• bf the shop
  • elshallon
  • Unimed
  • assinatura jornal

Sobe para 51 o número de pessoas presas ou apreendidas em Operação

Ao todo, 25 veículos roubados foram apreendidos. Dentre os conduzidos, há menores de idade. Ações vão continuar nos próximos dias.

14/11/2017 12:33h - Atualizado em 14/11/2017 15:28h

Subiu para 51 o número de pessoas presas ou apreendidas na Operação Polícia 24h. De acordo com os dados atualizados pela Secretaria de Segurança Pública, foram cumpridos 33 mandados de prisão, 10 pessoas foram presas em flagrante e oito menores foram apreendidos.

Atualizada às 15h20

No final da manhã de hoje (14), a Polícia Civil apresentou o balanço parcial da Operação Polícia 24 Horas , deflagrada nas primeiras da manhã em Teresina e cidades do interior do Estado. Até o momento, 46 pessoas foram conduzidas pela polícia, entre maiores e menores de idade, e 25 veículos roubados foram apreendidos. A ação vai durar todo o dia e deve ter desdobramentos até o final do ano.


De acordo com o coordenador da Polícia Metropolitana, delegado Luccy Keikko, boa parte dos mandados expedidos e cumpridos foram contra acusados de assaltos e roubos em Teresina.  Dentre os presos por este crime, estão Acrísio de Sousa Sá Neto, preso pelas equipes do 3º e 13º Distritos Policiais; David Willame de Oliveira Silva, 24 anos, e Antônio Marcos Gomes de Carvalho, 39 anos. Estes dois últimos foram detidos pela equipe do 1º DP. David foi preso em sua residência, no bairro Risoleta Neves, e Antônio foi preso no bairro Aeroporto, na região conhecida como "Inferninho". Tanto David quanto Antônio já são sentenciados.

A operação também mirou em traficantes de entorpecentes e acabou prendendo duas mulheres, portando uma quantidade de drogas. Elas foram identificadas como Suzielle da Conceição Silva e Kelma Rochele Machado de Oliveira. As prisões ocorrem após cumprimento de mandado de busca em suas residências, localizadas na Rua Canindé do Parque Alvorada. Com a dupla, a polícia recolheu R$ 1.172, várias pedras de crack e um celular.

Um homicida também acabou preso. Trata-se de José Lima Chagas, conhecido como 'Gordete', encontrado no bairro Santo Antônio Vila Paraíso e acusado de matar Carolina Espírito Santo Silva no dia 18 de julho deste ano no Promorar. Com o acusado a polícia apreendeu uma arma de fogo calibre 380 com 71 munições, cordões de ouro, pulseiras e um celular. José é apontado como o chefe do tráfico na região do Santo Antônio.

Mais ações estão previstas para acontecer durante esta terça-feira (14), como a blitz a serem realizadas em bares e restaurantes de Teresina com o objetivo de combater crimes de prostituição infantil e venda de bebidas alcoólicas para menores de idade. Esta ação vai contar com o apoio da Delegacia de Direitos Humanos, da Delegacia do Meio Ambiente e do Conselho Tutelar.

“Nosso objetivo é tentar trazer um fim de ano mais tranquilo para a população teresinense e do interior do Piauí e as ações de hoje vão ter desdobramentos até o final de dezembro, quando vamos iniciais uma fiscalização mais intensa no litoral, onde o fluxo de pessoas acaba por ser maior nesta época do ano”, finaliza o delegado geral de Polícia Civil do Piauí, Riedel Batista.

Por: Maria Clara Estrêla

Deixe seu comentário