Portal O Dia
  • Portal O Dia /
  • Polícia /
  • Comércios de Teresina são flagrados com extintores de incêndio irregulares

Comércios de Teresina são flagrados com extintores de incêndio irregulares

Aparelhos eram descartáveis e de uso exclusivo em automóveis; multa pode chegar a R$ 37 mil

15/02/2012 14:31

Fiscais do Instituto de Metrologia do Piauí, o Imepi, apreenderam nesta semana dois extintores de incêndios descartáveis que seriam recarregados em comércios de Teresina. Durante fiscalização de rotina, constatou-se a irregularidade. De acordo com a portaria do Instituto Nacional de Metrologia (Inmetro), esse tipo de extintor - ABC - é de uso exclusivo e obrigatório em veículos automotivos fabricados a partir de 2005 e tem validade de cinco anos, não podendo ser recarregados.

A multa para as empresas que cometeram as irregularidades pode chegar a R$ R$ 37.320 (seis salários mínimos). De acordo com a metrologista Maria José Silva, há o risco de explosão quando se utiliza extintores descartáveis recarregados, já que não foram fabricados para suportar a alta pressão.

A metrologia alerta ainda que os extintores do tipo ABC não podem passar pelo teste de resistência (hidrostático), realizado em extintores comuns. "É importante que o consumidor verifique as informações contidas na base do extintor e no manômetro (medidor de pressão), como a data de fabricação e se é descartável, quando for adquirir o produto", finalizou Maria José.

Fonte: Com informações do Imepi
Edição: Josiel Martins

Deixe um comentário

Tópicos comercios teresina extintores incendios irregulares,

Veja também

há 3 horas
A operação conjunta com a PM do Piauí foi realizada na tarde de ontem (20), na região norte de Teresina.
há 15 horas
Na decisão, Rosa Weber cita suposto envolvimento de Glaucio Alencar na morte do corretor Fábio Brasil, em Teresina.
há 16 horas
Prado ficou à frente do Comando Geral da PM-PI no governo Wellington Dias (PT), na década passada.
há 19 horas
A vítima tinha vários hematomas pelo corpo e uma marca de perfuração por bala na cabeça