• assinatura jornal

SEJUS suspende instalação de tornozeleiras eletrônicas em presos no Piauí

A empresa prestadora de serviço encontra-se impossibilitada de garantir o fornecimento dos dispositivos necessário para o monitoramento eletrônico.

20/03/2017 15:24h - Atualizado em 20/03/2017 17:23h

A instalação de tornozeleiras eletrônicas em presos no Piauí está suspensa por, pelo menos, 30 dias. É o que diz em nota a Secretaria Estadual de Justiça do Piauí. De acordo com o informe enviado para os juízes criminais do Estado, a suspensão da instalação dos equipamentos se deu por conta da impossibilidade de garantia do fornecimento de novos dispositivos necessários para a prestação do serviço de monitoramento eletrônico, por parte da empresa prestadora de serviço.

No comunicado, o órgão também destaca que há atualmente 625 tornozeleiras instaladas e ativas em Teresina e no interior do Estado. Segundo a secretaria, o Governo do Estado iniciou um novo processo licitatório para contratação de uma nova empresa afim de locar até 3.000 tornozeleiras eletrônicas. 

Governo do Estado iniciou um novo processo licitatório para contratação de uma nova empresa afim de locar até 3.000 tornozeleiras eletrônicas. (Foto: Jonas Oliveira/ AENPr)

De acordo com o órgão, foi realizado, no dia 22 de fevereiro, um pregão eletrônico para contratação de empresa de prestação de serviço de monitoramento e rastreamento eletrônico através de tornozeleiras eletrônicas. O processo licitatório está em fase de análise de documentação das empresas concorrentes.

Em nota, a Secretaria também informou que o monitoramento será ampliado para interior do Estado. Em Picos e Floriano, a implantação da medida já está sendo estudada. 

Confira a nota na íntegra:

A Secretaria de Justiça do Piauí (Sejus) realizou, no dia 22 de fevereiro, pregão eletrônico para contratação de empresa de prestação de serviço de monitoramento e rastreamento eletrônico através de tornozeleiras eletrônicas.

O processo licitatório está em fase de análise de documentação das empresas concorrentes. A meta da Sejus é ampliar para 3 mil o número de tornozeleiras disponíveis para uso. Durante o andamento da licitação, a instalação de novas tornozeleiras está suspensa.

De acordo com a Secretaria de Justiça, o sistema monitora, hoje, 625 pessoas no Estado – em Teresina, Parnaíba e Luís Correia. O monitoramento será ampliado para interior do Estado. Em Picos e Floriano, a implantação da medida já está sendo estudada.

Edição: Nayara Felizardo
Por: Nathalia Amaral

Deixe seu comentário