Boas e novas

Sem meias palavras

Com Jesus, não havia tempo para meias palavras. E ainda hoje não há tempo!

04/11/2013 12:48h

Compartilhar no

€œPortanto, se a tua mão ou o teu pé te faz tropeçar, corta-o e lança-o fora de ti; melhor é entrares na vida manco ou aleijado, do que, tendo duas mãos ou dois pés, seres lançado NO FOGO ETERNO€. Mateus 18:8

Essas duras palavras que, ditas hoje, poderiam ser facilmente atribuídas a um fanático religioso, foram ditas pelo meigo, doce, amável e verdadeiro Jesus. Com Ele, não havia meias palavras. Ele era amoroso, cuidadoso, preocupado, perdoador, mas também era direto, objetivo e, muitas vezes, duro em seus discursos.

O jovem rico (Mc. 10:17), que queria saber como herdar a vida eterna, não suportou ouvir a verdade e escolheu se afastar de Jesus a ter que abrir mão daquilo que lhe era mais valioso: seus bens materiais. Os discípulos também questionaram o Mestre diversas vezes, sem entender a missão de Cristo na Terra. Mas, não havia tempo para meias palavras. E não há tempo, ainda hoje, para meias palavras.

Há quem queira escolher para si um tipo de Evangelho €œcamarada€, que aceita tudo e não abandona nada, que €œama€ sem corrigir, que acolhe sem tratar as feridas. No entanto, quando vejo a dureza de suas palavras, sinto que não é este o evangelho que Cristo pregou. € prostituta, Ele disse: €œVá, mas não peques mais€ (Jo 8:11); ao paralítico levado pelos amigos,antes de o curar, Ele declarou: €œOs teus pecados estão perdoados€ (Mt 9:2); antes de alimentar a multidão, ele se compadeceu dela pela multidão de seus pecados (Mc 6:34).

Jesus sabe que a maior necessidade do ser humano não é ter um emprego, não é ser curado de suas enfermidades, não é receber o pão de cada dia... O que o homem mais precisa é reconhecer que é falho, pecador, tendencioso ao erro e à corrupção, e por tudo isso precisa do perdão que somente Cristo, que é perfeito, pode oferecer. Depois do perdão, o homem precisa passar pela mudança de vida que somente Ele pode realizar na vida de alguém. Ele não quis apenas perdoar a prostituta, ele alertou que era necessário ser transformada.

Foi Ele mesmo quem disse: €œArrependei-vos, porque está próximo o reino dos céus€ (Mt 4:17).  O mesmo Deus que pregou o amor, que prometeu preparar moradas no céu para os seus filhos, também falou inúmeras vezes do lugar preparado para aqueles que escolhem rejeitar o amor e a comunhão com Cristo durante esta vida. ‰ apenas uma questão de escolher crer ou não naquilo que Ele falou e que está registrado na Bíblia. Decida crer!

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no
Edição: Pollyana Rocha

Deixe seu comentário


Notícias Relacionadas