• Campanha da Santa Missa
  • Vencer 03
  • Vencer 02
  • Vencer 01
  • Prerrogativas da advogacia
  • Peregrinos da fé
  • Novo app Jornal O Dia
Boas e novas

Nasceu a Esperança!

Na cidade de Davi, nasceu hoje o Salvador, que é Cristo, o Senhor

24/12/2019 11:25h

Homens simples, que trabalhavam no campo como pastores, estavam no labor no meio da noite, enquanto todos dormiam. Surpreendidos por um anjo, receberam a notícia em primeira mão: “Não fiquem com medo, porque trago a vocês novas de grande alegria, que será para todo o povo: Na cidade de Davi, nasceu hoje o Salvador, que é Cristo, o Senhor”.

Os pastores saíram em busca do menino, que estava exatamente onde o anjo anunciou: envolvo em panos, deitado numa manjedoura (lugar onde se coloca comida para os animais, nos estábulos). Aqueles homens não precisaram ver Cristo numa cama de ouro para crer que ele era, de fato, o Cristo.

Assim como os magos do Oriente, homens que amavam a ciência, não precisaram encontrar o menino no palácio para acreditar que ele era o Salvador que a humanidade esperava.

Os idosos Simeão e Ana também não precisaram contemplar uma grande revolução política para ter certeza de que aquele bebezinho que adentrou o templo com seus pais, aos oito dias de nascido, era o Senhor.  

“Agora, Senhor, despedes em paz o teu servo, segundo a tua palavra; pois já os meus olhos viram a tua salvação, a qual tu preparaste perante a face de todos os povos; luz para iluminar as nações, e para glória de teu povo Israel”.

Tudo isso ocorreu há muito tempo, mas a notícia continua sendo de grande alegria para todos, sem distinção. Pobres ou ricos, jovens ou velhos, brancos, negros, pardos. Nasceu a esperança! Como a multidão de exércitos celestiais declararam, hoje lembramos: “Glória a Deus nas alturas, Paz na terra, boa vontade para com os homens”.

A esperança continua viva, e quer habitar em todos os corações que, como aquela simples manjedoura, recebeu o Salvador.

Feliz Natal! 

Edição: Pollyana Rocha

Deixe seu comentário