Boas e novas

Ah, se soubéssemos contar os nossos dias...

Acredito que Moisés teve um "estalo" quando escreveu o salmo 90...

11/10/2013 16:16h - Atualizado em 11/10/2013 16:24h

Compartilhar no

Você já se viu na situação de querer a todo custo encontrar a resposta para uma questão importante? Quem sabe já passou dias tentando lembrar de uma palavra para completar a cruzadinha? Ou mesmo lutou para lembrar o nome de alguém? Se já passou por isso, sabe como é bom quando chega o momento do “estalo”, não é? É aquele instante precioso em que você pensa: “Nossa, que bom que pensei nisto!”.

Eu acredito que Moisés, quando escreveu o Salmo 90, teve algo parecido com um “estalo”, especialmente no versículo 12:

“Ensina-nos a contar os nossos dias, de tal maneira que alcancemos corações sábios”.

Nossa, que bom que ele pensou nisso! E que bom que este precioso trecho está registrado nas Escrituras! É disso que precisamos, aprender a contar os nossos dias. Não estou falando de tentar saber quantos anos viveremos, mas de compreender que, por mais que nossa vida seja longa nessa terra, ainda assim será breve se comparada à eternidade.

Se pensarmos na brevidade dos nossos dias, certamente eles terão mais valor. Se pensarmos mais na eternidade da eternidade (para sentir como é eterna), certamente iremos nos preparar melhor para ela.

Sei que os benefícios de saber contar os dias e, portanto, aproveitá-los da melhor forma, são inúmeros. Até porque a bíblia também nos ensina que nossa ansiedade pode mudar muito pouco os problemas. Em Mateus 6:27 está escrito: “Qual de vós, por ansioso que esteja, pode acrescentar um côvado ao curso de sua vida?”. A resposta é: nenhum de nós pode aumentar um minutinho sequer dos nossos dias na terra, podemos apenas aproveitar cada instante precioso, não nos esquecendo de:

1. Ser gratos a Deus pela vida, pelo dia, pela noite, pelo teto, pela família, pelos incontáveis motivos;

2. Divulgar em todo tempo o amor de Deus e o sacrifício de Cristo na cruz por toda a humanidade;

3. Trabalhar, estudar, cuidar da família, mas também descansar, porque Ele supre aos seus amados enquanto dormem (Sl. 127:2)

4. Crer e esperar a volta de Cristo, porque assim como todas as demais promessas a seu respeito se cumpriram, esta também se cumprirá e Ele voltará para buscar a igreja que o espera e, a partir daí, começar a viver a eternidade, quando não mais será necessário ou possível contar os dias!

Leia o salmo 90 completo:

SENHOR, tu tens sido o nosso refúgio, de geração em geração.
Antes que os montes nascessem, ou que tu formasses a terra e o mundo, mesmo de eternidade a eternidade, tu és Deus.
Tu reduzes o homem à destruição; e dizes: Tornai-vos, filhos dos homens.
Porque mil anos são aos teus olhos como o dia de ontem que passou, e como a vigília da noite.
Tu os levas como uma corrente de água; são como um sono; de manhã são como a erva que cresce.
De madrugada floresce e cresce; à tarde corta-se e seca.
Pois somos consumidos pela tua ira, e pelo teu furor somos angustiados.
Diante de ti puseste as nossas iniqüidades, os nossos pecados ocultos, à luz do teu rosto.
Pois todos os nossos dias vão passando na tua indignação; passamos os nossos anos como um conto que se conta.
Os dias da nossa vida chegam a setenta anos, e se alguns, pela sua robustez, chegam a oitenta anos, o orgulho deles é canseira e enfado, pois cedo se corta e vamos voando.
Quem conhece o poder da tua ira? Segundo és tremendo, assim é o teu furor.
Ensina-nos a contar os nossos dias, de tal maneira que alcancemos corações sábios.
Volta-te para nós, Senhor; até quando? Aplaca-te para com os teus servos.
Farta-nos de madrugada com a tua benignidade, para que nos regozijemos, e nos alegremos todos os nossos dias.
Alegra-nos pelos dias em que nos afligiste, e pelos anos em que vimos o mal.
Apareça a tua obra aos teus servos, e a tua glória sobre seus filhos.
E seja sobre nós a formosura do Senhor nosso Deus, e confirma sobre nós a obra das nossas mãos; sim, confirma a obra das nossas mãos.

Compartilhar no
Edição: Pollyana Rocha

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário


Notícias Relacionadas