• COMBATE AO MOSQUITO AEDES AEGYPTI 2019 - 2020
  • SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia
Boas e novas

Hoje eu estaria de luto...

Sem exageros. A essa hora, eu poderia estar a caminho da casa dos meus pais, para velar alguém que eu nunca mais veria.

07/01/2020 20:57h - Atualizado em 07/01/2020 23:33h

Era pra eu estar de luto agora. Sem exageros. A essa hora, eu poderia estar a caminho da casa dos meus pais, para velar alguém que eu nunca mais veria. É um texto difícil de escrever, mas faço questão de agradecer a Deus publicamente pelo livramento que Ele deu ao meu pai na madrugada desta terça-feira, 07 de janeiro.

Ele viajava sozinho por volta de meia-noite quando foi surpreendido por uma árvore caída no meio da estrada. Ao desviar, perdeu o controle do veículo, que capotou (não sabemos quantas vezes, já que tudo acontece tão rápido...), e invadiu o matagal.

Depois de se debater por alguns instantes, sufocado pelo cinto de segurança, conseguiu se desprender. Buzinou e acendeu o pisca-alerta por alguns longos minutos, até que apareceu um morador da região, que o retirou do carro e o abrigou.

Meu pai nos contou o episódio depois de perceber que não tinha nenhum arranhão no corpo. Ele poderia ter morrido, mas recebeu mais uma chance de viver, de refletir, de pensar no quanto a vida é um sopro.

Foi isso o que eu fiz ao longo desse dia. Pensei no quanto somos frágeis, em como estamos suscetíveis a ter de mudar os planos da nossa vida ou a, de repente, não poder realizar mais nenhum deles. Lembrei da parábola que Jesus contou certa vez:

"A terra de certo homem rico produziu muito bem. Ele pensou consigo mesmo: ‘O que vou fazer? Não tenho onde armazenar minha colheita’. Então disse: ‘Já sei o que vou fazer. Vou derrubar os meus celeiros e construir outros maiores, e ali guardarei toda a minha safra e todos os meus bens. E direi a mim mesmo: Você tem grande quantidade de bens, armazenados para muitos anos. Descanse, coma, beba e alegre-se’. Contudo, Deus lhe disse: ‘Louco! Esta mesma noite a sua vida lhe será exigida. Então, quem ficará com o que você preparou?’. "Assim acontece com quem guarda para si riquezas, mas não é rico para com Deus". (Lucas 12:16-21).

Lembrei também de Moisés, que fez uma linda oração, pedindo:

“Ensina-nos a contar os nossos dias, de tal maneira que alcancemos coração sábio”. (Salmo 90.12).

Hoje eu estaria de luto, mas pela graça de Deus estou com o coração cheio de gratidão, e sedento por alcançar um coração sábio, de forma que cada dia da minha vida esteja de acordo com a vontade dAquele que é Dono de Tudo. 

Edição: Pollyana Rocha

Deixe seu comentário


Notícias Relacionadas