Portal O Dia

Vídeo mostra carros que participaram de ‘racha’ em Teresina

Imagens mostram veículos e momento da falta de energia

19/07/2013 20:57 - Atualizado em 20/07/2013 13:25

Um vídeo obtido com exclusividade pelo portalODIA.com mostra os carros que participavam de um “racha” na madrugada de quinta-feira (18), em Teresina. Um dos veículos é o Kia Cerato conduzido por Lucas Amâncio, 19 anos, que provocou a morte do servidor público Raimundo Mesquita de Oliveira.

Eram 05h19 da manhã quando as câmeras de segurança de uma empresa situada na Avenida Dom Severino, zona Leste de Teresina, registram a passagem de quatro carros. Os automóveis transitam em baixa velocidade. Pelas características, o Cerato é o terceiro a cruzar pela câmera. A luminosidade do horário e a qualidade das imagens não permitem a identificação precisa dos modelos e placas dos veículos.


A corrida ilegal de rua teve início no quarteirão seguinte, no cruzamento das Avenidas Dom Severino e Ininga. Vigilantes que trabalham na área contam ter escutado pneus “cantando” e “vultos” passando pela via, a partir daquele ponto.

Os relatos deixam claro que dali, daquele cruzamento, pelo menos dois carros partiram em alta velocidade, saindo da Av. Dom Severino (zona Leste) para a Alameda Parnaíba (zona Norte), passando sobre a Ponte Estaiada. Não há qualquer semáforo ou redutor de velocidade do cruzamento citado até o local do acidente.

Testemunhas relatam barulho e explosão

O portalODIA.com também entrevistou o frentista de um posto de combustíveis situado na Alameda Parnaíba. Ele trabalhava naquela madrugada e viu quando o Cerato e um Pálio passaram em alta velocidade pela via.

“Os carros vinham muito rápido e emparelhados, colados mesmo um no outro; não dá pra dizer nem quem ia na frente e quem ia atrás”, relata o homem, que pediu para ter a identidade preservada.

A testemunha relembra que o acidente aconteceu instantes depois, a poucos metros do posto. “Eles passaram bem rápido e com pouco escutei a pancada. Aí começou a sair faíscas da fiação elétrica e eu corri para me proteger”, diz.

O barulho e o curto circuito na rede elétrica foram causados pela colisão do Cerato com a motocicleta conduzida por Raimundo Mesquita e um poste. O servidor público morreu no local. O acidente deixou toda a região sem energia.

O horário do acidente

As imagens obtidas por O DIA mostram a falta de luz. A avenida até então bem iluminada fica subitamente escura, forçando a câmera a ligar automaticamente o sensor infravermelho. (veja no vídeo abaixo)

Pelo relógio da câmera de segurança é possível cronometrar o tempo entre o início do “racha” e a colisão. Eram 05h19min04s quando o Cerato passa pela Av. Dom Severino. Um minuto e 38 segundos depois – 05h20min42s – a região tem o fornecimento de energia interrompido. Foi nesse intervalo de tempo que os veículos iniciaram a disputa que terminou tragicamente.


Envolvidos

Vídeos do sistema de monitoramento da Polícia Militar ajudam a Polícia Civil na investigação do caso. O delegado Sebastião Alves, da Delegacia de Acidentes de Trânsito, assegura que dois veículos disputavam corrida. “Os carros vistos emparelhados e em alta velocidade eram o Cerato e um Pálio Vermelho”, afirma.

A polícia tenta agora identificar os demais envolvidos. Peritos da Polícia Civil trabalham para revelar a placa do Pálio, o que permitirá chegar até o motorista.

“As imagens estão com a perícia. O condutor, quando identificado, vai responder não apenas pelo ‘racha’, mas como partícipe do homicídio”, afirma Sebastião Alves.

Terceiro carro

O delegado que investiga o caso diz que um terceiro carro seguia, em velocidade mais baixa, o Cerato e o Pálio. O automóvel aparece nas imagens do circuito de câmeras da PM. Entretanto, ainda não foi identificado. A polícia quer saber se ele também participava da corrida de rua ilegal.  

Por: Rômulo Maia

Deixe um comentário

Tópicos veiculos, mostram, momento, falta, energia, imagens, teresina, mostra, carros, participam,

Veja também

há 13 horas
Vítima, ainda não identificada pela PM, foi levada às pressas para o HUT
há 11 horas
Vítima deu entrada no Hospital Regional do município em estado grave. A polícia já investiga o caso.
há 14 horas
Dois adolescentes confirmaram ser usuários de droga, mas negam envolvimento com o tráfico.
há 16 horas
Ele foi abordado por uma dupla que anunciou um assalto e efetuou dois disparos