• Banner Cultura Governo do PI
  • Obras no Litoral Cultura
  • SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia

Notícias Boas e novas

19 de julho de 2013

Mais chegados que irmãos

Mais chegados que irmãos

Ninguém tem mais amor pelos seus amigos do que aquele que dá a sua vida por eles

Existe data comemorativa para tudo nessa vida, e nós aproveitamos as que são legais para homenagear quem amamos. Eu aprendi a lembrar e gostar do Dia do Amigo com minha amigona Val, que sempre foi ligada nessas coisas e costuma mandar cartõezinhos, mensagens e coisas fofas pros miguxos. Então, quero aproveitar este dia20/07para falar desta "invenção" tão maravilhosa que é a AMIZADE. 

Se você tem bons amigos, saiba que a Bíblia diz que "quem aumenta o número de amigos é sábio" (Pv.15:30). 

Todo mundo precisa de amigos, e nem digo "amigos verdadeiros" porque defendo que a palavra amigo só combina com verdade. E é por isso que nem sempre é fácil ser um, porque implica em fazer e falar aquilo que pode ser desagradável, embora seja necessário. O bom amigo diz quando a roupa do outro não está tão legal; confessa que não concorda com um relacionamento que não faz bem; discorda, quando discordar é a melhor opção, mesmo quando tudo o que o amigo espera é uma mãozinha no ombro. E a Palavra corrobora com isso: "O amigo quer o nosso bem, mesmo quando nos fere; mas o abraço do inimigo é enganoso" (Pv. 27:6).

O nosso manual de vida aconselha a não estarmos sozinhos. Em Eclesiastes 4:9-10, está escrito: Melhor é serem dois do que um, porque têm melhor paga do seu trabalho. Porque se caírem, um levanta o companheiro. 

Davi tinha um grande amigo, Jônatas. Mesmo sendo filho do inimigo de Davi, o rei Saul, Jônatas provou que a amizade era maior que qualquer dificuldade e ajudou a salvar a vida de seu amigo. Mas Davi também teve amigos que falharam. No Salmo 41 ele declara: Até meu melhor amigo, em quem eu confiava, aquele que tomava refeições comigo, até ele se virou contra mim. 

Davi, porém, não foi o único na Bíblia a se entristecer com as amizades. Jó tinha três amigos, e eu creio que eram amorosos e preocupados, mas por serem humanos, falharam no momento em que Jó mais precisava de apoio. Eles julgaram, ao invés de permanecerem ao lado, consolando e orando, cumprindo o que diz Provérbios 17:17 - "O amigo ama sempre e na angústia se torna irmão". 

Eu e você também podemos falhar como amigos, mas podemos pedir perdão, perdoar e seguir em frente, embora em algumas ocasiões possa ser bem complicada a reconciliação, como nos lembra Pv. 18:19 - "à mais difícil ganhar de novo a amizade de um a amigo ofendido do que conquistar uma fortaleza; as discussões estragam as amizades". 

Sendo assim, preservemos nossas amizades, sejamos atenciosos, sinceros, cuidadosos e amorosos com aqueles que podem ser mais chegados que irmãos (Pv. 18:24). E, o principal, hoje e sempre, podemos contar com o AMIGO PERFEITO, Jesus Cristo. Este, sim, jamais falha. Ele é o melhor amigo que podemos ter. Antes mesmo de você contar os seus segredos, Ele já os conhece. 

Como diz a Palavra: "Ninguém tem mais amor pelos seus amigos do que aquele que dá a sua vida por eles (João 15:13). Neste dia do amigo, convide aquele que já deu a vida por você para ser seu melhor amigo! 

18 de julho de 2013

Em poucas palavras, tudo!

Em poucas palavras, tudo!

"Não me dês nem a pobreza, nem a riqueza, dá-me o pão que me for necessário"

Sabe quando você lê um texto e cada palavra tem um valor imensurável? E quando em poucas letras, diz-se muito? Assim é o livro inteiro de Provérbios, que deveria ser lido sempre, todos os dias, já que a sabedoria contida em cada versículo não se esgota nunca. Sem sombra de dúvidas, vez por outra teremos no Boas e Novas alguma citação deste precioso livro, e hoje escolhi os versículos 7-9 do capítulo 30: 

"Eu te peço, ó Deus, que me dês duas coisas antes de eu morrer: não me deixes mentir e não me deixes ficar nem rico nem pobre. Dá-me somente o alimento que preciso para viver. Porque, se eu tiver mais do que o necessário, poderei dizer que não preciso de ti. E, se eu ficar pobre, poderei roubar e assim envergonharei o teu nome, ó meu Deus. (Nova Tradução da Linguagem de Hoje). 

Gosto também da versão Almeida, Revista e atualizada que diz no versículo 8:

"Não me dês nem a pobreza, nem a riqueza, dá-me o pão que me for necessário".

Não é um lindo texto? à ainda uma demonstração de auto-conhecimento da própria fragilidade e da possibilidade de se afastar de Deus caso se tenha mais ou menos recursos para viver. Que fique claro que não é errado ser rico ou pobre, e em nenhum momento a Bíblia diz isso. O erro está em colocar qualquer coisa no altar do nosso coração, que deve ser ocupado apenas pelo Senhor. Se a pobreza tem tirado a sua paz e distanciado os seus pensamentos de Deus, ou a riqueza tem feito você esquecer de onde vêm todas as bênçãos, o ideal é fazer esta oração, pedindo a Deus apenas a porção necessária para viver bem, e viver bem é estar em comunhão com o melhor Pai do mundo! 

Você teria coragem de fazer esta mesma oração? Eis um desafio para mim e para você: louvar a Deus pelo que Ele tem nos dado e pedir sempre que tenhamos apenas o suficiente, no ponto de equilíbrio, para não nos afastarmos dEle! 

17 de julho de 2013

Mesmo antes do milagre, seja grato!

Mesmo antes do milagre, seja grato!

Ana foi grata por aquilo que Deus havia lhe dado, mas melhor do que isso é sermos gratos antes mesmo de receber o que pedimos

Quando comecei a cursar o terceiro ano do Ensino Médio, onze meses antes de fazer as provas  do vestibular (digo apenas que não faz muito tempo), escolhi um texto bíblico para dedicar a Deus em um culto de gratidão a Ele, que eu já havia decidido realizar quando e caso eu fosse aprovada. Felizmente ouvi meu nome no rádio duas vezes, na divulgação do resultado do Cefet (Gestão de Recursos Humanos) e da UFPI (Jornalismo).

Como havia me comprometido com o Senhor, fiz o culto na casa dos meus pais, no interior do Maranhão, e lembro como se fosse hoje (até porque não faz muito tempo, repito) que li o texto escrito em I Samuel, capítulo dois, versículos 1 ao 11. Aqui vou citar apenas os três primeiros:

"Então, orou Ana e disse: O meu coração exulta no Senhor, o meu poder está exaltado no Senhor; a minha boca se dilatou sobre os meus inimigos, porquanto me alegro na tua salvação. Não há santo como é o Senhor; porque não há outro fora de ti; e rocha nenhuma há como o nosso Deus. Não multipliqueis palavras de altíssimas altivezas, nem saiam coisas árduas da vossa boca; porque o Senhor é o Deus da sabedoria, e por ele são as obras pesadas na balança. (1Samuel 2:1-3)".


Se puder, leia toda a oração de Ana em sua Bíblia e veja que belas palavras saíram da boca de uma mulher que estava cheia de gratidão a Deus. Seu clamor havia sido respondido e Deus lhe dera um filho, acabando com as humilhações que ela sofria até então por ser estéril.

Ana foi grata por aquilo que Deus havia dado a ela, mas hoje quero falar da importância de sermos agradecidos mesmo antes de recebermos aquilo que pedimos ao Senhor. Primeiro, porque este é um sinal de fé, de que cremos que Ele é poderoso para fazer o que pedimos. E, segundo, porque certamente podemos refletir e ver que sempre, sempre, há motivos para sermos gratos. Se você está lendo esse texto, é porque você está vivo, está respirando, deve ter feito pelo menos uma refeição nesse dia, tem acesso à internet (não é tão rápida quanto você gostaria? Seja grato mesmo assim!), está cercado por pessoas que desejam o seu bem, e, o principal, você é a obra-prima da Criação de Deus. Por mais cheios de defeitos que sejamos, somos inexplicavelmente amados pelo Todo-poderoso! Ainda que você não creia nEle, é amado!

Mesmo antes de receber o que você tem buscado da parte de Deus, seja grato. Vamos dar mais um passo? Ainda que não receba o que está buscando, seja grato, porque não há ninguém que saiba o que é melhor para nós do que o nosso Pai celestial.

Tenha um bom dia, cheio de gratidão!


16 de julho de 2013

Manual para pais e filhos

Manual para pais e filhos

Nem precisa fazer o teste para saber que uma criança que não é educada acerca do que é certo ou errado facilmente irá escolher o erro e será motivo de vergonha para os pais

A Bíblia é um livro completo, e eu costumo dizer que ela é o manual para o ser humano, que o ensina a viver e a viver bem! Ela é rica em conselhos para homens e mulheres; crianças, jovens e adultos; maridos e esposas; políticos e sociedade; patrôes e empregdos; mães, pais e filhos...


Teremos tempo para tratar de muitos exemplos, mas hoje vamos destacar alguns versículos direcionados aos pais. Em Provérbios 29:15 e 17, está escrito: "A vara e a disciplina dão sabedoria, mas a criança entregue a si mesma vem a envergonhar sua mãe" e "Corrige o teu filho, e te dará descanso, dará delícias à tua alma". Na Nova Tradução na Linguagem de Hoje, os mesmos versos são escritos desta forma: "à bom corrigir e disciplinar a criança. Quando todas as suas vontades são feitas, ela acaba fazendo a sua mãe passar vergonha" e "Corrija os seus filhos, e eles serão para você motivo de orgulho e não de vergonha".

Não é necessário fazer o teste, todos sabem que se uma criança não for educada e ensinada acerca do que é certo ou errado, ela facilmente escolherá o erro e cumprirá o que diz os versículos em Provérbios: fará os pais passarem vergonha! 

Diz o conhecimento popular que é inteligente quem logo aprende com seus erros, e sábio quem aprende com os erros dos outros. Eu, quando criança, devo ter sido inteligente, pois pelo que os meus pais me contam, precisei sentir o peso da "vara" poucas vezes para saber o que devia e, principalmente, o que não devia fazer. Mas que bom que a vara não foi tão pesada ao ponto de me deixar marcas na alma, seu peso foi equilibrado, na medida certa para me educar, instruir e ainda me fazer grata por ter tido pais tão amorosos que não puderam deixar a correção de lado. 

Aqui não iremos discutir que tipo de vara é a mais eficiente, se é a palmatória, o cinturão, o cipó de goiabeira, o chinelo ou a palma da mão, mas o que o manual ensina é que a vara deve ser usada, e claro, com amor e sabedoria. Alguém deve questionar como pode haver amor se um pai bate em seu filho. Ora, se Deus, que é o Pai Perfeito, serve de referência, vamos ver o que está escrito em Hebreus 12:6 - "O Senhor corrige a quem ama e castiga (em outras versões açoita) a todo filho a quem recebe". 

Deus sabe que a correção é a melhor ferramenta que um pai tem para ensinar seu filho a se tornar o melhor possível, por mais que seja doloroso tanto para um quanto para o outro. Assim diz a Sua Palavra: "Toda disciplina, com efeito, no momento não parece ser motivo de alegria, mas de tristeza; ao depois, entretanto, produz fruto pacífico aos que têm sido por ela exercitados, frutos de justiça" (Hb. 12:11). 

Sendo assim, filhos, agradeçam aos seus pais pela boa correção aplicada no tempo certo, com amor. E, pais, amem seus filhos, como Deus, que nos ama tanto ao ponto de nos corrigir, ao invés de permitir que permaneçamos errando. 

15 de julho de 2013

O mundo precisa de boas notícias!

O mundo precisa de boas notícias!

O blog Boas e Novas será recheado da boa e inerrante Palavra de Deus, que traz alívio para os corações

Não é apenas proveitoso, mas é necessário estar bem informado. O ônus desta tarefa é acabar tendo que engolir todo tipo de informação: a alta dos juros, a corrupção na política, o sucateamento da saúde, a violência... Dá até vontade de gritar "chega!" para as más notícias. E já que não podemos excluí-las da nossa rotina, podemos ao menos amenizar a sobrecarga, lendo as boas e novas que estarão diariamente neste espaço.

O blog Boas e Novas se compromete a aliviar o fardo do dia a dia com reflexões temperadas com a inerrante palavra de Deus, que diz sobre si mesma em II Timóteo 3:16 - "Toda Escritura é inspirada por Deus e útil para o ensino, para a repreensão, para a correção, para a educação na justiça". 

A Bíblia contém tudo o que precisamos. Assim como um eletrônico precisa vir acompanhado de um manual, nós, seres criados por um Deus Perfeito, precisamos dela, que é um manual que nos orienta, ensina, corrige e educa. 

O mundo precisa de boas notícias, e a melhores já foram divulgadas há muito tempo. Estão em um livro que reúne 66 livros, 1.189 capítulos e 31.103 versículos. Um conteúdo que apesar de antigo, renova-se todos os dias, e é poderoso, maravilhoso, e ainda mais necessário para o ser humano do que qualquer notícia do dia a dia.

Seja bem-vindo ao blog Boas e Novas! E volte sempre!