• VIP TAXI teresina
  • bbrock
  • assinatura jornal

Quadrilha faz duas famílias reféns durante assalto à lotérica

Grupo de quatro assaltantes tirou proprietário e funcionário de lotérica de casa, durante a madrugada, para abrir cofre do estabelecimento.

19/05/2017 08:43h - Atualizado em 19/05/2017 11:38h

Duas famílias ficaram sob a ameaça de bandidos durante o início da madrugada de ontem (18) na cidade de Luzilândia. Um grupo formado por quatro homens rendeu a família do proprietário e do funcionário de uma casa lotérica e os levou até o local, para abrir cofre e entregar dinheiro. Ninguém foi preso.

O cabo Pedrosa estava em sozinho no GPM da cidade quando foi acionado apenas 45 minutos após a fuga dos criminosos. De acordo com as informações passadas pelas vítimas, o crime ocorreu por volta de 00h45min, quando o proprietário da casa lotérica teve a casa arrombada pelo grupo.

O homem estava em casa com sua esposa e uma filha. Os bandidos chegaram ao local em duas motocicletas, invadiram a casa e obrigaram os três a entrarem no carro da família, para se dirigirem até a casa lotérica. “Pegaram ele, e ele disse que a chave não estava com ele, mas com um funcionário”, relata o cabo Pedrosa.

O grupo então levou a todos para a casa do funcionário. Lá, a operação foi igual ao que ocorreu na casa do proprietário: os bandidos mandaram que a família entrasse no carro. Nesse caso, eram o pai e o filho do funcionário da lotérica.

Todos foram até a casa lotérica, que foi arrombada e teve o dinheiro subtraído. Ainda segundo o cabo Pedrosa, apenas durante o assalto o proprietário da lotérica avisou que a quantia maior em dinheiro, que os assaltantes pensavam estar dentro do cofre do estabelecimento, estava dentro do carro da família. “Ele havia guardado o dinheiro no carro para depositar hoje, na cidade de Parnaíba”, explica o cabo. O proprietário foi agredido pelos assaltantes com coronhadas na região da cabeça.

As câmeras de segurança da casa lotérica foram levadas pela quadrilha, além do dinheiro. O quarteto fugiu em duas motocicletas, e deixou as duas famílias no local. Apenas cerca de 40 minutos conseguiram acionar a Polícia Militar, que diligenciou durante toda a madrugada, mas ninguém foi encontrado. 

Edição: Nayara Felizardo
Por: Andrê Nascimento

Deixe seu comentário