Portal O Dia

Greve dos médicos entra hoje na pauta de discussão da Alepi

Decretada a ilegalidade do movimento, os médicos decidiram recorrer da decisão

29/03/2012 09:32

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembleia Legislativa recebe nesta quinta-feira (29), para uma audiência pública, representantes de órgãos e entidades que atuam no setor da saúde no Estado. A audiência atende a uma solicitação do deputado estadual Firmino Filho (PSDB), que argumenta que é necessária a discussão para buscar uma solução para as reivindicações da categoria médica que deflagrou um movimento grevista recentemente.

Foram convidados para participar da audiência representantes das secretarias estaduais de Saúde, Fazenda e Administração, da Prefeitura de Teresina, do Sindicato dos Médicos do Piauí, da Associação Piauiense de Medicina, do Conselho Regional de Medicina, do Ministério Público Estadual e do Ministério Público Federal.

A manifestação dos médicos iniciou no dia 5 de março. A categoria chegou a suspender o movimento, mas retomaram após tentativas frustradas de negociação. No entanto, uma decisão judicial, expedida pelo desembargador Erivan Lopes nesta segunda-feira, obrigou os médicos a voltarem as atividades.

Em Assembleia Geral realizada nesta terça-feira (27), os médicos ligados à Secretaria Estadual de Saúde (Sesapi) aprovaram a proposta de recorrer da decisão judicial. Ao mesmo tempo, resolveram pela manutenção da paralisação dos médicos da Fundação Municipal de Saúde (FMS) até o dia 4 de abril.

O deputado tucano explica que é função do legislativo incentivar o diálogo entre os representantes das entidades médicas e o Governo para que se possa buscar um entendimento que possa garantir a normalidade do atendimento às pessoas que precisam.

"Uma greve tem como seus principais prejudicados justamente aquelas pessoas mais pobres, que não podem pagar um plano de saúde e que acabam ficando impedidas de ter acesso à saúde. O legislativo tem a obrigação de intermediar esse conflito, de colocar as duas partes frente a frente e de tentar uma solução para o impasse. É isso que estamos tentando fazer", argumenta Firmino Filho.

Repórter: Mayara Martins/Jornal O DIA

Deixe um comentário

Tópicos médicos greve Sesapi FMS hospitais Assembleia Legislativa audiência pública,

Veja também

há 31 minutos
Após Governo descumprir o limite de gastos, Executivo orienta controle
há 38 minutos
Indústria que está se instalando em Guadalupe promete gerar 30 mil empregos na fase de instalação
há 15 horas
Superintendente de Zé Filho diz que muita água vai passar embaixo da ponte.
há 20 horas
Vereadores querem fiscalizar a cota de empregos para ex-usuários de drogas.