Boas e novas

Em poucas palavras, tudo!

"Não me dês nem a pobreza, nem a riqueza, dá-me o pão que me for necessário"

18/07/2013 14:36h - Atualizado em 18/07/2013 15:42h

Compartilhar no

Sabe quando você lê um texto e cada palavra tem um valor imensurável? E quando em poucas letras, diz-se muito? Assim é o livro inteiro de Provérbios, que deveria ser lido sempre, todos os dias, já que a sabedoria contida em cada versículo não se esgota nunca. Sem sombra de dúvidas, vez por outra teremos no Boas e Novas alguma citação deste precioso livro, e hoje escolhi os versículos 7-9 do capítulo 30: 

"Eu te peço, ó Deus, que me dês duas coisas antes de eu morrer: não me deixes mentir e não me deixes ficar nem rico nem pobre. Dá-me somente o alimento que preciso para viver. Porque, se eu tiver mais do que o necessário, poderei dizer que não preciso de ti. E, se eu ficar pobre, poderei roubar e assim envergonharei o teu nome, ó meu Deus. (Nova Tradução da Linguagem de Hoje). 

Gosto também da versão Almeida, Revista e atualizada que diz no versículo 8:

"Não me dês nem a pobreza, nem a riqueza, dá-me o pão que me for necessário".

Não é um lindo texto? ‰ ainda uma demonstração de auto-conhecimento da própria fragilidade e da possibilidade de se afastar de Deus caso se tenha mais ou menos recursos para viver. Que fique claro que não é errado ser rico ou pobre, e em nenhum momento a Bíblia diz isso. O erro está em colocar qualquer coisa no altar do nosso coração, que deve ser ocupado apenas pelo Senhor. Se a pobreza tem tirado a sua paz e distanciado os seus pensamentos de Deus, ou a riqueza tem feito você esquecer de onde vêm todas as bênçãos, o ideal é fazer esta oração, pedindo a Deus apenas a porção necessária para viver bem, e viver bem é estar em comunhão com o melhor Pai do mundo! 

Você teria coragem de fazer esta mesma oração? Eis um desafio para mim e para você: louvar a Deus pelo que Ele tem nos dado e pedir sempre que tenhamos apenas o suficiente, no ponto de equilíbrio, para não nos afastarmos dEle! 

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no
Edição: Pollyana Rocha

Deixe seu comentário


Notícias Relacionadas