ele alegou problemas pessoais. Depois disso, decidimos ir para essa batalho. Temos consciência de que será um trabalho muito difícil”, acrescentou.

Rubens Gomes presidente do FLA-PI (FOTO: Jailson Soares)

Apesar de assumir a equipe com muitas dividas e processos trabalhistas o presidente afirma que sabendo trabalhar existem reais condições de voltar a chegar a final do Piauiense e por consequência garantir as vagas nacionais e cotas de participação. “O nível do Campeonato (Piauiense) não varia muito. Sabendo trabalhar dá para montar um bom elenco que possa brigar pelo título sem tantos custos”, explicou o novo mandatário.

Rubens Gomes assume a presidência do FLA-PI no lugar de Everaldo Cunha, que geriu o clube no último ano, após a desistência de Tiago Vasconcelos. O vice-presidente é Cacio Leal. Para 2020, o Flamengo tem apenas a disputa do Campeonato Piauiense.  

19 de agosto de 2019

Estádio Miguel Lima é vetado; Timon mandará jogos da Série B no Lindolfo

Estádio Miguel Lima é vetado; Timon mandará jogos da Série B no Lindolfo

De acordo com o Superintendente de Competições da FFP, Daniel Araújo, o Timon confirmou hoje (19) que usará o Lindolfo Monteiro como palco para jogos no Piauiense Série B

A equipe do Timon tentou de todas as formas, mas não poderá ter o estádio Miguel Lima como casa ao longo da disputa da Série B do Piauiense. O estádio Lindolfo Monteiro, em Teresina, será palco das partidas da equipe do Timon. A informação foi confirmada nesta segunda-feira (19) pelo Superintendente de Competições da FFP, Daniel Araújo.

“A situação do Miguel Lima está descartada. O Timon inclusive já comunicou a federação que irá jogar no estádio Lindolfo Monteiro, único estádio que está com todos os laudos em dias e com condições de receber jogos com publico, com isso seu mando de campo será na cidade de Teresina”, explicou Daniel Araújo.

Treino Timon, no estádio Miguel Lima (FOTO: Jailson Soares)

O Timon insistia em mandar seus jogos na cidade vizinha, mas são necessários quatro laudos; vigilância, segurança, policia militar e do Corpo de Bombeiros, que vem sendo a maior dor de cabeça dos clubes que irão disputar a Série B do Piauiense. Devido às dificuldades, o time optou por jogar no Lindolfinho.

Agora, o estádio Miguel Lima segue sendo utilizado somente para treinamentos da equipe. Sob o comando de Marcão, o Timon se prepara para estreia fora de casa, contra o Picos, no dia 6 de setembro. O time recebeu reforços nos últimos dias, caso do goleiro Jailson, ex-4 de Julho e o lateral Paulinho. No dia 26, chegam o atacante Eduardo e o meia Bismarck.

A Federação de Futebol do Piauí (FFP) estendeu o prazo para entrega dos laudos até próxima sexta-feira (23). A maior preocupação por enquanto são os laudos do estádio Gerson Campos, em Oeiras, que será casa do Oeirense e o estádio Helvídio Nunes, em Picos. Os dois locais irão receber os jogos da 1ª rodada da Série B. 

Oeirense contrata centroavante Brandão destaque no Aimoré-RS

Oeirense contrata centroavante Brandão destaque no Aimoré-RS

A equipe foi buscar na região Sul do país seu reforço. O centroavante Brandão irá vestir pela primeira vez a camisa de um clube do Nordeste.

A equipe do Oeirense encerrou sua lista de contratações no ultimo sábado (17). O nome do novo reforço é Brandão, ou melhor, Leonardo Henrique Riboldi Dal Osto, de 23 anos, e com atuação somente em clubes do Rio Grande do Sul. O centroavante se apresenta ao Oeirense nesta terça-feira (20) e inicia a preparação visando à estreia no Campeonato Piauiense Série B. O Oeirense enfrenta o Comercial-PI no dia 7 de setembro.

Leonardo Henrique, o Brandão, se apresenta nesta terça (20) (FOTO: Reprodução)

“Encerramos com o Brandão nossa lista de desejos. Queríamos muito mais um atleta com esse estilo de jogo, que possa fazer o camisa 9 e agora temos mais uma opção além do Rhuann, que já está treinando conosco”, disse o Diretor de Futebol Fabiano Alex.

Leonardo Henrique Riboldi Dal Osto é sulista. Aos 23 anos, o atleta tem como maior destaque a passagem pelo Aimoré (RS) clube que o formou para o futebol profissional, no ano de 2018, entrou em campo em 20 jogos e marcou nove gols com a camisa do time Aimorense. O jogador disputou Campeonato Gaúcho e também a Série C do Brasileiro e no começo desse ano estava no Passo Fundo, mas também tem passagem pelo Caxias do Sul.

Essa será a primeira vez do jovem atacante no futebol do Nordeste e por consequência no futebol piauiense. Leonardo Henrique prefere usar o nome de seu pai, também futebolista – Brandão, Idelbrando Dal Osto, de 49 anos.

Com a chegada de Brandão, o Oeirense encerra a lista de contratações e tem como destaques no setor ofensivo nomes como Caio Cezar, Rhuann e Brandão. A Série B do Piauiense começa no dia 6 de setembro com o confronto entre Picos x Timon. No dia 7, acontece a partida entre Oeirense x Comercial. O Cori-Sabbá folga na 1ª rodada. 

15 de agosto de 2019

De olho em competições nacionais GHC busca fortalecer elenco

De olho em competições nacionais GHC busca fortalecer elenco

A equipe de handebol irá representar o estado na Liga Nacional e nos Jogos Universitários que acontece em outubro.

A equipe adulta de handebol do Piauí conseguiu recentemente um titulo importante, se sagrou bicampeã dos Jogos Universitários Brasileiros fase Nordeste e irá representar o Piauí na fase nacional da competição, que acontece no mês de outubro, em Salvador. Além disso, os atletas tem pela frente à Liga Nacional, principal competição de handebol do país.

Handebol adulto tem duas competições importantes pela frente (FOTO: Reprodução)

“Buscamos defender e quem sabe ser bicampeão nacional, pois somos os atuais campeões do Jubs Nacional. Agora é dar continuidade. Precisamos acrescentar mais atletas, pois na fase nacional são 14 e agora poderemos levar 16 e fora isso é fortalecer mais o grupo, forçar cada vez mais os treinos e busca avançar na Liga Nacional e o Bicampeonato na fase nacional do Jogos”, conta Giuliano Ramos.

As competições são bem distintas, assim como o objetivo da equipe piauiense. Na Liga Nacional, onde estão os principais times de handebol do Brasil o objetivo dos piauienses é seguir surpreendendo como uma escola que sai do eixo Rio-São Paulo, mas que apresenta um handebol de qualidade. Em 2018, chegaram até as quartas de finais, agora querem ir mais longe.

Nos Jogos Universitários entram em quadra para defender o titulo de campeão nacional e a responsabilidade é em busca do lugar mais alto do pódio. “Com muito trabalho e suor conseguimos o primeiro degrau que era o titulo nordeste, agora é pensar na fase nacional com as melhores equipes. Manter o nível de treinos, pois temos duas grandes competições pela frente”, conta Romário Dias.

O GHC irá disputar a Liga Nacional e os Jogos Universitários Brasileiros de Handebol como representante do estado.

13 de agosto de 2019

FFP inicia visitas aos estádios que irão receber Série B do Piauiense

FFP inicia visitas aos estádios que irão receber Série B do Piauiense

Ao longo do dia de hoje (13) a comissão da FFP esteve nas cidades de Picos e Oeiras.

A Federação de Futebol do Piauí (FFP) iniciou as vistorias nos estádios que irão receber a Série B do Campeonato Piauiense. Marcada para iniciar no próximo dia 6 de setembro as equipes que disputarão a competição correm contra o tempo para apresentar os laudos técnicos dos estádios onde vão mandar os seus jogos. As partidas devem acontecer nas cidades de: Picos, Oeiras, Floriano, Campo Maior e Timon. 

FFP visita estádios do interior (FOTO: Reprodução)

O prazo inicial para entrega dos quatro laudos era o começo do mês de agosto. A FFP estendeu o prazo de entrega dos laudos para até a próxima quinta-feira (15) e uma comissão da representando a Federação viajou nesta terça-feira (13) para realizar uma vistoria nas praças esportivas do interior.

Pela manhã de ontem (13), a comissão visitou o estádio Helvídio Nunes, em Picos, que será o palco da abertura da competição. À tarde a equipe se descolou para a cidade de Oeiras, onde realizou vistoria no Estádio Gerson Campos. Nos dois locais foram vistoriados o gramado, os bancos de reservas, as saídas de emergências e os vestiários.

FFP faz visita aos estádios do interior (FOTO: Reprodução)

“São quatro laudos: laudo de segurança; de Vigilância Sanitária; do Corpo de Bombeiros, que esse é o mais complicado, e o laudo de engenharia. O que podemos constatar é que o único impedimento para a liberação dos estádios é a instalação de uma barra antipânico na saída emergência. Essas barras já foram compradas e deverão ser instaladas no final da semana. O Corpo de Bombeiros fará uma nova vistoria e até quinta-feira (22) esses laudos devem estar liberados” explicou Robert Brown, presidente da FFP.

Hoje (14) a comissão está na cidade de Floriano, onde fará vistoria no Estádio Tibério Nunes. Os cinco clubes inscritos na Série B do Piauiense são Comercial, Cori-Sabbá, Oeirense, Picos e Timon. A disputa terá início no dia 6 de setembro com o jogo entre Picos e Timon, às 20h, no estádio Helvídio Nunes, em Picos. No dia seguinte, Oeirense e Comercial se enfrentam às 16h, no estádio Gerson Campos, em Oeiras. O Cori-Sabbá folga na rodada.

Oeirense inicia semana de trabalhos com avaliações físicas

Oeirense inicia semana de trabalhos com avaliações físicas

A estreia pelo Piauiense Série B será em casa, no dia 8 de setembro, contra o Comercial, de Campo Maior, no estádio Gerson Santos, em Oeiras.

Aos poucos, os times que irão disputar a 2ª divisão do Campeonato Piauiense ganham cara. Na última semana foi à vez do Oeirense, comandado por Cicero Monteiro se apresentar as atividades. O representante da cidade de Oeiras é uma das equipes que mais tem nomes conhecidos do futebol piauiense. A estreia será em casa, no dia 8 de setembro, contra o Comercial, de Campo Maior, no estádio Gerson Santos, em Oeiras.

Técnico Cícero Monteiro (FOTO: Reprodução)

Os primeiros dias de atividades envolve muita conversa e também avaliações físicas com os jogadores. Cicero Monteiro é um nome experiente e que inclusive comandou vários clubes do estado: Parnahyba, Picos e Comercial. Na comissão técnica a parte física tem Rômulo Santiago, conhecido pelos trabalhos no River. A responsabilidade frente ao Oeirense é grande, pois entre os cinco times que irão disputar a competição o time foi um dos que mais investiu e essa é a primeira participação em competições estaduais.

No elenco, o Oeirense tem nomes como o goleiro Mondragon, o atacante Rhuann, os volantes Kaio e João Paulo, o lateral Tote, o zagueiro Anderson Alagoano, todos com passagens pelo River em 2019. O experiente meia Paulinho Mossoró, o zagueiro Rodolfo também fazem parte do elenco.

O meia-atacante Caio Cezar, de 23 anos, com passagens pelo Palmeiras e Cruzeiro. O Jogador é natural de Oeiras, mas estará vestindo pela primeira vez a camisa de um clube do Piauí também se apresentou. Apesar da idade, o jogador foi contratado como uma das referencias do elenco.

A estreia do Oeirense será no dia 8 de setembro, ás 16h, no estádio Gerson Santos quando recebe o Comercial. Antes disso, a competição tem o ponta pé inicial com o jogo entre Picos x Timon, às 20h, estádio Helvídio Nunes, na cidade de Picos. O Cori-Sabbá folga na rodada de estreia. 

01 de agosto de 2019

Badminton: Irmãos Farias garantem bronze no Pan-Americano de Lima

Badminton: Irmãos Farias garantem bronze no Pan-Americano de Lima

O badminton do Brasil conquistou resultado histórico em Lima, em Peru. O Piauí tem quatro atletas que irão subir ao pódio.

As disputas nos Jogos Pan-Americanos em Lima, no Peru ainda não se enceraram para o badminton nacional, mas a delegação brasileira já fez historia. O Brasil garantiu vaga em cinco semifinais e com isso pelo menos as medalhas de bronze estão garantidas. Nesses números, três medalhas foram conquistas com atletas piauienses. Os irmãos Francielton Farias e Fabrício Farias e as garotas Samia Lima e Jaqueline Lima. 

Fabrício Farias já garantiu dois bronzes no Pan (FOTO: COB)

“Um momento de emoção espetacular, fantástico e isso mostra nossa luta dentro da modalidade e principalmente saber que é capaz o Piauí ter atletas de alto rendimento”, disse o Presidente da Confederação Brasileira de Badminton (Cbbd) Francisco Ferraz.

Francielton e Fabrício Farias entraram em quadra no começo da tarde de ontem (1º) para enfrentar a dupla formada pelos também irmãos americanos Phelliph Chew e Ryan Chew. Os piauienses forma derrotados no tie-briek por 2 sets a 1 (20-22/21-13/21-17). “Estamos muito felizes com esse momento que vivemos em nossas carreiras e quero agradecer imensamente por todas as energias positivas que foram mandadas, mesmo de longe”, afirmou Francielton Farias. 

O resultado é histórico para o Time Brasil na competição, pois pela primeira vez o badminton conquista cinco medalhas e ultrapassa o resultado do Pan de Toronto 2015 em que a delegação voltou com três pódios – duas pratas e um bronze. Vale lembrar, que a seleção brasileira de badminton é composta por oito atletas, sendo que cinco deles são jovens que estão participando pela 1ª vez do evento multiesportivo.

Samia Lima e Jaqueline Lima brigam por vaga na final hoje (1º) (FOTO: Alexandre Loureiro/COB)

Ontem (31), no começo do dia, os irmãos Farias venceram a dupla da Guatemala por 2 sets 1, no tie briek. No começo da noite, Fabrício Farias e Jaqueline Lima superaram a dupla da República Dominicana formada por Nelson Xavier Nairoby Jimenez por 2 sets 0 (21-8/21-19). A partida mais emocionante da noite aconteceu entre as piauienses Samia Lima e Jaqueline Lima contra as donas da casa Danica Nishimura e Daniela Macias.

Estão nas briga por vaga na final, duplas masculinas com Francielton e Fabrício Farias. Duplas mistas, Fabrício Farias e Jaqueline Lima e duplas femininas com Jaque Lima e Samia Lima. No individual masculino o carioca Ygor Coelho e também a dupla feminina com as brasileiras Fabiana Silva e Tamires Santos.

Jogos Brasil Semifinais (horário de Brasília): 

9hs - Dupla Feminina: Fabiana Silva/Tamires Santos x Canadá

11h15 - Dupla Masculina: Francielton Farias/Fabrício Farias x USA

17h - Simples Masculina: Ygor Coelho x Canadá

17h45 - Dupla Feminina: Jaqueline Lima/Samia Lima x USA

20h - Dupla Mista: Fabricio Farias/Jaqueline Lima  x Canadá.

26 de julho de 2019

Sarah Menezes passa por cirurgia e deve voltar aos tatames no fim do ano

Sarah Menezes passa por cirurgia e deve voltar aos tatames no fim do ano

A piauiense passou por uma cirurgia por conta de uma ruptura total dos ligamentos do musculo do peitoral direito. Sarah deve retornar aos tatames em outubro.

A judoca Sarah Menezes precisou passar por uma cirurgia nas últimas semanas, por conta da ruptura total dos ligamentos do musculo do peitoral direito. A lesão aconteceu após a disputa do Grand Prix de Montreal, no Canadá, em que a judoca saiu da competição com uma medalha de bronze, no dia 5 de julho. Essa é lesão mais seria na carreira da piauiense, que antes disso só havia passado por cirurgia no cotovelo, no começo desse ano.

“Tudo aconteceu em Montreal. Na terceira luta eu senti a lesão, mas não sabia que seria tão grave. Então continuei a luta. Venci e fiz depois com muita dificuldade a disputa do bronze. Quando cheguei ao Brasil avisei meu clube e fizemos uma ressonância e imediatamente eles viram o resultado e resolveram a cirurgia”, conta Sarah Menezes.

A atleta foi operada dia 16 de julho no Rio de Janeiro pelo medico do Flamengo-RJ Marcelo Campos. No dia 19 de julho, a judoca retornou ao Piauí. Depois da lesão, o período é de recuperação e descanso para Sarah Menezes, que está no Piauí, mas optou por viajar até o Litoral com a família.  

“Quero voltar em outubro a treinar e quero competir em novembro, vai depender do meu corpo agora, mas existe essa possibilidade, quero trabalhar nisso”, acrescentou Sarah Menezes.

A lesão é rara entre mulheres e o caso de Sarah Menezes deve ser até estudado. Vale lembrar, que Sarah segue na briga por vaga nas olimpíadas de Tóquio 2020. 

24 de julho de 2019

Diretoria do Oeirense busca ‘Camisa 9’ para fechar contratações

Diretoria do Oeirense busca ‘Camisa 9’ para fechar contratações

O time pretende inscrever 25 jogadores para o Piauiense Série B. A estreia será no dia 8 de setembro contra o Comercial-PI.

O elenco que irá disputar a Série B do Piauiense com o Oeirense está praticamente fechado. A previsão é que o elenco comando por Cicero Monteiro se apresente no dia 5 de agosto, na cidade Oeiras e a diretoria ainda busca somente um Camisa 9 de oficio para fechar o plantel. O Oeirense fará sua estreia na competição no dia 8 de setembro contra o Comercial-PI, às 16h, no estádio Gerson Ramos, em Oeiras.

Fabiano Alex diretor de futebol do Oeirense (FOTO: Elias Fontenele)

O time vai inscrever 25 atletas na competição, mas o diretor Fabiano Alex conta que tem uma posição ainda sendo procurada no mercado. “Estamos procurando somente esse camisa 9, mas sem desespero, pois não queremos contratar errado e caso a gente não consiga um bom nome vamos manter o elenco que já temos”, afirmou.

A diretoria também corre atrás do laudo do Corpo de Bombeiros, necessário para liberação da casa do Oeirense na competição Estadual e contar com a presença do torcedor. “Estive nesta terça-feira no Corpo de Bombeiros aqui (em Teresina) e estamos encaminhando para que todos os laudos estejam na sede da FFP até dia 1ª de agosto”, explica Fabiano Alex.

O time do Oeirense tem formação mesclada entre atletas que vestiram a camisa do River esse ano e alguns nomes da própria cidade de Oeiras, que disputaram o Sub19 pelo clube. “Fizemos uma peneira a algumas semanas e dez jogadores foram selecionados, todos da região, fora isso tem o Caio Cezar que pela 1ª vez vai jogar em um clube do Piauí, apesar de ser natural de Oeiras. Fora isso, os nomes graças a parceria com o River, caso do goleiro Mondragon, o zagueiro Anderson Alagoano e o lateral Tote”, frisa.

Além desses nomes, O Oeirense tem no elenco o atacante Rhuann, que disputou o Piauiense pelo River, mas não renovou contrato. O zagueiro Rodolfo e o meia Paulinho Mossoró, ex-Central.

O Piauiense Série B tem inicio no dia 7 de setembro com o jogo entre Picos x Timon, no dia 8 de setembro, domingo, acontece a partida entre Oeirense e Comercial-pi.

18 de julho de 2019

Raízes do Brasil: Capoeiristas do Norte e Nordeste se reúnem em Teresina

Raízes do Brasil: Capoeiristas do Norte e Nordeste se reúnem em Teresina

Capoeiristas de 11 estados estão em Teresina em comemoração ao grupo Raízes do Brasil que chega aos 20 anos, no Piauí.

Capoeiristas se reúnem (FOTO: Elias Fontenele)

Cultura, música e esporte. A capoeira é uma pratica genuinamente brasileira e durante toda a semana será homenageada através do evento que comemora os 20 anos do Raízes do Brasil. Teresina, recebe mestres e praticantes da modalidade de 18 munícipios e pelo menos onze estados e até mesmo nomes de fora do Brasil.

Aos praticantes, o evento é importante para o estado, pois valoriza o trabalho realizado. “O ponto auge será a graduação dos mestres Touro e meu (mestre Tucano), mas além disso, vai acontecer o batizado da turminha nova, aqueles que estão recebendo o peso histórico da atividade. O Piauí hoje em dia é referencia e tem uma representatividade muito grande no cenário nacional”, explica Mestre Tucano.

Democrática a capoeira por muitas vezes é passada de geração em geração e além de exercitar o corpo, exige que você exercite a mente através da musicalidade, com berimbaus e tambores. “A capoeira desde sua formação até hoje passou por vários momentos sociais, culturais e políticos do Brasil e esse momento é culminante essa inclusão social, mas do que o lado competitivo”, acrescenta Mestre Touro.

O garoto Paulo Victor, de cinco anos, é um dos mais empolgados com o evento em Teresina e o motivo é porque vai poder “jogar” capoeira todos os dias essa semana. “Eu jogo desde dois anos. Gosto dessa hora aqui, de jogar na roda e gosto de ir com os grandes”, conta o pequeno capoeirista.

O evento Raízes do Brasil comemora os 20 anos da atividade e teve inicio oficial nesta quarta-feira (17) e vai até o domingo (21) com vasta programação no Shopping Rio Poty e também no Teatro do Boi.

15 de julho de 2019

No Imperatriz-MA, Manoel comemora boa fase e lembra inicio de ano difícil

No Imperatriz-MA, Manoel comemora boa fase e lembra inicio de ano difícil

O atacante conhecido pelas campanhas com o Altos, disputa a Série C do Brasileiro com o time maranhense. Em quatro jogos, balançou a rede três vezes.

Após encerrar a temporada 2019 com a camisa do Altos o atacante Manoel, vive nesse segundo semestre da temporada o desafio de defender o Imperatriz-MA na disputa do Campeonato Brasileiro Série C. Sob o comando de Paulinho Kobayashi, Manoel, chegou ao time à pouco menos de um mês, mas atualmente se mostra peça fundamental no grupo. Em quatro jogos, foram três gols marcados. O último no domingo (14), em vitória sobre o Treze (PB). O resultado deu ao Cavalo de Aço vaga no G4 da competição e deixa o time vivo na briga por acesso até a Série B 2020.

Manoel com camisa do Imperatriz-MA (FOTO: Assessoria Imperatriz)

A estreia com a camisa do Imperatriz aconteceu contra o Sampaio Corrêa, dia 24 de junho. Neste jogo, Manoel esteve no banco de entrou somente no segundo tempo. Na partida seguinte, contra o Globo (RN) o atacante entrou no intervalo e marcou o único gol do time na partida que resultou em empate. Depois disso, o Imperatriz venceu o Náutico por 2 a 0, com Manoel balançando a rede e no último domingo (14) somou mais três pontos em cima do Treze (PB), vitória por 2 a 1 construída com gol de Manoel e assistência do atacante para Gabriel Caju. 

Manoel vestiu a camisa do Altos por quatro temporadas, desde 2016, mas o ano de 2019 não foi dos melhores. Lesões perseguiram o jogador a mais grave delas, menisco, que o deixou fora do time por pouco mais de um mês. Esse ano, Manoel marcou cinco gols com a camisa Alviverde (dois no Piauiense/ três na Série D). Segundo o atacante um dos segredos da boa fase no Cavalo de Aço está na comissão técnica. “Tanto Paulinho Kobayashi (técnico) como o Marcelo (Auxiliar técnico) se completam. Paulinho confia muito no meu trabalho e vim o objetivo de ajudar, graças a Deus as coisas estão dando certo, marcando gols e somando pontos, pois o objetivo é o acesso. O Marcelo também é um cara importante para gente (atleta), pois torna o ambiente melhor, mas leve, sabe a hora de cobrar e de brincar”, conta M9. 

Manoel sofreu muitas lesões no Altos esse ano (FOTO: Lucas Almeida)

“O começo do ano foi bem difícil para mim principalmente por conta das lesões, sofri muito e consegui me recuperar e voltar a ter confiança somente no final da Série D com o Altos, fiz alguns gols, jogos importantes e cheguei ao Imperatriz mais confiante", acrescenta Manoel Cristiano. 

Paulinho Kobayashi é nome conhecido do futebol piauiense e principalmente do torcedor do Altos. Com ele, o Jacaré foi bicampeão Piauiense (2017/2018) e em suas passagens o time criou uma característica de ter bom poder ofensivo e apresentar um belo futebol. Manoel não nega o prazer de jogar sob o comando de Kobayashi. "Ele é um excelente treinador, poderia está até em um patamar mais alto no futebol Brasileiro. Paulinho brinca que só faço gol com ele e estou começando a acreditar", brinca o atacante.

Técnico Paulinho Kobayashi (FOTO: Jailson Soares)

Apesar de não ter vínculos com o Altos, Manoel não descarta a possibilidade de retornar ao clube piauiense na temporada 2020 e fala que a negociação verbal aconteceu com o presidente Warton Lacerda. “Antes de vir para cá (Imperatriz) a gente teve essa conversa e existe sim chances que eu retorne”, afirmou M9.

O próximo compromisso do Imperatriz será no domingo (21) contra o Confiança, de Sergipe, às 16h, no estádio Batistão. O jogo é valido pela 13ª rodada do Brasileiro Série C e Manoel deve estar entre os titulares de Kobayashi.

11 de julho de 2019

De volta, Lívio Ribeiro conta experiência nos EUA e abre portas aos colegas

De volta, Lívio Ribeiro conta experiência nos EUA e abre portas aos colegas

O lutador de jiu-jitsu do Projeto Social QG da Luta passou quase quatro meses fora do país, disputou e subiu ao pódio em seis competições.

Lívio Ribeiro esteve quatro meses nos EUA (FOTO: Jailson Soares)

Foram quase quatro meses fora de casa, longe dos amigos, namorada e toda a família. De volta à Teresina, após a temporada nos Estados Unidos, Lívio Ribeiro conta sobre o período fora em que pôde ter a oportunidade de viver apenas o jiu-jitsu 24h por dia. Atleta do Projeto Social QG da Luta, Lívio ‘Galinho’ é o principal nome do estado quando o assunto é a arte suave e atualmente se preocupa em competir em alto nível e abrir portas aos seus companheiros de projeto fora do país.

“Cada vez que a gente vai temos um aprendizado maior, essa foi a quarta vez que fiquei um tempo longo por lá, mas teve uma diferença maior, pois competição sempre é o foco, mas dessa vez eu competi bem mais e agora estou na faixa preta onde tudo se inicia novamente. A cada ano mais atletas do projeto estão indo para fora e pouco a pouco estamos conseguindo chegar mais longe. Aqui em Teresina é muito complicado para todos nós, lá a gente consegue trabalho em funções que vão acrescentar ainda mais no nosso jiu-jitsu”, conta Galinho.

Lívio Ribeiro 'Galinho' (FOTO: Jailson Soares)

Lívio Ribeiro foi o primeiro do projeto a ter oportunidade de sair do país, mas além de competir, Lívio abriu portas e hoje em dia outros nomes representam o Piauí nos EUA. “Foi uma experiência muito boa, principalmente comparando aqui com o Brasil em que a viver do esporte é muito difícil, lá o jiu-jitsu é um polo e as oportunidades surgem, para quem quer viver como atleta o lugar é lá”, conta Danilo Moreira.

O garoto Marco Mendes, ou melhor, Morcego, é mais um nome que teve oportunidade de está por quatro meses nos Estados Unidos. Mal chegou e já está de malas prontas para retornar e foco agora será nas competições. “Vou ter algumas competições no gi (sem pano), campeonatos grandes e lá nos temos um suporte muito grande e me senti como um iniciante no meio de grandes nomes do jiu-jitsu. A evolução lá é constante e ainda hoje me sinto como um aprendiz”, relembra o lutador.

Atletas treinam no núcleo do Bairro Marquês (FOTO: Jailson Soares)

Em Teresina, Lívio vive um ritmo de vida intenso. Além de treinar, atualmente ministra os treinos no Projeto Social QG da Luta, núcleo do Marquês. Nós próximos tem Mundial CBJJ entre os dias 25 e 28 de julho, em São Paulo e depois disso o Vitória Open nos dias 2,3 e 4 de agosto. “Serão três competições seguidas, eu vou competir duas delas, mas temos um grupo de competidores que é uma turma incrível e que traz sempre resultados expressivos seja dentro ou fora do estado”, afirmo Lívio Galinho.

O Mundial da Confederação Brasileira de Jiu-Jitsu (CBJJ) acontece entre os dias 25 e 28 de Julho, em São Paulo.

Danilo Moreira também esteve fora do país (FOTO: Jailson Soares)

10 de julho de 2019

Oeirense encorpa elenco para 2ª divisão e anuncia meia Mossoró, ex-Central

Oeirense encorpa elenco para 2ª divisão e anuncia meia Mossoró, ex-Central

A equipe também chegou a contratação do volante João Paulo, emprestado pelo River.

O Oeirense confirmou o nome de Paulinho Mossoró como reforço para disputa do Campeonato Piauiense Série B. O camisa 10 estava no Central de Caruaru (PE), na disputa da Série D do Brasileiro. Além dele, o volante João Paulo, que vem por empréstimo do River e iria vestir a camisa do Fluminense, mas com a desistência o Oeirense entrou na negociação. O time da cidade de Oeiras estreia na Série B no dia 8 de setembro contra o Comercial, às 16h, no estádio Gerson Campos.

Fabiano Alex diretor Oeirense (FOTO: Elias Fontenele)

“Já era interesse do clube levar o João Paulo e com essa desistência do Fluminense entramos em contato com ele e avançamos rápido na negociação. Devemos manter essa parceria com o River e trazer mais peças que vestiram a camisa do clube, assim como Mondragon e o volante Kaio já confirmados no nosso plantel”, disse Fabiano Alex diretor do Oeirense.

De acordo com o representante da equipe o plantel está totalmente fechado, mas por conta da situação de contratos a lista com o nome de todo o elenco será divulgada somente na sexta-feira (12). Atualmente, o goleiro Mondragon, o atacante Rhuann, os volantes Juliano, Kaio e João Paulo, todos vestiram a camisa do Tricolor Piauiense no primeiro semestre de 2019 irão vestir a camisa do clube novato no futebol piauiense na Série B. Além deles, o meia Paulinho Mossoró, ex-Central de Caruaru, o atacante Felipinho e o meia-atacante Rodolfo Potiguar, ex-Fluminense de Feira (BA).

Paulinho Mossoró (FOTO: Reprodução)

“Estou muito feliz em poder vestir a camisa desse clube e é com prazer que chego para ajudar nesse trabalho que pretendo encerrar com título e com o acesso até a primeira divisão. Próximo mês chego até aí (Oeiras) e começamos de forma integral o trabalho”, declarou Paulinho.

“Estamos nos esforçando muito para formar um time forte e brigar por titulo. Outro nome que queremos trazer é o Caio Cezar, atleta natural de Oeiras, que saiu muito cedo e não chegou a defender clubes do estado”, acrescentou Fabiano Alex. Caio Cezar, 23 anos, atualmente veste a camisa da Portuguesa (RJ).

Volante joão Paulo (FOTO: Victor Costa/River AC)

A primeira rodada da Série B do Piauiense acontece no dia 6 de setembro. O Picos recebe o Timon, às 20h, no estádio Helvídio Nunes. No dia 8 de setembro o Oeirense recebe o Comercial, às 16h, no Gerson Santos, em Oeiras e o Timon folga na rodada. 

09 de julho de 2019

JVC faz duras críticas ao formato do Piauiense Série B:

JVC faz duras críticas ao formato do Piauiense Série B: "É faz de conta"

A equipe pediu desistência da competição Estadual. O ex-Senador elencou inúmeras criticas aos moldes do que ele chamou de torneio.

O ex-senador e Presidente do Fluminense do Piauí, João Vicente Claudino não poupou criticas ao formato de disputa e situação da Série B do Campeonato Piauiense nos últimos dias. Na segunda-feira (8) a diretoria definiu que o clube não irá disputar a segunda divisão que dá ao campeão e vice-campeão acesso até a divisão principal em 2020 no futebol do estado, através de uma carta a desistência foi comunicada a Federação de Futebol do Piauí (FFP). A insatisfação com o formato de disputa e a falta de organização do torneio foram o gatilho para a decisão de JVC.

João Vicente Claudino decidiu tirar o Fluminense da disputa da Série B (FOTO: Elias Fontenele)

“Eu sempre deixei claro que queria que a federação tratasse a segunda divisão nos moldes da primeira divisão, por ser segunda divisão não pode ser de segunda qualidade ou categoria de clube, tem que ter organização e tem que ter planejamento e a federação não cumpriu com esse requisito. Você fazer um campeonato profissional onde se tem uma tabela hoje, mas não se tem autorização ou mesmo licença do corpo de bombeiros para que haja jogos, não existe vistoria mínima onde se colocam jogos para acontecer a noite e não se sabe se tem condições de receber essas partidas e um campeonato que se resume a cinco partidas, pois é turno único. Então nos decidimos refluir dessa decisão”, disse João Vicente Claudino.

O artigo número 53 do regulamento afirma que haverá punição em suspensão de competição ou mesmo multa financeira, no valor de R$ 50 mil, caso algum clube desista, mas o presidente do Flu afirma não crer em punição. “Eu não tenho nenhuma preocupação em relação a isso. A competição sequer começou. Tem vários clubes que tem time profissional e nunca disputaram uma competição de base e vários outros que nunca disputarão competição profissional, ao meu ver não existe essa obrigatoriedade de disputar a Série B e então não existe punição, mas se houver nos iremos a justiça defender o Fluminense até última instância ”, acrescentou JVC.

Na tarde da segunda-feira (8) a movimentação na sede da FFP foi intensa e o presidente Robert Brown, lamentou a saída do Flu, mas deixou claro que o desligamento da equipe da Série B não muda as decisões em torno da competição. “O pedido de afastamento foi protocolado ainda na sexta-feira e a gente vê com tristeza, mas resolveu sair e os motivos não diz respeito a Federação. Estamos fazendo uma resolução para que a competição continue com cinco equipes. Eu acho que criticas sempre existem, mas não concordo. Estamos trabalhando desde junho e essa questão de laudos existe um prazo, que é até 1º de agosto para ser entregue”, explicou Brown.

Robert Brown respondeu as criticas do ex-Senador (FOTO: Elias Fontenele)

João Vicente aqueceu suas criticas quanto ao que segundo ele não é Campeonato e sim Torneio de futebol e chegou a dizer que tem clubes sem condições de disputar a Série B.

“Muita água ainda vai rolar debaixo dessa ponte. Me surpreendi negativamente com essa situação na federação. Tenho buscado na minha memória desde quando o Coronel Jouffre foi presidente da federação não aconteceu um campeonato em turno único e a Série B que aconteceu a dois anos atrás também não aconteceu em turno único então me pareceu algo improvisado, com mando de campo e mando de jogos definidos em sorteio então o time que não tivesse com sorte não iria se dar bem nessa tabela, coisa estranha, fato novo e nos achamos que é faz de conta”, criticou João Vicente Claudino.

O Piauiense Série B deve iniciar no dia 6 de setembro e com a saída do Fluminense restam cinco equipes: Timon, Comercial, Caiçara, Cori-Sabbá e Picos. 

08 de julho de 2019

Família dedicada ao pedal, garoto de 6 anos é exemplo de amor ao esporte

Família dedicada ao pedal, garoto de 6 anos é exemplo de amor ao esporte

Arthur Bezerra, 6 anos, competiu na categoria Kids da prova Picos Pro Race e chamou atenção paixão pelo ciclismo, que vem de berço.

“Vou dar na cabeça de todo mundo”, a maioria das pessoas pode entender a frase como um ato de violência, mas na cabeça do garoto Arthur Bezerra, 6 anos, significa vencer provas. Arthur chamou atenção na Picos Pro Race, evento de ciclismo que aconteceu no último domingo (7), na Cidade do Mel. O mini-atleta competiu na categoria Kids e foi campeão, mas o que chamou atenção foi seu amor pelo pedal, amor que inclusive vem de berço, pois os pais também são ciclistas.  

Família Milena, Leonardo e Arthur Bezerra em prova de ciclismo (FOTO: Roberta Aline)

A Picos Pro Race é uma das maiores provas de ciclismo da região Norte-Nordeste. Esse ano a competição chamou atenção e proporcionou momentos de puro encanto com a prova dedicada a categoria Kids, com crianças de 3 aos 8 anos se divertindo em cima da bike.

Antes da prova, como todo bom competidor Arthur se mostrava ansioso e principalmente focado. Competitivo, o garoto deixou bem claro que o objetivo era ser campeão. “Eu vou dar na cabeça de todo mundo, papai! Vou ganhar”, diz. Após conquistar o lugar mais alto do pódio, com troféu e medalha a empolgação aumentou. “A prova foi muito legal, foi muito massa. Ano que vem vou vir de novo”, afirmou Arthur.

Arthur durante competição na PPR (FOTO: Cezar Delon)

O pai de Arthur, Leonardo Bezerra é ciclista e ao lado da mãe Milena, o garoto encontra incentivo para praticar o esporte e principalmente inspirações. “Eu já fui gordinho e o ciclismo entrou na minha vida como forma de melhorar isso, tem pouco mais de três anos que pratico ciclismo, antes praticava outros esportes, mas já sou apaixonado e acabou passando. Nós sempre viajamos os três e o Arthur desde os dois anos de idade sobe na bike e dá suas primeiras pedaladas”, narra.

No último fim de semana, os três estavam na cidade de Picos. Leonardo competiu na categoria máster A2 e concluiu a prova em 5h09 minutos (17º). A mãe de Arthur, Milena, também é ciclista, mas não competiu na prova e fala da felicidade do garoto com a PPR Kids. “Ele assistiu o vídeo dele competindo varias e varias vezes. Até disse que estavam todos torcendo por ele, Arthur adora competir, a gente até tenta controlar esse lado dele”, brinca a Milena.

Arthur chamou atenção na prova Kids (FOTO: Cezar Delon)

Além de pedalar e encantar, Arthur ainda deixa lições. Questionado sobre o motivo de gostar tanto do ciclismo, o garoto é direto: “Eu gosto porque faz bem para saúde”, finaliza.

Mineiro vence Picos Pro Race; Piauiense Karine Frota é campeã feminina

Mineiro vence Picos Pro Race; Piauiense Karine Frota é campeã feminina

Daniel Zoia e Karine Frota se sagraram bicampeões da competição no domingo (7). Mais de 500 ciclistas se aventuraram nas trilhas.

A sétima edição da Picos Pro Race aconteceu neste domingo (7) e mais uma vez teve a Cidade do Mel como palco para grandes histórias e muita competitividade. A prova com 94km de percurso passou Picos, Santana e São José do Piauí e sagrou na categoria elite masculina o mineiro Daniel Carneiro Zoia (3h41min) campeão e a piauiense Karine Frota (4h54min) foi a primeira mulher a cruzar a linha de chegada no feminino. Ao total, 382 ciclistas de 16 estados do país se testaram na competição.

Picos Pro Race 2019 (FOTO: Piva/PPR)

“Como sempre não dá para falar em facilidade na Picos Pro Race. Consegui meu bicampeonato na prova e com o titulo desse ano e a palavra que resume esse momento é alegria mesmo. Fico impressionada como Daniel (idealizador da prova) consegue todo ano achar mais ladeiras e ampliar o nível de dificuldades para nos e assim aumentar esse sofrimento, sofrimento que a gente adora”, disse Karine Frota ao cruzar a linha de chegada.

O mineiro Daniel Zoia foi para trilha como favorito e ao longo da prova e fez valer esse favoritismo. Daniel foi campeão, e de quebra ditou o ritmo da prova. No final, conquistou seu terceiro titulo na PPR. Em 2018, o ciclista não competiu, mas veio com a missão de defender os títulos 2015 e 2017. Figura carimbada nas provas do estado do Piauí, o ciclista da Audax/Corinthians atualmente é um dos principais nomes do Brasil quando o assunto é ciclismo Mountain Bike.

A competição teve atletas de 16 estados (FOTO: Piva)

“Me surpreendeu a parte da chuva, pois deixou a prova tão dura quanto se estivesse no sol. O chão molhado fez com que a gente tivesse que aplicar mais força na bike, mas mesmo assim a gente conseguiu fazer uma prova rápida e fechar em 3h41min. A Picos Pro Race tem uma altimetria muito boa, além de algumas boas passagens técnica que eles selecionaram muito bem”, explicou Daniel Zoia.

A Picos Pro Race (PPR) 2019 trouxe aos atletas um cenário diferente do habitual, pois o sol escaldante deu uma trégua e a largada da prova foi sob chuva, temperatura de 25 graus. A temperatura alta que é a principal característica aliados ao percurso muito técnico, deu lugar a subidas, seis ao total, que exigiram a parte física e também alguns trechos com lama por conta da chuva.

Daniel Carneiro Zoia (FOTO: Piva)

A prova teve 13 categorias oficiais e contou novidades: categoria Kids, que deu oportunidade a mais de 50 crianças de ter contato com o ciclismo e a categoria PNE, para portadores de necessidades especiais. A 8ª edição da Picos Pro Race acontece entre os dias 3 e 5 de julho de 2020, serão dois dias de prova na Cidade do Mel.

17 de junho de 2019

Manoel e Dos Santos se despedem do Altos e irão disputar Série C

Manoel e Dos Santos se despedem do Altos e irão disputar Série C

Os dois jogadores carimbados no elenco do Jacaré se apresentam amanhã (17) ao Imperatriz-MA.

O atacante Manoel e o volante Dos Santos agora irão vestir a camisa do Imperatriz-MA na disputa do Campeonato Brasileiro Série C. Após a eliminação precoce do Jacaré na Série D do Brasileiro, os dois atletas conhecidos pelas muitas temporadas vestindo a camisa do Altos foram liberados essa semana pela diretoria e não tem mais contrato.

“Os dois nomes não pertencem mais ao clube. Foram liberados, pois terão oportunidade de disputar uma Série C”, disse Warton Lacerda presidente do Altos.

O Imperatriz é comandado por um nome muito conhecido dos dois atletas, o técnico Paulinho Kobayashi, que foi bicampeão Piauiense à frente do Altos (2017/2018) com Manoel e Dos Santos no elenco e na formação titular.

Manoel chegou ao Altos em 2016, ano que chegou a ser artilheiro do Brasileiro Série D (10 gols) e de lá para cá jogou apenas no Boa Esporte, em 2018, quando a equipe mineira disputava a Série B do Brasileiro, mas na época foi por empréstimo, pois tinha vínculos com o Altos. Já o volante e capitão Dos Santos veste a camisa Alviverde desde 2017 e se tornou uma referencia de liderança e representatividade no time piauiense.

Os dois jogadores se apresentam ao Imperatriz amanha (18). O próximo compromisso pelo Brasileiro Série C é na próxima segunda-feira (24), ás 20h, no estádio Frei Epifânio, em Imperatriz. O Cavalo de Aço atualmente ocupa do sétimo lugar na tabela de classificação. 





Enquete

Você já foi vítima de assédio sexual no transporte coletivo no Piauí?

ver resultado