Boas e novas

Mulher moderna e virtuosa, quem a achará?

Você acorda quando a maioria do mundo ainda está dormindo? Saiba que você não está sozinha, e não deixa se ser especial por isso

25/07/2013 07:58h - Atualizado em 25/07/2013 08:12h

Compartilhar no

Já li diversas vezes o capítulo 31 de Provérbios, muito conhecido por falar da mulher virtuosa e, claro, do que faz dela uma mulher de muitas virtudes. Mas há alguns dias li o texto novamente e descobri boas e novas. Vou destacar aqui alguns trechos que me fizeram entender que o perfil de mulher moderna difundido na atualidade não é muito diferente da mulher de valores destacada neste capítulo, pela mãe do rei Lemuel.

Vejamos, primeiro, algumas características da mulher do presente: é batalhadora, acorda cedo, vai para o trabalho e, mesmo que em casa conte com a ajuda do esposo ou da empregada doméstica (se puder pagar), acaba tendo que resolver aquilo que só ela pode. A mulher de Provérbios 31 não é diferente. Olha só o que diz o versículo 15: “Levanta-se, mesmo à noite, para dar de comer aos da casa, e distribuir a tarefa das servas”. Você se vê neste texto? Acorda quando a maioria do mundo ainda está dormindo para preparar o café dos filhos e do esposo? Deixa anotado ou explica cada detalhe do que a empregada doméstica ou diarista precisa fazer durante o dia? Saiba que você não está sozinha, e não deixa se ser especial por isso.

O texto bíblico diz ainda que a mulher virtuosa "busca lã e linho, e trabalha de boa vontade com suas mãos". Está vendo? Não parece tão atual o fato de mulheres trabalharem fora de casa, a diferença é que talvez a modernidade (trânsito difícil, gasolina aumentando) tenha feito com que muitas vezes ela não trabalhe de tãããão boa vontade assim.

Mais adiante, descobri que esta mulher que merece tantos elogios era uma espécie de corretora de imóveis. Olha o que diz o versículo 7: "Examina uma propriedade e a adquire; planta uma vinha com o fruto de suas mãos". Esperta, hein? Ainda deu uma valorizada no terreno com uma boa plantação.


E além de acordar cedo, alimentar sua prole, delegar tarefas e visitar terrenos, ela ainda encontra tempo para praticar exercícios físicos e, assim, cuidar da saúde. Veja só o verso 8: "Cinge os lombos de força e fortalece seus braços".
Acha pouco? A mulher virtuosa é caridosa e não está desatenta às desigualdades sociais, antes "abre sua mão ao pobre e estende as mãos ao necessitado". Nada passa despercebido aos olhos desta mulher, que "não teme a neve na sua casa, porque toda a sua família está vestida de escarlata".

É talento que não acaba mais. Nas horas livres, ela não estende sua rede, mas ocupa o tempo fazendo as próprias "cobertas de tapeçaria". Uma prova de que tem bom gosto é que "seu vestido é de seda e de púrpura". Seus dons não são desperdiçados de forma alguma, porque ela "faz panos de linho fino e os vende, entrega os cintos aos mercadores".

Uma mulher tão cheia de tudo que é bom só pode ser bastante elogiada pelos filhos e pelo marido, que diz a ela: "Muitas mulheres procedem virtuosamente, mas tu és, de todas, a mais excelente".

Viram? A mulher virtuosa de Provérbios 31 trabalha tanto quanto as da atualidade. É uma mulher moderna, que cuida da casa, do emprego, da família, da saúde, da beleza. Mas, dentre tudo, o que realmente faz dela uma mulher especial está escrito no versículo 30: "Enganosa é a beleza e vã a formosura, mas a mulher que teme ao Senhor, essa sim será louvada". Tudo pode passar, a beleza e a formosura se vão apesar de toda a tecnologia disponível para retardar o envelhecimento, mas servir ao Senhor faz de nós, mulheres, mais do que especiais. Que cada uma das leitoras descubra, lendo Provérbios 31 e toda a Bíblia, o que é necessário para ser esta mulher que faz a diferença e não sai de moda!

Compartilhar no
Edição: Pollyana Rocha

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário


Notícias Relacionadas