Portal O Dia

Mulher é presa acusada de matar e enterrar marido na cozinha

A doméstica Sheila Aparecida do Santos, 31 anos, e seu amante Oromar Ernando do Carmo, 23 anos, foram presos em flagrante na segunda-feira acusados de matar e enterrar o marido dela dentro de casa, em São Miguel Paulista, zona leste de São Paulo.

15/04/2009 07:59

A doméstica Sheila Aparecida do Santos, 31 anos, e seu amante Oromar Ernando do Carmo, 23 anos, foram presos em flagrante na segunda-feira acusados de matar e enterrar o marido dela dentro de casa, em São Miguel Paulista, zona leste de São Paulo. Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP), o corpo de Edson Ferreira Pereira, 47 anos estava com as mãos e pés amarrados.

De acordo com a SSP, após investigação policial, o suspeito confessou que agrediu e depois matou Pereira. Em seguida, ele apontou o local exato onde o corpo estava enterrado. De acordo com os policiais, o piso da cozinha aparentava ser novo.

Uma testemunha informou que o suspeito estava morando com a doméstica e que teriam feito uma reforma na cozinha recentemente. Segundo o suspeito, Sheila foi a responsável pela compra do material para enterrar o corpo do marido.

Segundo a SSP, no último dia 10, Sheila havia registrado um boletim de ocorrência relatando que seu marido estava desaparecido desde o dia 4 de abril. O Instituto de Criminalística e o Instituto Médico Legal foram requisitados para fazer perícia no local do crime e no corpo. O caso foi registrado no 22º Distrito Policial.
Fonte: Terra
Edição: Portal O Dia
Por: Portal O Dia

Deixe um comentário

Tópicos

Veja também

há 1 hora
Advogado dos três menores envolvidos entrou com recurso junto à promotoria para pedir a revogação da sentença.
há 5 horas
A quadrilha explodiu o Banco do Brasil da região e fez PMs reféns.
há 8 horas
Apenas o ex-ministro José Dirceu ainda não chegou à capital paranaense.  Atual fase foi batizada de 'Pixuleco' e investiga corrupção na Petrobras.
há 6 horas
Os policiais foram liberados em um povoado próximo à cidade, conhecido como Maria Preta.